Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso


Terça-feira, 21.01.14

Road to the Oscars - #1

Ok, cá vamos nós:

Parte 1 e 2 aqui: Primeiro, thumbs up: fui ao cinema.

Blue Jasmine  {#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

A vida Secreta de walter Mitty {#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

 

 

E este fim-de-semana:

 

Gravity {#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

O Lobo de Wall Street {#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

Melhor ator - Leonardo Di Caprio

Melhor atriz - Cate Blanchet

 

So far, e se não me fizerem mudar de ideas.

Mas ainda tenho muito para andar... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 13:24

Quinta-feira, 16.01.14

Primeiro, thumbs up: fui ao cinema.

E vi um filme simples, um remake, ''A Vida secreta de Walter Mitty"

É um filme ternurento, com um Ben Stiller num desempenho bastante convincente e num excelente trabalho de realização. A fotografia é excelente, tem planos MA-RA-VI-LHO-SOS, e o final... bom presumo que seja igual ao do original, mas como não vi o original, comoveu-me.

Não, não chorei, mas comoveu-me.

O tipo de pick me up movie para ver quando achamos que a nossa vida é uma chatice, não temos saída, uma porcaria atrás de outra

(estou a soar familiar, não estou? lalalalalaalalala...)

e coiso.

Não entro naquelas minhas loucuras de dar seis de cinco e tcah-tchan, mas dou-lhe

{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

sem nenhum sinal mais acoplado.

 

 

Já o Blue Jasmine, que vi no fim-de-semana, esse leva

{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

E a Cate Blanchet (o que é que esta gente faz ao rosto? A foto da pagina... cruzes...) leva um Óscar. Ai leva, leva.  Está simplesmente F-A-B-U-L-O-S-A!!!!!  

Volta Woody Allen, esás perdoado e em grande!

Agora fiquei num pulguedo danado para ir ver "A rapariga que roubava livros.Diz que estreia já na próxima semana :)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 17:23

Segunda-feira, 13.01.14

Factor X, ou as pesoas serão sempre pessoas, independentemente do estatuto, da conta bancária, ou do impacto mediático.

Não tenho falado aqui do factor X, porque... olhem, porque não tenho. Muita gente se revoltou pela decisão que a vocalista dos Gift tomou ontem, e a viu como resposta ao que se passou na semana anterior. Não tenho grandes duvidas a respeito de que uma tenha sido sequencia da outra, porque a Sónia, ao que parece, é mesmo assim, ou é essa a postura que fez sua. Só que a história começou nela, e parece que ninguém reparou...

No que diz respeito à Sara, pode agradecer à mentora ter saído. Se esta não tivesse atirado na hora D - de decisão - com a história das mochilas para cima do patrão da Sony, se calhar outro galo teria cantado. Os três podem picar-se o programa todo - que pelos vistos é para isso que lhes pagam, não que estejam todos no mesmo patamar de necessidade, óbviamente  - mas naquele momento, e por respeito ao que está em jogo - pessoas - devem medir muito bem o que NÃO devem dizer, e a Sónia não tem, nitidamente, a capacidade de deixar o ego à porta em momentos cruciais. Na semana passada fiquei atravessada com a história da Sara, ontem logo desde o inicio achei que 'a picardia dos três' estava a passar os limites, e no final, estava-se mesmo a ver o resultado. 

Não gosto da vaidade óbvia do Diogo, que está nos antípodas da postura do Berg, que tem mais razões para enfunar a vela de que aquele miúdo, e continua humilde. Mas ele (Diogo) teria - e terá - hipóteses de carreira bastante mais óbvias que as quatro meninas que ontem fizeram uma prestação de levar as lágrimas de desencanto.
{E embora a filosofia por detrás deste programa faça com que este não seja, e acho que isso ainda não foi absorvido por muito boa gente, um Ídolos: este é um programa que não procura SÓ uma pessoa com excelente capacidade vocal e uma boa prestação em palco: este SOBRETUDO procura uma pessoa que tenha um 'je ne sais quoi' de diferente, impalpável. E naquele leque em que agora são todos tão bons, só um tem, de caras, o ambicionado Factor X, e nem é o meu favorito (eu divido-me entre o perfeito Berg e o 'canastrão' José Freitas, o primeiro porque tem carisma -  e carisma não é o factor X, já que tem nome, e o segundo, não sei bem porquê, eu nem gosto de Tony Carreira nem de Julio Iglesias...). Os outros serão bons cantores, bons musicos, bons entertainers, mas o unico, 'WTF?' que ali está, e que ontem me deixou de boca semi-aberta, feita parva a aplaudir na sala e a dizer 'este gajo não sai de lá', tem algo que não é qualificável por um adjectivo e é nisso que consiste o Factor X}.
Voltando atrás, a Sónia tinha mostrado na semana anterior "ser pequenina", e meteu os pés pelas mãos, e em vez de pensar, analisar e ver o que fez, ontem não só insistiu no erro, como dobrou o mesmo e borrou o resto da pintura. 
Se é razão para deixar de ver o Factor X? Não, não é.
Se isso é razão para deixar de gostar dos Gift? Não, não é.
Não é porque há que saber fazer o que a Sónia não soube, e  separar as coisas.
A decisão final não será, obviamente, deles (estou apostada nisso, que não conheço o formato do programa a esse ponto). Quem chegar à final, chega - já sei que não serão os meus três favoritos, mas tenho a certeza (tanto quanto é possível ter a certeza quando entram hormonas descabeladas ao barulho...) que dois lá estarão... quanto ao resto...
...que logo o CR/ ganhe a bola, e siga o jogo, que a vida já é o que é, venham as pequenas gotas de smilies para nos deixarem menos descontentes.
Que também merecemos, de vez em quando, não pensar no resto que nos desassossega e tira, tantas vezes, o sono.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 12:45

Sexta-feira, 10.01.14

Soltas, porque estou com vontade de falar um pouco de tudo e outro de coisa nenhuma.

Televisão

 

  • Factor X - a Sic volta a apostar num formato que me prende. NESTE ponto em que o programa está, são todos tão bons, que haver favoritos, há, que gosto de um em particular, gosto, mas que vai ser o descalabro a cada saída a partir de agora, vai. E se a Sónia tivesse pensado antes de falar, se calhar a Sara ainda lá estava... num segundo se ganha, num segundo se perde e depois de decisões tomadas/palavras ditas, já não há volta a dar...
  • "Under the dome" - anda alguém a seguir a serie (com produção de Stephen King e Steven Spielberg entre outros), fervorosamente, como o meu filho? Vi os dois primeiros episódios, acho que já perdi um, esta semana deve ter passado o quarto. O Tomás está fascinado, diz que assenta no mesmo principio do Lost. Lá vou eu ter de descarregar o episódio três antes de ver o quatro...
  • "Sherlock" - B. Cumberbatch no seu melhor a BBC a dar cartas as usual, e temporadas de três episódios. Fantástico, fascinante, fabuloso. Do melhor que se tem visto em televisão nos últimos tempos.

Cinema

  • Palpita-me que a corrida aos Óscares este ano vai ser ganha pela tartaruga, por desistência da lebre. Ou vice versa, sei lá. Nada me 'puxa' para ir às salas, nem para piratear para o pc. Diz-se por aí que 'Gravidade' (o tal filme que devia ser visto em IMAX 3D e mái nada) vai arrecadar tudo, salvaguardando qualquer coisa que 'não-sei-quantos-anos-escravo' leve (e pronto o Tom Hanks também é capaz de não sair de mãos a abanar...). O que eu sei é que o ano passado estava tranquilamente em pulgas na noite da entrega das estatuetas porque ganhasse quem ganhasse, ganhava bem. Tenho para mim que este ano estarei tranquilamente a dormir, porque ganhe quem ganhar, estou-me nas tintas. Dia 27 de Fevereiro, meia dúzia de dias antes da cerimónia estreia um que quero ver, com a Meryl Streep. De resto... Se querem saber mais vão ao IMDb, que nem os links procuro...
  • Voltei a ver o 'About time', de que já aqui falei. Acabei o filme, novamente, em lágrimas. E acho que se o vir vinte vezes, vão ser vinte vezes que choro. E não, não é o tipo de choro que 'O clube dos poetas mortos' provoca, e que é estudado para tal, até na duração da cena (eu caio sempre). Este é um choro que me sai da alma, tem a ver co-mi-go. 20 valores.
  • Último filme visto no cinema, a dois: 47 Ronin. Está bem, porreiro, estava com medo que tivesse fantasia em excesso, mas houve alguma contenção. Conta uma lenda. Japonesa. E está (quase) tudo dito. Próximo filme a ver no grande écran: A Vida secreta de Walter Mitty. Aposto neste. Depois, claro, conto.

Amanhã, ou logo, ou assim, há mais paleio. Digo eu, que com o fim de semana é uma incógnita se escrevo ou não...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 09:30

Segunda-feira, 30.12.13

O-calendário-de-que-se-fala ou a hipocrisia que agora e sempre nos rege e regeu...

Ok. 

A Cáritas recusou as receitas que lhes seriam dirigidas por uma parte da receita obtida com a venda dos calendários dos bombeiros de Setúbal.

Está bem.

Porquê, pergunto eu?

Parece que tem a ver com um certo puritanismo, ou assim, o não querer dinheiro ligado à 'exploração' da sexualidade intrínseca nas fotos dos senhores que posaram para o calendério-de-que-se-fala.

Diz que sim, que estas coisas de misturar sexo e religião não é bem vista.

Diz que sim, que na religião, neste caso preciso católica, os fieis só têm relações para procriar, com as luzes apagadas, o mais vestidos possíveis sendo que os homens mantém as calças e respetivos trusses (é assim que se escreve?) a meia aste, e as senhoras se limitam a levantar a camisa de noite por forma a facilitar a entrada da semente que, esperançosamente, dará fruto daí a nove meses para se não terem de submeter à repetição de tal ato ignominioso.

Diz que sim, que não existe qualquer pingo de verdade no envolvimento entre padres e freiras ao longo dos últimos séculos, nem existe pedofilia não ser nas mentes porcas e difamatórias dos iníquos inimigos da Santa Madre Igreja.

Pois que diz que sim.

O que quer dizer que esta noticia é falsa:

ou clique na foto para ler a noticia)
Quanto à Cáritas portuguesa: para o próximo peditório podem contar com a minha moeda... a permanecer dentro do porta-moedas. Hipócritas de merda...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 16:52

Quarta-feira, 11.12.13

No facebook, de ir às lágrimas...

À bocado partilhei no facebook uma foto que trazia a seguinte legenda 'acoplada' por quem a partilhara antes: "EH, burro ladrão!"

Juro que ouvi a frase pelo tom que o meu avô usava quando dizia eh, anda Carriça, enquanto dava uns estalidos com a língua que até hoje não consigo imitar.

Então visualizem lá a coisa:

EH, BURRO LADRÃO!


Ri que nem uma perdida. As lágrimas até escorriam. Ia na rua, de cada vez que me lembrava dava uma sonora gargalhada. Uma hora depois (juro, já tinha passado até mais tempo...) ia no carro a ouvir o Abrunhosa que começa a cantar 'Ai, ai caramba!', e ele diz '...vou de burro ou vou a pé', desato num gargalhanço, que começou no Seixal e acabou aqui à porta. E a contar ao Tomás à bocadinho, tunga, lá voltei às lágrimas.
- É pá, às vezes as piadas caem-nos mesmo, MESMO bem, lol

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Fátima Bento às 21:31

Quarta-feira, 11.12.13

Se este blogue fosse uma revista cor-de-rosa #1

... assim mesmo, cor-de-rosa de certeza que colocava uma foto como esta,

da lindíssima e poderosíssima Jennifer Hudson, mais do seu novo visual e dizia que ela está linda de morrer de cabelo curto, porque ela É linda de morrer - overweight ou nem por isso, dá igual.


Como não é não ponho, nem digo, ok?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Fátima Bento às 20:56

Sexta-feira, 29.11.13

Hoje é só chorar... que bom!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Fátima Bento às 18:02

Quarta-feira, 20.11.13

Dá tempo ao tempo

Hoje fui ao cinema. Meia dormente, a conduzir com tooodo o cuidado, com o quintuplo da atenção, fiz-me a caminho do Almada Fórum, que estava a precisar de afastar os papões que me saíram do armário na segunda-feira e foram dançar com os outros que por aí andam (qualquer dia é tanto fantasma que não cabe gente nesta casa...).

Já aqui tinha dito que queria ver 'o quinto poder', mas a verdade é que não era filme para hoje. About time/Dá tempo ao tempo, era 'just what the doctor ordered'.

Ora o que posso dizer deste filme? O IMDb não deixa grandes margens para o que quer que seja que eu possa dizer sobre o mesmo ser mal entendido ou acusado de tendencioso.

É que eu gostei MESMO do filme.

É pá ri nas alturas de rir, e chorei no fim, porque-estou-uma-chorona-ranhosa-que-não-é-exemplo-para-ninguém (ai ver o Hachiko agora ia ser lindo... tinha de me deitar a seguir!)

Éramos três pessoas na sala, e no fim lá consegui limpar as lágrimas, sair DEPOIS dos outros saírem, e ir até à casa de banho soluçar mais um bocadinho. Mas atenção, o filme não é dado a choradeiras: eu é que ando que é uma desgraça. 

Ou seja,

não é do filme, é de mim.

A história, que acho que já toda a gente conhece, é que o pai (Bill Nighy) de Tim (Domhnall Gleeson)lhe conta, no sei 21º aniversário, que todos os homens da família têm a particularidade de poder viajar no tempo. Para trás, não para o futuro. E o filme desenrola-se sobre essa premissa.

Onde é que já ouvi isto, perguntam vocês? Pois, o que não falta para aí são filmes com histórias iguais ou parecidas. 

E aí é que está:

Richard Curtis [que realizou E escreveu - o mesmo por detrás de 'Love Actually/O amor acontece' em ambos os papéis (o filme que vi mais vezes até hoje)] consegue fazer o praticamente impossível: pega nesta história e não faz uso de um - UM cliché que seja. O filme só podia ser inglês, os americanos, na cegueira dos blockbusters, não conseguem ver o mais além que este filme foi, o passinho extra. E temos blockbuster na mesma.

Tenho MAIS um filme absolutamente favorito. Não são muitos, mas deixam-me TODOS tão quentinha por dentro!...

A este eu daria dez estrelas em cinco. Como não posso,

{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}{#emotions_dlg.star}

Façam um favor a vós próprios e vão ver o filme

A alma agradece!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Fátima Bento às 21:51

Terça-feira, 19.11.13

Ok, pronto uma coisa boa...

Vou ver o Bublé dia 2 de Fevereiro à Meo Arena.

Pronto, era isso que eu andava a 'suspensar'.
Só que não vale a pena.
Isto tudo a ver se me animo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Fátima Bento às 17:33


Curioso?

foto do autor


Follow on Bloglovin

 E aqui:

   

   

 


Sou mãe

 

 

 


 

www.maesportuguesas.com



Estive aqui

 

 


Quem procura... geralmente encontra...

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

No baú, mas sem naftalina (detesto o cheiro)