Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

25
Mai09

Obrigado. É para voltar.

Fátima Bento

Nem sei por onde comece.

 

Acho que isto será o mais óbvio, tendo em conta a comoção que todos me provocaram:

 

 

... e agradecer todo o encorajamento e apoio que me deram. Espero, sinceramente sair disto mais forte, e ter aprendido qualquer coisa...

 

E ademais, acho que devo a todos uma explicação: andei durante uma serie de dias um feixe de nervos, por variadas razões, sendo uma delas a minha irmã. Calei - e eu precisava de falar, mas as palavras, segurei-as cá dentro - até que soube que a notícia tinha sido "difundida". Suspirei de alívio, e debitei aqui, numa frase curta, que a minha irmã tinha sido operada a um cancro no cólon, que se encontrava tudo bem.

 

Acto continuo recebo o dito comentário anónimo que não teve a importância que posso ter dado a ideia de lhe ter atribuído: foi só a gota que fez transbordar o copo. Porque mencionei o facto, consciente de que o que estava a fazer era, não só aceite pela própria, como não condenável. Logo ali, a besta não me afectou por aí além.

 

Agora, mais a frio e mais calma - já estive com a mana, ontem no hospital, hoje já está em casa - e foi encorajador saber todos os pormenores e saber que ela se livrou de boa... - decidi não fechar os blogues. O "...no país das palavras" vai, provávelmente estar parado durante mais uns dias, mas por aqui vou desbundando...

 

Pormenor, que contraria um bocadinho o que disse sobre que o dito comentário anónimo que "não teve a importância que posso ter dado a ideia de lhe ter atribuído"... os comentários em TODOS o posts passaram a ser moderados. E os IP's dos anónimos são gravados. Isto só para não haverem mais copos entornados...

 

Agradeço, mesmo muito A TODOS o vosso apoio. Espero estar à altura.

 

 

 

 

 

24
Mai09

Sr CARLOS SILVA!

Fátima Bento

No dia 7 de Maio, dia em que a minha filha fez 18 anos, e a minha irmã me telefonou a dar a notícia que me deixou abananada, o Carlos fez 55 anos. NÃO ME ESQUECI! Como comprovo abaixo:

 

"De novinha em folha a 7 de Maio de 2009 às 15:55
Olha, eu ia acrescentar um P.S ao post a desejar-te feliz aniversário, QUE EU NÃO ME ESQUECI!!!!!! - mas depois achei que o post era da Inês, mas ainda não dei a tarefa inforbloguista por aqui...

Mas pronto, PARABÉNS!!!!!!

Muitos beijinhos, e para o ano dou-tos outra vez  - a gente só pede um de cada vez, certo? B'jinhos às carradas e tem um bom dia!"
 
Mas tens toda a razão, não tiveste direito a post...
 
Por isso, afinca-lhe a vista no post seguinte...
 

 

22
Mai09

Mais um anónimo...

Fátima Bento

Ora, então está aqui uma pessoa no meio de uma crise depressiva, a agarrar-se às paredes para se segurar em pé, com o coração nas mãos por causa do problema da mana, que engoli em seco e silêncio durante duas semanas, e saio à rua e começam a perguntar-me como é que ela esta a reagir à cirurgia, e eu com cara de parva, que pensava que só eu e os meus pais, o marido dela e as filhas sabiam, e vou a ver, só eu é que pensava que a coisa era privada! Parece que uma pessoa que devia ter a boca fechada, ainda não o conseguiu fazer... e não, criatura ignóbil, não fui eu!

 

E vai daí, depois de saber que toda a gente sabe o que se passa, desabafei aqui.

 

E fui critícada por um anónimo (mas porque diabo é que são todos anónimos?) por ter finalmente ter tentado tirar um peso do peito que me andava a morder as canelas desde dia 7, quando soube.

 

Realmente, não estou para isto.

 

B'ada merda pra quem não sabe nada da vida dos outros e opina na mesma.

 

Já agora, para que saiba, não, ela não se importou.

 

Podem ler o comentário da criatura no post anterior. Estou magoada, deprimida, e acho que me vou embora.

 

De vez.

 

 

21
Mai09

Post telegráfico

Fátima Bento

Estou a ler o Fuck it - Sábado "... no país das palavras"

 

Comprei a Visão.

 

Ando a dormir mal cu'mó raio por isso ontem aumentei a dose de hipnóticos e dormi bué.

 

Tenho tido umas estúpidas crises de ansiedade.

 

Não sei o que cá ando a fazer.

 

Este fim-de-semana vou comprar a Citiz

 

Ando um desastre na cozinha - ele são coisas que azedam, coisas que pegam, coisas que queimam...

 

Estou a precisar de uma cura de sono. Quanto mais não seja, o tempo passa mais depressa.

 

Posso contar, porque hoje na rua vieram-me perguntar novidades, porque já sabiam: a minha irmã foi operada na segunda. Correu tudo bem. Mesmo assim a operação começou às 8:30 e acabou às 13:30h.

 

A filhota continua com as suas dificuldades, e eu de atalaia.

 

O puto vai este fim-de-semana participar numa prova na piscina do Sporting - já é o G8. que não tem nada a ver com politica.

 

E pronto. Se isto fosse o Twitter, já tinha aqui 11 entradas.

 

Mais uma:

 

Estou MESMO  precisar de uma cura de sono...

 

 

 

P.S: andei a pesquisar no google e na blogosfera, e tirando uns críticos cinematográficos manhosos, não há criticas ao "Anjos e Demónios", nem sinopses dignas do nome. De modos que vou ter de escrever tão só e apenas a minha impressão. Jeitoso...

 

 

 

19
Mai09

Anjos e Demónios: é pá...

Fátima Bento

É pá, hoje fui ao cinema. É mesmo caso para dizer é pá.

 

 

Fui ver o "Anjos e  Demónios", como não podia deixar de ser... e se querem ler uma crítica séria e avalizada, leiam o "no país das palavras" da próxima quinta feira. Aqui e agora, vai a quente e sem pensar muito.

 

Então é assim;

 

Não fugindo ao 'é pá', com que abri o texto, já lá volto.

 

Começo já por dizer que de todos os livros do Dan Brown, o meu favorito é este. Daí que, apesar de um bocadinho esperançada, também ia de pé atrás. Ainda por cima depois da desilusão que foi a adaptação do "Código DaVinci" (que eu li convencidíssima de que estava a ler uma coisa fantásticamente original, baseado n'O Segredo dos Templários e mais nada. Ah! santa ingenuidade, o que já aprendi desde aí, que não é nada comparado com o que ainda tenho para aprender...), digamos que... pronto.

 

E o filme foi... voltando ao 'é pá' do principio... bem, o Tom Hanks está perfeito - não com ar de quem fez 8 horas de ginásio por dia durante dois meses, e passou assim a modos que à pressa pelo bisturi para encarnar o herói da estória... não, desta vez o senhor teve três anos para sedimentar o personagem, e fazer um Robert Langdon tão convincente que até nos esquecemos que ele é Tom Hanks - e é por estas e outras que eu gosto tanto deste senhor!

 

 

 

 

O filme não fica a dever nada ao livro. Esta adaptação, mais que possível, arriscaria perfeita.

 

E mais não digo senão na quinta repito-me.

 

Voltando pela última vez ao 'é pá', é pá, eu juro que quando o filme acabou, foi das poucas vezes que, num cinema, me apeteceu levantar e aplaudir.

 

 

 

Palavra de honra.

 

('tá bem que a nossa reacção pode ser condicionada logo à partida pelo nosso estado de espírito... mas, é pá...)

 

Vão ver, canudo, vão mesmo ver!

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D