Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Ter | 16.12.08

Mas fizemos tudinho! e da parte da manhã!

Fátima Bento

Hoje tirámos o dia para ir à capital tratar dos documentos: Cartão do Cidadão, Documento Único do Automóvel, e Carta de Condução já que tinhamos de mudar os endereços, que ainda estávamos com a morada antiga.

 

Olha o papão do Cartão do Cidadão! Nós saímos de casa às 7:45h, e pensámos que chegaríamos lá para as 18 ou 19 horas. Pois sim. Estavamos lá na abertura, e aquilo estava vazio (não foi na Loja do Cidadão, mas não vou dizer onde foi, que tenho de lá ir c'os putos e não quero passar lá o dia. Juro que logo a seguir, digo). Foi um instantinho, e a foto até ficou bonita! 12 euros cada um.

 

Depois, registo automóvel. Documento Único: 30 euros. Com alteração de morada, mais 3 euros.

 

TUNGA!!!!

 

E depois, aí sim, Loja do Cidadão dos Restauradores por causa da carta de condução - apesar de, na Conservatória do Registo Automóvel, jurarem a pés juntos que a alteração da carta de condução, só se fazia na antiga DGV (c'a coisa mudou de nome), em Entrecampos.

 

Mas é que isto pior que um teimoso, só dois teimosos.

 

Por isso rumámos aos Restauradores, e lá tratámos da carta de condução do 'hóme'.

 

Resumindo e baralhando: 11:30h já andava eu na Fnac do Chiado, a completar os 65 pontos necessários para trocar pelo cheque de 10 euros, o que faço tenção de fazer quando, ainda esta semana for ao Starbucks, tomar uma daquelas coisas saborosíssimas e com nomes esquqsitos, mas que no talão surgem sempre como "latte machiatto". Mmmmmmmm!

 

E se a manhã foi produtiva, a tarde não lhe ficou atrás: dormi que nem uma pedra, das 15:30 às 17:30h. e desde que me levantei, tenho andado de volta das internetes, o que é uma vergonha, tendo em conta a infinidade de coisas que tenho para fazer, dado que daqui a oito dias tenho dez pessoas aqui em casa a celebrar e consoada, e a casa está tão bem, tão bem, que se me tocassem agora á campaínha, só não me enfiava debaixo do sofá porque não caibo.

 

Mas a coisa vai.

 

Oh se vai!

 

B'jinhos,

 

Fátima

 

4 comentários

Comentar post