Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

25
Set08

Houston, we have a problem

Fátima Bento

Hoje, estando com o telhado todo, resolvi ir tomar café, voltar para casa, vestir a camisa de noite e não voltar a sair. Inclusive peguei no portátil e fui navegar para vale de lençóis.

 

Entretanto, chave à porta, entra o filho: tou cheio de fome, vim só comer qualquer coisa e vou já para a escola, tenho 15 minutos. Entro à pressa, saíu a correr.

 

Passado um bocado, chave à porta, Tomás no corredor. "'Atão', puto, tu não tens aulas?" "ya, venho só beber qualquer coisa..." Mmmmm, mãe com pulga atrás da orelha é pior que deus-me-valha. Fui à cozinha, lá estava ele, garrafa de coca-cola numa mão e mão no armário, para aceder a um copo. "O que é que se passou?" "Nada" "deixa-te de coisas" entre soluços:"não consigo encaixar em lado nenhum" e BUUUUUM, veio tudo abaixo. Ainda argumentei que era início do ano, e eram colegas novos, mas e que não, que o colega do lado leva as aulas com manifestações aerofágicas por ambas as vias, e que não o deixa em paz, e que sabe que se juntar a ele ou chumba ou vai a conselho disciplinar, e que não quer, por isso vem a casa todos os intervalos.

 

E depois passou-se à séria: "o ano passado foi a merda que foi, este ano estava com esperança, porque a escola era outra, mas afinal a merda é a mesma." E sai a palavra "F" duas vezes, e voam os meus chinelos para o corredor (eu até tenho medo de ir ver onde é que acertaram...), e eu puxo dos galões: "desculpa lá mas isso não é só porque não te encaixas. O que é que se passou mais?" Acabou por confessar que ele e outros (tudo repetentes) lhe andaram a mostrar a escola, e que foram ao bar e roubaram qualquer coisa, após o que o meu filho se afastou. E passou a vir nos intervalos a casa. Todos.

 

Lá vou eu falar com a directora de turma, não sei bem de quê, nem com que argumentos, mas pronto.

 

Anda uma mãe a educar bem um filho, e depois, precisamente por causa da educção que recebeu, não encaixa. Mas porque é que eu não sou rica? Ou pelo menos porque é que não trago um ordenado para casa para lhe pagar um colégio?

 

Não, não me esqueci da minha telha, mas é tudo a ajudar...

 

F**a-se

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D