Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

16
Jul08

Inglesices

Fátima Bento

Há minutos atrás, estando eu na cozinha a apanhar a roupa, e uma vez que a minha janela dá para um pedaço de jardim público, ouvi dois miúdos, assim de nove ou 10 anos, a combinarem:

 

"Bora andar à fight?"

 

"Bora!"

 

E ainda dizem qu'os putos têm notas baixas a inglês! Não sabem é puxar por eles! Ponham-nos no intervalo da escola a andar à fight, a usar os fists para mandar uns valentes punchs, e os feet para dar uns kicks, que pelo menos aprendem um bocadinho de anatomia...

 

Ehehehehehehehe...

 

Fátima

09
Jul08

Que domingo!!!!!

Fátima Bento

Domingo foi um dia no mínimo sui generis. Primeiro, o Tomás teve (mais) uma prova de natação. À chegada fomos convocados para juízes - sabem aquelas pessoas que ficam de cornómetro em riste, que carregam no botãozinho à partida, e outra vez à chegada e apontam os tempos - e no interim, quando os atletas mergulham, ficam a pingar? Esses. Estava eu a ver se conseguia umas fotos do pikeno antes de começar a prova, com o Tm do marido, e o dito toca. A infecção urinária da Inês, que estávamos na dúvida se era mesmo uma, tinha piorado. SAP connosco logo a seguir à prova! Mas no entretanto, o Tomás ganhou três medalhas uma de prata (50 m mariposa), uma de ouro (50 m bruços), e uma de prata pela estafeta da equipa, de que (claro) fez parte.

 

E depois fomos buscar a Inês, e lá nos dirigimos ao SAP - e começou a anedota.

 

Na sala de espera, uma senhora pede para levar uma injecção. O pedido é resusado, que não dão injecções daquelas ao fim de semana (deve ser só nos dias com R, segunda-feiRa, terça-feiRa, e por aí adiante, ficando o Sábado e o Domingo de fora...). A enhora, indignada, pede o livro de reclamações; pois que sim, claro, entregaram-lho prontamente. "Empresta-me uma caneta?"Resposta: "Não temos". ENTÃO A SECRETARIA, OU LÁ O QUE É, DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO PERMANENTE DE SAÚDE CONCELHIO NÃO TEM CANETAS??????? Deve ser por isso que trabalham tão bem... A senhora apela aos presentes, se alguém tem uma que lhe empreste, e lá aparece uma. 

 

Agora, era ou não era de apresentar duas queixas - uma por se recusarem a dar a injecção, e outra por tentarem impedi-la de apresentar queixa!

 

Ele há cada uma! 

 

Entretanto, lá chamaram o nome da pikena, e entrámos as duas. Agora, como soube mais tarde, ir ao SAP concelhio neste momento, é "ir aos contratados": um caldo de culturas, com um médico de cada nacionalidade, alguns ainda com dificuldade na lingua, e por sorte, calhou-nos uma que trabalhava a vapor, cujos dois neurónios (o Tico e o Teco), não comunicavam. E não é por nada, mas era loira. E croata, ou coisa que o valha. Não sou racista, não acho as anedotas de loura justas ou credíveis, mas a verdade é que ontem fiquei deveras abalada nas minhas convicções...

 

Eu expliquei o que se passava - a Inês naquele Centro de Saúde fica muda, trauma com um médico amigo meu (que fez um excelente trabalho quando ela esteve com um início de depressão há uma ano, e aplicou-lhe um 'tratamento de choque' que solucionou o problema, mas que lhe deixou medo do dito) - e, é pá, eu não sei se falei muito depressa ou não, mas ela lá mandou a miúda fazer uma análise, que consistia em fazer chichi para um copo, e mergulhar uma fitinha, daquelas que saem de um frasco com um código de cores para medir o ph da urina, mas em vez de compararam o resultado, atiraram a tirinha para dentro de uma máquina, e ela que fizesse a leitura. P'ra cima de meia hora de espera.

 

Neste interim, sai o resultado do teste de um paciente que foi chamado e lá lhe entregaram os resultados. Quando o mocinho (assim p'ós vinte e poucos...) está a uma distância aí de uns 25 metros (mesmo à nossa frente) a enfermeira decide-se a perguntar nuns decibéis que permitissem (e bem!), ser escutada a 25 metros: "Então, dói-lhe muito o rabinho?" O rapaz vira-se (juro!) em slow motion, e passam em rodapé os impropérios que lhe apetece proferir, enquanto um misto de estupefação e raiva lhe cruzam o olhar. Não abre a boca. Limita-se a retomar o caminho da saída. Eu parto-me toda a rir, depois do moço saír, com o despropósito da coisa.

 

Entretanto, ninguém para atender na Urgência, a médica, pelos vistos farta de fazer palavras cruzadas monossilábicas, chama-nos ao gabinete. Resultado de análise, nepes - só um papel rabiscado (se calhar a lista de compras em ucraniano...). Voltamos à casa da partida sem receber os 200 euros que tal acto comtempla. Repetimos os sintomas. Inquirimos sobre os efeitos interactivos com outros medicamentos que ela está a tomar neste momento, e é o mesmo que querer tirar leite a um sobreiro. Lá conseguimos que nos diga o que já sabemos. Fixe. Puxa da caneta, e lá passa uma receita. Para as dores ao urinar receita Ben-U-Ron (????)...

 

E depois, quando chego à farmácia lá me explicam a anedota - porque é que o Sap concelhio se transformou num mau episódio da "Twilight Zone". Por explicar fica como-é-possíve-trabalhar-num-guichet-de-atendimento-e-não-usar-esferográfica, e a lerdísse da enfermeira, tão portuguesa como eu.

 

Cada vez gosto mais deste país...

 

B'jinhos,

 

Fátima

 

Bom, já agora, só para se rirem um bocadinho (só tem uns segundos), espreitem abaixo:

 

 

03
Jul08

O Segredo

Fátima Bento

Enviaram-me um video que eu achei lindíssimo, e que vou tentar pôr aqui.

 

 

 

(Sobre o livro, poderei falar um dia destes, mas independentemente de acreditar ou não, este video vale por si).

 

Vale mesmo a pena ver!

 

 

 

 

Fiquem bem, muitos b'jinhos e inté,

 

Fátima

 

 

B'jinhos

03
Jul08

C'UM CANECO!!!!!!!!!!!

Fátima Bento

Bati as redondíssimas 30 000 visitas!

 

Nem acredito!

 

Acho que é caso de parabéns a mim, e a todos os que cá têm vindo, right???

 

Montanhas de b'jinhos,

 

Fátima

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D