Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

22
Mar05

Robots, da Disney

Fátima Bento

GENIAL!!!!!!!!!!!!!!!!!

                                   robots.jpg

Palavra de honra! Tão perfeito quanto é possivel. Se "deconstruirmos" o filme personagem a personagem mesmo os 'secundarissimos', tipo transeuntes, estão perfeitos. Nada foi deixado ao acaso.

Façam um favor a vós próprios, e vão ver o filme. Se precisarem de desculpa para tal, levem os afilhados, os filhos da vizinha, o puto da mercearia, QUALQUER COISA! - mas vão ver o filme.

Depois digam se eu não tenho razão!

22
Mar05

De saída...

Fátima Bento

Serve o presente artigo para dizer a todos os que se interessam pelos meus passos e acções ( e são resmas de people!!!), que estou com um pé dentro e outro fora. Vou ao cinema com o puto ( que hoje nem prercisou de ir ao dentista... amazing! ) - vamos ver o "Robots".


Portanto, pessoal, artigos fresquinhos, só no fim do dia!


Agora, novidades: a minha teen foi para a quinta da madrinha até sábado! Quando a minha irmã me telefonou a perguntar "emprestas-me a tua filha mais uns dias?" a minha resposta foi " queres que te pague em dinheiro, cheque, visa ou transferencia bancária?" Ela foi tão apanhada de surpresa com a minha reacção que não percebeu à primeira...


YESSS!


Uma semana de descanso, sem "não me calo que a boca é minha", ou pior! E diz o Vitor : E não acreditas tu em deus!


Eheheheheh


Inté,


Angel

21
Mar05

Acessorizemo-nos

Fátima Bento

Eu acho que é perguiça, só pode ser por perguiça, que eu não ponho acessórios (os casacos e os cachecóis não contam, que têm a finalidade de afastar o frio, independentemente da estética).

Um acessório que se preze, não serve para absolutamente nada, a não ser passar a imagem de uma pessoa bem cuidade que gosta de si própria e dos outros o suficiente para se dar ao trabalho de se apresentar no seu melhor.

Eu não me acessorizo, não me maquilho, e tou-me nas tintas para o que visto... que as peças que eu habitualmente "encaixo" são todas intercambiáveis ( que semsaborão ) e obedecem à caracteristica comum de não precisarem de ser passadas a ferro ( yeyyy!). Os sapatos/botas também dão com tudo, à excepção dos meus sapatos favoritos, que só lá vão com saias, coisa que eu já não uso há uns meses. Isto tudo a propósito da Vogue deste mês

 vogue abril 2005.jpg

       que aponta os acessórios mais in para a próxima estação, e me deu vontade de ser vaidosa. Acho que estou a precisar de me re-inventar.

- os-dois-de-férias estão aqui atrás a tirar fotografias ao Dimitri ( que desde que estacionou cá em casa ontem á noite, só dorme; dá para o pormos nas posições mais estapafurdias que ele continua ferrado, e não está nem aí... ), entre berros, protestos e bacoradas...

Bom, bou indo...

Angel

20
Mar05

A CULPA FOI DA ABELHA MAIA

Fátima Bento

                                    the ring.jpg

Ontem à noite fui ao cinema, ver o "The Ring 2- o medo fecha o circulo" (ou qualquer coisa parecida), com a minha 'ametade' e um casal amigo, e gostámos. 

É muuuuuito mais light que o primeiro - não, não me assustei vez nenhuma, tirando a cena da ambulancia logo no principio, mas mesmo assim de 0 a 10 de susto, dou-lhe 5.

Bom e estávamos nós todos concentrados no filme, com a reverência que se supõe - que isto de ir ver um filme de terror tá na linha de entrar numa igreja: a gente pode até não acreditar em deus, mas há sempre um certo respeito, mais ou menos esmagador, a tolher-nos os movimentos - e eis senão quando se começa a ouvir a musica da "Abelha Maia". E pronto, desfez-se a magia, o pessoal começou todo a rir - que o cinema estava mais para o vazio - o dono do telémovel bem tentou calar o dito, mas com a atrapalhação nem acertava com o botão certo, e ao mesmo tempo tentava tapar o ecran, que dáva uma luz que iluminava num raio de 20 metros...                        

                                  anime_maia.jpg

...e A Abelha Maia lá continuava toda feliz! Até que o bicho lá foi desligado, atirado para o fundo do saco, e o"culpado" escorregou pelo banco abaixo e tentou que se lhe abrisse um buraco debaixo dos pés, coisa que não aconteceu, como é óbvio. E como é que eu sei os pormenores? O dono do telemóvel era uma dona: eu.

Foi a primeira vez que não desliguei o dito... e como "passei revista mental" aos que têm o numero - que como é novo, são poucos, e achei que NINGUÈM me ia telefonar... só me esqueci que o meu pai não sabia onde estava... e era ele.

Moral da história: quando form ao cinema, desliguém a porcaria do TM, que se o não fizerem, mesmo contra todas as previsões, o gajo há-de tocar.

Mas lá que teve piada, teve...

 Angel

20
Mar05

Prontos

Fátima Bento

Sosseguem os espiritos que estavam a partilhar a minha dor e em tal ordem que a comoção era tanta que nem os deixou comentaro "gaijo-anjo" já apareceu.

Ou melhor, foi encontrado.

Rai's parta o animal!

É que mal acabei de escrever o artigo anterior, disse ao Vitor que ia "á colónia", dei corda aos sapatos, afinei a voz, e fui chamar pelo anjo, como disse que faria. Nada. Econtrei uma tartaruga* (devo ter iman) vadia que até me deixou fazer uma festinhas, mas nada de Dimitri. Vim para baixo, toda cabisbaixa, triste e desiludida, a sentir-me orfã de gato, e decidi a caminho de casa que ia "lá atrás" ver se encontrava o cadáver do bichinho... No caminho imaginei o corpo dele já em rigor mortis, cheio de ematomas, os olhinhos esbugalhados quase a sair das órbitas... sem esperança, dobrei a esquina, e embrenhei-me no desconhecido dos quintais abandonados e nem por isso.

E encontrei o corpo, encontrei...

em cima de um muro, a fazer olhinhos a uma gata branca e preta que deu à sola mal me viu. É preciso lata! Chamei uma vez e "não ouviu". Á segunda veio a correr por cima do muro, estacou a um metro de mim, deu uma curva e foi para o outro extremo do mesmo, não fosse eu me estar a passar por mim, e isto não convém dar liberdade a desconhecidos... Tive de me meter no meio das urtigas ( abençoadas botas!) para chegar "às falas" com Sua Excelência, que então se dignou a fazer uns miminhos...

quais miminhos quais quê! Agarrei nele, pus o bicho debaixo do braço, e vamos lá a ver se foges outra vez... Ele bem tentou fugir - passámos ao logo de uma estrada com algum movimento, e eu ainda pensei que o bicho podia dar uma fugida e ir para debaixo de um carro, mas deixa lá que já te largo! Lembrei-me de um truque que o veterinário me deu: para os manietar, segura-se na pele da nuca. Ora bem, com uma mão, segurava as patas trazeiras (e a cauda, que ele fez favor de pôr entre) e com a outra, agarrei no cachaço do felino. Ainda me deu um ou dois miaus de protesto-misturado-com-medo, mas calou-se. Depois quando entrou em casa, ficou muito contente, comeu duas latas de comida (daquelas pequeninas de paté) e fez uma chinfrineira tal que tive de abrir outra vez a janela recém fechada e daixá-lo sair... outra vez...!

Vai lá vai!

Angel

* para quem não sabe, tartaruga é uma gata de três ou mais cores.

19
Mar05

Tenho um buraco no peito

Fátima Bento

O Dimitri desapareceu há dois dias... 2004_0226_112426AA.JPG

2004_0531_154951AA.JPG 

2004_0912_042808AA.JPG 

(legenda: "dás-me um beijo?" e ele dava sempre!)

Tenho estado a dizer a mim própria que ele volta, mas nesta altura já não acredito... É que aqui atrás há um quintal abandonado - não é mesmo aqui atrás, é a uns 500 metros, atrás de outros quintais habitados - para onde vão uns animais fumar uns charros e etc., que se entertem a torturar os animais de quatro patas... ainda na semana passada me vieram dizer que apareceu um bébé pretinho morto na rua, com sinais de espancamento... e isso é o que me preocupa mais. É claro que gato que anda dentro e fora corre riscos, mas como ele ainda não tinha sido castrado, que remédio... ele já tinha, há um ano atrás, sido apanhado por esse grupo de bestas, que o tinham prendido pela cauda com um arame. Nessa altura esteve 5 dias fora, e eu entrei em contacto com a Cristina da Catus - e raios parta que agora não consigo encontrar o telefone dela - que conseguiu, de contacto em contacto, descobri-lo, tinha-se refugiado numa colónia de gatos que há aqui perto... já lá passei hoje, mas a alguma distância, vou lá agora a seguir chamar pelo "ANJO!!!!!" a plenos pulmões. O pessoal já sabe que eu não bato a 100% e quem ainda não sabia fica a saber. Dessa vez, quando o anjo voltou, esteve quase 2 meses para conseguir curar a cauda...

Eu quero o meu anjo...

chuifff!

Uma muito triste,Angel

19
Mar05

SOCORRO!!!!!!!!!!!!!!

Fátima Bento

Os putos estão de férias!

Traduzido por "miudos", isto quer dizer que nos próximos

15 dias = 360 horas = 21 600 minutos = 1 296 000 segundos

eu vou ter que arranjar paciência para andar em cima destes dois que estão sempre pegados - a última é o conhecidissimo

"cala-te!"

"calo-me se eu quiser, que a boca é minha"

"estúpida!"

"mongolóide"

seguido de um

"calem-se, anormais, que isso não se diz! Não se deve insultar com epítetos que quem os tem não é responsável por eles!"

E quando eu tenho rasgos inteligentes destes, ainda ganho uma acalmia momentânea, seguida de um " o que é que isso quer dizer?" E, tunga, já ganhei um ponto! Mas isto é só muito de quando em vez. Habitualmente, acaba tudo engalfinhado, eu com dor de garganta, e a vizinhança com dor de ouvidos.

Ou aumento os suprimentos de Valium, ou flipo ( e como não faço ideias de me entupir de drogas, ai flipo, flipo...)

Angel

mommy.gif
18
Mar05

Oh mãe!!!!!!!!!!

Fátima Bento

... porque é que tu não fazes como as outras pessoas e passas a roupa a ferro depois de a apanhares?

Boa pergunta!

Para eu passar a ferro a roupa quando a apanho:

a) o dia tem 24 horas e precisava de ter pelo menos 25 ou 26;

b) esta gente tinha que sujar menos - o ratio entre o que entra para o cesto, o que sai da máquina e o que é apanhado do arame não condiz com as minhas parcas capacidades de "passadora a ferro", nem com a quantidade de coisas mais interessantes que há para fazer...

c) tinha de ser como as outras pessoas.

E quanto a isso, "filha + maior-com-hormonas-aos-pulos-e-chata-como-a-potassa-a-fazer-perguntas-que-nem-à-estalada", não há nada afazer. O que vês é o que tens.

E já agora para que conste, a próxima vez que me vieres fazer perguntas dessas às 7 da madrugada, levas com as boas-vibrações-de-chi-da-mesa-de-cabeceira-redonda-da-Ikea na tola.

Prontos.

Angel

18
Mar05

HTML para tótós

Fátima Bento

... e nem assim lá ia!!!!!!


Atendendo a pedidos de várias familias, resolvi contar aqui a aventura dos links do lado... é claro que esta estória vale para os que eu pus aí ao lado ontem, e que ainda aí estão hoje (quase que tirava uma foto) porque a página há-de ficar melhor, óbvio(?)!


Então foi assim...


Ao fazer a edição de um artigo em modo HTML, passou-me pela cabeça que, se fosse a 'personalizar modelo', ao modelo de 'indice' 'principal' - como a gOlden já me tinha dito em email - e se o copiasse para um "novo artigo", depois editasse esse artigo em HTML, ficava com uma ideia de onde devia escrever os links. Então, era só inverter o processo, selecionar tudo, fazer ctrl c, voltar ao inicial 'personalizar modelo' - 'indice', 'principal', selecionar o que já lá está, e, com tudo selecionado, fazer ctrl v .


Simples, não?


Como a coisa me dava erro - parece que haviam uns caracteres que apareciam repetidos, e eu não sabia onde, voltei à estaca zero ( que eu tinha guardado em word, como a gOlden me tinha sugerido), e imprimi o que está originalmente em menu principal. Depois assinalei com marcador fluorescente a frase "os melhores da blogosfera", coisa que me tinha saído bem à primeira ( aaahhh!!!!!!!!!!!!!!), e tratei de a encontrar no monitor. Era ALI que eu tinha de inserir os links!!! Então - tchan-tchan-tchan-tchan!!!! - selecionei de novo [ nesta altura, já tinha aberto um novo internet explorer, através do meu outro blog, que eu tenho sob outro utilizador ( e já estou a falar demais...) ]dizia eu que selecionei novo artigo, escrevi os endereços dos blogs (começados por www, e não http, senão não funcionava), editei em HTML, fiz ctrl c, voltei a 'personalizar modelo' - pufff, pufff... - 'principal', encontrei a frase assinalada, fiz ctrl v e...


YESSS !!!!


Depois fiz a festa que se imagina,e escrevi o artigo em que digo que sou linda.


Agora é assim: eu só me dei ao trabalho de de escrever isto tudo porque acredito piamente que, quem percebe de informática - yup, calvin, estou a falar contigo, mas não só... - se está a rebolar a rir... é que acho que fiz as coisas da maneira mais dificil... e ainda suei umas litradas à conta disto... mas os gajos-link já lá estão e isso é que interessa... agora, faça o favor de os visitar!


Meninos: não tentem fazer isto em casa!


- se alguém quiser arriscar, não alterem nada sem primeiro copiar o que já lá está em word... assim, se fizerem "cócó", podem desfazê-lo.


Agora, e por falar em cócó, depois de ter escrito esta bosta, please, deixem um comentáriozito, senão eu acho que ninguém achou piada... e vai daí, continuo a massacrar o pessoal que se dá ao trabalho de me ler, com porcarias destas...


fico à espera...


Angel

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D