Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

05
Dez08

Desafio dos sonhos e desculpas à Tg

Fátima Bento

Se calhar devia era estar caladinha, que, pelos vistos, já fiz estragos que cheguem. Quem leu ontem no blogue os dois posts que apaguei: o "desafio outra vez" e o "Hãn?", já estará a ver a que me refiro. Quem não leu, leva aqui com um resumo, este sem juízos de valor, já que ontem parece que exagerei.

 

A Tg, no seu "diário de uma fashionista", desafiou quem por lá passasse a fazer o desafio dos 8 sonhos. Eu passei, deixei-lhe uma mensagem que  faria, e fiz. Por lapso que assumo, não coloquei no post o blogue de onde tinha decidido ser desafiada, que é este .

 

Entretanto, recebi um comentário bastante educado da autora do blog a pedir que ou retirasse a imagem - o balão do pensamento do António Gedeão - ou que, caso decidisse mantê-lo, que lhe atribuísse os créditos, uma vez que não fazia parte do desafio, mas tinha sido ali colocado por ela (já agora, podia ter posto essa informação no post, para incautos como eu não partirem do princípio que aquilo era para copiar e colar...)

 

Confesso, e quem leu sabe-o, que reagi a quente. Na minha cabecinha, provávelmente tonta, pedir créditos por um balão com uma parafrase pareceu-me... excessivo.  E disse-o, preto no branco, com três ou quatro baldes de ironia à mistura. E finalizei dizendo que, ao contrário do que nos tinha parecido, não tinhamos de facto muito em comum.

 

Ao que, ainda ontem recebo de resposta o comentário: " É uma pena que o tenhas interpretado desta maneira. De facto não temos assim tanto em comum, uma vez que eu nunca teria regido da forma que fez...mas cada uma é como cada qual. Quanto a criar imagens e preferir que sejam dados os devidos créditos não vejo nada de tão anormal, é um processo criativo que merece reconhecimento como qualquer outro, talvez um pouco mais de ambição não lhe fizesse mal nenhum. Tenha uma boa noite."

 

Admito que ela até tenha razão. Até ao ponto em que diz  "talvez um pouco mais de ambição não lhe fizesse mal nenhum". Não devemos ser taxativos com o que nos é desconhecido. Há muitas cambiantes de cinzento, e uma míriade de razões para tal.

 

Eu sei que isto da blogosfera é ambíguo: damos opiniões, tecemos comentários, ironizamos, ditamos sentenças sobre quem não conhecemos.

 

Porque, e esta vai outra vez para a Tg, se estivesse dentro dos meus sapatos há 41 anos, se tivesse levado bordoada de todos os lados como a que eu levei, se tivesse visto sonho desfeitos, projectos arrancados, desilusões desmedidas, talvez consegisse entender porque exigir direitos sobre uma imagem como a que criou me pareceu tão excessivo.

 

Sabe, eu sou designer de formação. Nunca gostei de ver criações plagiadas mas vi algumas, o que me deixou de estômago às voltas. Passa um casaco por si na rua, por exemplo, e aquela criação é minha!, mas o tecido original não era aquele, 'tá a ver?

 

No entanto, tudo isto é excessivo para o que eu queria dizer.

 

É que eu menti.

 

No desafio dos sonhos, menti.

 

Porque já não os tenho. Porque já perdi a capacidade de sonhar e acreditar nos sonhos. Nos sonhos e nas pessoas, que fizeram o favor de me retirar esse poder.

 

Fui uma pessoa alegre, optimista, sonhadora, das que dão apoio a este mundo e ao outro, compreensiva, entusiasta. Hoje esses adjectivos são apenas conjugáveis no passado .

 

Espero, sinceramente, que quando a Tg e todos os que me lêem chegarem à minha idade, não estejam imersos em todo este desencanto. Que dói, e magoa. A nós e a quem nos rodeia. Como se pode ver...

 

Ontem a minha filha fez a wish list de Natal dela no paranormalidades.

 

E diz às tantas:

"Querem saber o que realmente gostava de receber este natal?" e segue-se uma listinha e às tantas: "A minha mãe genuinamente feliz "

 

Sabem? Dá para babar e enchê-la de beijos. Mas cá no fundo, dói que se farta.

 

Fátima   

 

 P.S.: No caso de a ter magoado, as minhas desculpas à Tg. Mas como vê, e felizmente para si, não temos mesmo nada em comum...

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D