Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

01
Fev08

Cinema outra vez (enfim)!

Fátima Bento

Hoje abri um parêtesis a esta bodega toda em que chafurdo com afinco, e resolvi ir ao cinema.

 

Acertaram, só podia ter ido ver este:

                                                                                                                                                                              

 

 

Infelizmente, o Sapo Fotos não me está a deixar pôr as ditas, e isso pontuaria deliciosamente a minha crtitica.

Por isso, vou dizer muito pouco:

FA-BU-LO-SO!!!!!

É preciso um genio para compreender outro, e a simbiose entre o realizador e o actor é brutal!

Esta é, sem dúvida, a obra prima de Tim Buton!

Para ver, rever... e venerar.

Fátima

01
Fev08

...

Fátima Bento

Porque será que os homens sejam de tão dificil compreensão no que diz respeito a nós?

Vou dar um exemplo: comprei um móvel liiiiiindo que ficou peeeerfeito ao lado da minha secretária. Mas peeeerfeito, peeeerfeito era outro igual do outro lado. E o raio do móvel até era barato, mas como estávamos à espera de uma transferência, foram 48 looongas horas "será-que-ainda-vai-haver, será-que-ainda-vai haver?" Transferência concluída, lá vai ela desabrida (sim, que a esta dá para ir a pé), E AINDA HAVIA UM!!!!!! Isto, um nadinha antes das quatro, e como o encartado da casa só chegava às seis, foi uma aflição "que-não-esgote, que-não-esgote, que-não-esgote"!

18 horas, chave à porta : "ainda havia uma às quatro da tarde, pode ser que ainda haja!"

A excitação por causa de um móvel não é contagiosa.

Sentou-se no sofá, a fazer coisas com a sua importância, mas que poderiam esperar 15 minutos: tempo de ir e voltar.

"Mas tu achas qu eu vou saír agora com o carro, quando daquia uma hora tenho de ir buscar a Inês à escola e levar o Tomás ao treino? Não fazia mais nada, não?"

(nota da autora: uma coisa não fica em caminho da outra...)

E pronto, eu deitei-me, ele lá foi buscar um e levar o outro - e, perguntam vós, será que ele foi espreitar  se o móvel ainda havia na loja, just to surprise me? O tanas!

Entretanto levantei-me discuti-mos um bocadinho (eu levantei a voz, ele mandou-me baixá-la que ele consegue discutir baixo, o que ainda dá menos importância ao que me magoa), ele disse coisas que me magoaram a sério (eu não sei, terei talvez dito, mas, admito derrota, ele ganhou  com as que disse.)

E bati no fundo.

Bati mesmo no fundo.

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D