Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

19
Mai05

...tirando as mijadelas...

Fátima Bento

...ficamos com as somatizações.


Definitivamente.


Acabei agora de falar com o médico da família [ atenção que eu não pus de, porque não é do Centro de Saúde, porque aí, nenhum de nós 4 contribuintes (ou descendentes) temos médico atribuído]  - que me disse para ter uma conversinha com ele ou o levar ao psicólogo. Porque é psicossomático ( ou não conhecesse eu a carne da minha carne e o sangue do meu sangue...)


Para quem apanhou agora o comboio, e não conhece os apeadeiros anteriores, aqui vai uma breve resenha do que o resto já sabe ( e em comentários muito, muito kidos mo mostrou ).


Perfil Básico:


Fátima, 37 anos, mãe de 2 (14 e 8 anos) por vocação, a tempo inteiro por escolha, dona de casa por inerência ( rai's parta as letras pequeninas!), dona de 3 gatos, a Blimunda, de 11 anos, o Dimitri de 2 e a Mia de 3 meses, e, last but never least, ametade do Vitor com quem estou felizmente casada à quase 12 anos.


Perfil geral ( atenção que eu vou ser um cadinho vaidosa...)


Formada em design de moda, CITEM 87; fluente em 5 línguas; nível de cultura geral aceitável, entre o tanto que me falta aprender... Hobbies, escrever, escrever, ler, ler, ler, cinema, Playstation.


Perfil maternal


Não sou mãe galinha. Para ave tou mais para mãe águia, eu tou lá, mesmo que não me vejam, e por mais longe que seja, eu vejo (e venho a correr para o ninho lamber as feridas, o que já não é de águia, mas prontos.) Sou o tipo de mãe que deixa subir à arvore, e fica cá de baixo com o coração na garganta, apertadinho, apertadinho, enquanto aplaude e diz "muito bem, muito bem!” e mantém os braços em posição para amparar qualquer possível queda.


Perfil pessoal


Lido à 25 anos com uma depressão clínica com a qual aprendi a viver como se aprende a viver sem um braço ou uma perna. Conheço-me o suficiente para conseguir antecipar as crises e avançar com os medicamentos da praxe. Esta, juro, não a vi, ou por outra, vi, daí o meu gesto egoísta no dia da mãe… Mas o problema foi o turbilhão de pequenas coisas que se lhes seguiu e me tirou a lucidez, e quando dei por mim estava no fundo do buraco. Mesmo no fundo do buraco, de onde vos escrevo.


Hei-de, ah, eu hei-de sair daqui! Mas enquanto saio e não saio, vou escrevendo uns postaizitos do Inferno ( ihihih, esta foi bem metida) para me ir rindo e fazendo rir os que me acompanham.


E agora depois disto, COMENTÁRIOS, por favor!


:o)))))))


Fátima


Fátima</font>

19
Mai05

Somatizações e mijadelas...

Fátima Bento

Esta é uma vergonha mas "new day, same crap".


A noite só não foi igual, porque o Dimitri foi amávelmente convidado a sair depois de nos mostrar que não é só o Manekken Pis (tá bem escrito Calvin?) que dá umas belas 'repuxadelas' urinárias, desta vez - ó pecado MORTAL - para cima da Playstation2. 


O momento desenrolou-se da seguinte forma: o felino cheira, cheira, dá 1/4 de curva estica BEM a cauda, dá duas "chicotadas" com a ponta da dita, e pimba, bota esguicho no assunto. Sendo desta vez o assunto a referida Playstation.


E o prémio foi "um mágnifico bilhete de ida aos quintais vizinhos, onde poderá confraternizar com gatas das mais variadas espécies", 'qu'o que tu precisas é de pregar uns valentes pregos'.


Off he went.E agora está ali na varanda a apanhar solinho depois da dona lhe ter dado uma resma de miminhos.


Agora mesmo estive ao telefone com o SOS 24 pediatria 808 24 24 00, porque o meu filho, que está acordado desde a 6:20h , tem estado aqui no sofá "a morrer em fatias finas" (ok, já bati 3x na madeira), queixando-se de dores abdominais intensas, com interrupções quando o que passa na televisão é interessante.


Isto é assim: ou esta gaita passa-me de vez, ou vou de "caixão à cova" (pronto, já bati outra vez!).


Irra, quanto mais eu preciso de tempo para mim, mais esta gente "inventa" motivos para me "prender"! Irra!


SOCORRO!!!!


Fátima


 

18
Mai05

Blahrghh!!!! :oPPP

Fátima Bento

Tu vai lá vai!


Esta m*r*a desta depressão e mais os c*b*õ*s dos medicamentos andam-me a deixar bonita!!!! O problema é que eu acho que qualquer dia quem está a ser acompanhado por um psicólogo é o Tomás!


É que eu levanto-me cedinho ( que sabe tão bem o fresquinho da rua, o solinho ainda manso, e ar ainda pouco poluído)... e depois o silencio da casa, e o computador se for caso disso, sem ter de interromper de 2 em 2 segundos para responder a perguntas 90% parvas... e depois, 11:30, meio dia, TENHO de me deitar, porque atinjo um estado de moleza que até fico com frio! E o puto quando me vê deitada fica a bater mal. Hoje estava cheio de sintomas "por simpatia" - e que se sentia muito mal, e que lhe doía a bariga, e que hoje se calhar não conseguia ir à escola... quais quê! "Aturei" (aturei não é a expressão a aplicar aqui) a coisa durante uns 15 minutos ou 20, findos os quais, mandei um berro «Tu tás bom, não tens nada, tás nervoso porque eu estou doente, mas isto é mesmo assim, e qualquer dia já estou boa. Fogo, puto, arrebita! Vai-te vestir e põe-t'andar p'à escola, "fáchavor"»


Prontos.


Levantei-me da cama, fui passar umas calças para ele levar , fui aos caixotes da roupa de Verão (AI O MEU QUARTO!!!!!!!) e dei-lhe a escolher a T-shirt. E off lá fomos nós para a escola.


"-Tás a ver, puto, eu preciso de me deitar de vez em quando mas depois fico assim toda forte e cheínha de energia. Calma, qu'isto há-de passar!"


Quando?


Não mata mas mói. 


Ó se mói!

18
Mai05

Noite de sonho...

Fátima Bento

7:02 (hora de inicio de tentativa de missivar) com um olho aberto e outro fechado... o puto "passou-se" p'ó meu quarto a meio da noite, e está lá agora, mesmo mesmo a afiambrar as unhas para abrir os olhos quando eu estiver para sair


(tenho uma reunião rápida às 8:15 com uma colega da AP, mas não tenho intenção de vir a correr para casa logo a seguir.)


Não fui caminhar, porque aí era certinho que o radar acusava que eu tinha saído do "raio de segurança" do gaiato, e a meio lá me iniciava eu na arte do jogging, a toque de telemóvel... e depois reunião... bébéu.


Como eu ainda estou meio a dormir, vou aproveitar a desculpa para massacrar o pessoal com a minha noite: deitei-me era p'aí 00-30 (a culpa foi do 'À procura da Terra do Nunca'), e por volta das duas fui acordada por luta de machos por baixo da janela que o Dimitri usa para entrar (e que agora fica fechada porque não é suposto a 1/2 gata se enfiar cá durante a noite e provocar colapsos ao pessoal quando se engalfinha com a Blimunda na discussão - "aqui vou ser feliz!!!!"- à qual somos completamente alheios mas é claro que temos de tomar partido pela que ocupa a nossa vida há 11 anos.) Levanto-me ( bem agora tenho o quarto num estado, que, sair da cama, só saindo por cima do Vitor - e um dia destes ainda parto os cornos, ai parto parto, que com a quantidade de medicação que ando a tomar, não me lembro onde meti o centro de equilíbrio, e, pelo menos quando me levanto, o gajo faz falta.Quer isto dizer, que, e SE eu tenho que passar por cima do Vitor, seria mais fácil ele levantar-se e ir abrir a janela ao pobre animal que estava a ser trucidado debaixo do nosso nariz ( salvo-seja). NAÃÃÃÃÃO! Bom lá fui. O bichano entrou, e ainda ficou 'de janela', por baixo do meu queixo "queres, queres mais? Vá, anda buscar! Quantos são? Quantos são?" Equanto só me apetecia torcer-lhe o garganeto, "ah grande filho da p**a que me fazes levantar da cama e nem te dignas a entrar no primeiro take!"


Bom, o bicho entrou, aparece a Mia (que qnda fascinada pelo irmão mais velho, que confunde óbviamente com burro ou qualquer outra espécie equídea, porque trata de lhe saltar para as costas e"ayôoo SILVER!" (posso jurar que em certas alturas até se ouve a musica da Bonanza ao fundo!)


Bom, como um gato não é de ferro, e a princesa Mia é chata "cumá" potassa para o "desgraçado" Dimitri - que se deixa MESMO fazer gato sapato nas patas dela, 3:30 "Meow!!!meow!!! rrrccrrrccrrrcc" no vidro da janela do meu quarto. Volto a acordar - acho eu, que nem sei muito bem se estava a dormir- procuro a pequenina, seguro-a com uma mão, com a outra levanto o estore e abro o vidro"sai, caraças, qu'eu não tenho a noite toda!" UUUUFFFF!!!


E foi a vez da princsa Mia 'bondar' comigo. Eu explico: ela escolhe uma prega da t-shirt, e chucha nela, enquanto vai fazendo aquele movimento típico com as patinhas. É sina, pessoal, os meus gatos bébés fazem TODOS isto comigo... mas é uma ternura!


Mais 30 minutos a 'Wendy' vai à casa de banho, e leva o 'Peter' com ela. "Atão, não vais para a cama da mãe?" (prontos tou lixada com f de galinha, pensei). Chega para aqui, empurra para ali, e tal e coiso, e lá cabemos todos.


[atenção, toda esta movimentação desde o inicio da "estória" foi acompanhada por resmungos e impropérios por parte do meu ( não lhe vou chamar consorte, por isso) com-azar]


6:20, toca o despertador. Tenho uma camisa ou um polo ou lá o que é para passar a ferro para o homem levar vestido. Tá aqui a gaja a passar a camisita - não levo essa, levo esta ( que JÀ ESTAVA PASSADA!)


AAAARRRRGGGGGHHHH!!!!!


E prontos


Agora a gaja teen não quer sair da cama, vai acordar toda stressada, vai acordar o irmão, e eu juro que puxo do facalhão da cozinha.


Inté


Fátima

16
Mai05

Boa segunda-feira( a esta hora devia era estar caladinha...)

Fátima Bento

Atão esse fim de semana?      


               MAU FENG SHUI.jpg


A tirinha acima é muita gira, não é? Digam lá que não vos apetece  de vez em quando? E quando a gente (acha) que até percebr um 'cadito' da coisa, a desculpa dá mesmo muito jeito, eheheh...


Prontos, como tinha informado, fui ao senhor doutor na passada quinta-feira, dei-lhe o "detesto sentir pena de mim", que não pôde evitar dar uma ou duas gargalhadas( vá lá, risaditas) e começou por di zer "- Ó mulher tu tens é de ir à bruxa!" para já mais perto do fim "...sim que tu tens uma familia que vai lá vai!". No fim devolveu-me o print e puxou do livro de receitas. E prontos, cá ando eu toda anti-depressivisada, anto-ansiolitiquizada, e toda hipnotiquizada ( não, não ia pôr hipnotizada!). E ele disse que provávelmente desta vez não ia lá assim... tenho consulta marcada para 2 de Junho. Espero bem que até lá a coisa "amelhore"...


Agora, em comentário de café, disseram-me que o ansiolítico fazia engordar. Pessoal, eu já perdi 10 kilos! Acham que eu os quero recupererar? Nope!


Vai daí recomecei as caminhadas. È pá, sabe mesmo bem, aquele fresquinho das 7:30h, aquela maresia ao pé dos esgotos... mas a sério, a paisagem é bonita. E depois encontramos assim um ou outro elemento agradável para poisar a vista... hoje foi um barquito a remos com o nome "não desistas Barreiro". Fiquei sem saber se o homem era optimista, ou adepto do Barreirense, mas isso agora não interessa nada. 


Prontos, pessoal, tenho uma máquina de roupa para estender, antes que me dê outro ataque de sono (coisa que com a nova medicaçaõ tem-se revelado normal, assim, duas vezes por dia...)


B'jinhos e (espero eu) até logo.


(rai's parta'ó'home que nunca mais me ofereçe o "portátél"!)


Fatima


 

14
Mai05

Já somos 4+2+1= 7

Fátima Bento

AH!!!


Serve a presente 'missiva-a-correr' para dar a conhecer a todos que a minha familia aumentou. Apresento-vos...


...tambores, por favor...


 


                   A PRINCESA MIA !!!!!!!!!!!


 


                        Imagem(45).jpg


Pois, os outros foram para o casamento, eu fiquei a baby sittar a bichinha, que se encheu de pulgas da 1/2 gata que se enfia(va) cá em casa 


[agora as janelas estão fechadas, só são abertas a pedido directo do gato 'cioso' Dimitri, e fechadas logo de seguida. Ele até já sabe esperar! É que descobri que os xi-xis que andavam a aparecer em lugares indiziveis e impublicáveis se deviam à presença da 3ª 'elementa furona'. Esta nova 'elementa-princesa' está a ser mais bem recebida, (mais estalo, menos estalo), e com uma pa-ci-ên-cia sem limites do Anjo Dimitri].Depois, ela ficou cá para a "despulgar" e agora... bem, agora, depois de ter informado a "dona" de que tinha de esterlizar a bicha ( coisa que eu vi, ela não tinha a mínima intenção de o fazer, meaning, ao primeiro cio, a gata saía a voar pela janela do 6º andar... devolver a gata à "dona em prespectiva", nope, por isso, telefonei à Cristina da Catus, e informei-a que a bicha (era para ser Pantera...uma listada ruiva, duh!)... e que agora o problema era Eu.


O Vitor não queria mais um gato... mas como ele é uindo acabou por concor-deixar...


Por isso, agora temos a MIA, e eu estou TOOOODA contente, eheheh,


                                  Imagem(38).jpg


Prontos!


CHUACKK,


Fátima

12
Mai05

PESSOAL, JÁ MEXO!!!

Fátima Bento

Bom, parece que mais uma vez sobrevivi a um 'piqueno' terramoto.


De 'quaisquer' forma, vou ao meu médico mais logo. Como eu tenho a mania de que "eu sou o super-homem, o maior da minha rua!" (mulher, people, mulher), não sei passar bem a imagem de como me sinto realmente. Vai daí, optei por imprimir o artigo "detesto sentir pena de mim", e vou dar-lho para ler. No fim, digo. "Ta'í, preciso de ajuda, agora a deixa é sua"


[se não disser nada mais maluco, (como é que me hão-de levar a sério?)]


 É que eu sou tão apanhada no dia-a-dia como no blog... 'what you see is what you get'. O meu marido diz que eu sou transparente. O meu filho aqui há tempos perguntou-me "mãe, tens segredos?" Pensei um bocadinho e respondi, de sobrolho franzido de espanto"...não..."


Isto é normal, não ter segredos? Existem dois ou três assuntos semi-tabu, de que não se fala, não por mim, mas por respeito a quem não os quer ouvir mencionados. E prontos.


E tenho sonhos.


Pessoal, tenho sonhos!!!! Sabem durante quantos anos não tive sonhos? Agora tenho sonhos, e mais importante, projectos!


( Tá tudo a pensar, a gaja 'teve a meter uns fuminhos, a chutar para a veia ou a snifar umas linhas... uma pessoa não pode estar bem disposta, não? Vão-se catar!!!)


E prontos.


A gata Pantera ( logo meto uma foto do bicho, qu'agora não sei onde o Vitor meteu o 'dente azul' e as pix 'tão no telélé ) tá desinfestada, de ‘modos’ que logo vai voltar à casa da "mãe-de-acolhimento-permanente", para alegria da Blimunda e tristeza do resto dos membros da casa, bem como alívio do Vitor e respectiva esposa.


E logo tenho Escola de Pais (lá venho eu ainda mais bem disposta e de ego inflado como é hábito) que hoje é sobre nutrição, por isso convém tirar uns apontamentozitos…


Pronto, agora tá na hora de preparar as coisas para o Tomás levar para a escola, e, já agora, vou limpar a pele e pôr uma corzita. E vou pôr o meu primeiro baton eem quase 3 anos (a gOlden sabe porquê… ihihih…)


Beijos a todos, brigada pelos feedback’s e miminhos.


Inté, 



Fatima.JPG

09
Mai05

Detesto sentir pena de mim

Fátima Bento

Muito prazer. Calcutá. Madre Teresa de Calcutá.


Fónix, detesto sentir pena de mim. Tou'ma passar. Sinto-me a Alice no país das maravilhas quando o castelo de cartas se desmorona em cima dela ( tou farta de usar esta analogia, e fico sempre com a impressão que ninguém faz a mínima ideia do que eu estou a falar... ), só que em vez de cartas são tijolos.


Fónix. Primeiro foi a violação. Agora o acidente. Depois é andar a correr de um lado para o outro a "assistir" as minhas amigas todas - essa é outra, trouxe a gata da minha amiga para passar o fim de semana e ela ir descansada para o casamento no Alentejo, e como o Dimitri anda na rua, e a minha 1/2 gata também, o bicho apanhou pulgas. Vai daí, vou agora buscá-la para a desinfestar ( um gato de 2 meses numa casa com dois gatos adultos e "pulgosos", vai levar umas semanas...). Entretanto a minha sobrinha bateu com o carro na sexta. Eu estava com ela. Agora tá-lhe a cair tudo em cima, e ela telefona-me da piscina da mãe a chorar baba e ranho. Piscina que inaugurou a "época balnear" este sábado, dia de aniversário da minha filha, que por acaso é afilhada da minha irmã e do meu cunhado, e que não convidaram nenhum de nós para a dita comemoração. Que, por acaso, demorou 2 dias.


E que por acaso, 1/2 dúzia de dias antes, perguntaram à filha COMO é que ela se podia sentir tranquila e com confiança para deixar o meu afilhado COMIGO quando voltasse a trabalhar.


Eles, que têm 2 filhas, uma com 25 anos, divorciada, mãe de dois filhos de pais diferentes, e a outra, com 26, divorciada, arrogante, fria embirrante e calculista. E AS MINHAS CAPACIDADES DE EDUCADORA È QUE SÃO DE DUVIDAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!. E na semana anterior, dia da mãe, fizeram outra reunião na quinta, ( adivinhem quem não foi convidada????) onde estava a minha «mãe-querida» que a última que inventou foi que eu batia/bato no meu marido/ antigos namorados ( segundo ela resmas de gajos). Pessoal, eu não consigo dar uma palmada no gato. Nunca dei um carolito sequer, em nenhum dos meus filhos.


Os meus putos sao 100% normais Tão normais que às vezes só dá vontade de andar ao estalo ( numa dessas já me fechei na casa de banho à cabeçada à porta...). Como as filhas daqueles anormais NUNCA FORAM. A mais nova saiu de casa aos 15 para ir morar sózinha.


Não, a sério, eu acho que os vou convidar para uma café e lhes vou dar um troféu de pais da década, e depois lhes vou dizer umas quantas que andam para aqui entaladas. A minha mãe pode ser maluca, mas eles NÃO SÃO.


Pessoal, preciso de 'comentários-festinha-miminho' a dizer que tenho razão.


Não se façam rogados, que eu tenho a sensação que já não tenho onde me agarrar para me manter à tona...


Ok, agora é que é:


Foda-se.


Fátima

09
Mai05

Vidas perdidas

Fátima Bento

Ando há dois dias a pensar em como falar nisto. Foi uma semana dura, e esta foi "a cereja no topo do bolo" ( e esta é uma expressão macabra para usar neste contexto...). Como não sei como o fazer, mas tenho que o vomitar para aqui, cá vai...


Sábado, 7 de Maio. Mota. Casal. Excesso de velocidade. Despiste. Morte imediata.


A noticia veio no DN de ontem. Faltou dizer que para trás, no mundo dos vivos, ficou um filho, bébé de 7 meses.


Às vezes a vida é puta.


( E às vezes as pessoas não pensam...)


[a acrescentar (só mesmo por acrescentar), eu conhecia as pessoas em questão, sou amiga da familia, e passei o fim de semana a assistir ao desespero... e sem poder fazer nada, sem saber sequer o que dizer...]


Para acabar devia pôr uma frase-impaacto. Mas não há frases impacto num caso deste.


Adeus...


Fátima

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D