Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

10
Jun09

A Inês está a ser insultada

Fátima Bento

Apelei aqui a que votassem da Inês no Blogue 'minisaia'.

 

Mas a verdade é que, ao submeter a foto da Inês, pisei na bola, fiz m**da. Não pelo facto de expôr a Inês online: ela tem um hi5 cheio de fotos, eu tenho as fotos do aniversário no meu facebook, não é assunto de estado, nem invasão de privacidade.

 

O que se passa, é que as pessoas são más. São muito más. E as quatro fotos a concurso estão sujeitas a comentários. E os comentários são mesquinhos, de gente muito pequenina... e magoaram muito a minha menina.

 

Por isso, se acha que se deve dizer "basta" aos que os comentários que magoam, vá a https://www.blogger.com/comment.g?blogID=21875700&postID=3242062742871060336&page=1, e deixe a sua opinião.

 

Não é por mim: é mesmo pela indecência que estão a fazer à Inês.

 

Obrigado.

 

PS: Este post vai ficar aqui, assim, até ver. Quem quiser seguir posts tem de ir ao "A dona de casa no país das palavras", que este não vai mexer nos próximos dias.

 

Obrigado!

 

 

08
Jun09

DESABAFO DE UM BOM MARIDO

Fátima Bento

Pois e é que me enviaram este email, e que me fartei de rir, e pensei - então que não é que isto é mesmo de partilhar? Respondi ao meu amigo arlos, que me enviou o mail, que hoje ia para o blogue, e voilá:

 

«Minha Esposa e eu temos o segredo pra fazer um casamento durar: duas vezes por semana, vamos a um ótimo restaurante, com uma comida gostosa, uma boa bebida, e um bom companheirismo. Ela vai às terças-feiras, e eu às quintas.

Nós também dormimos em camas separadas. A dela é em Fortaleza e a minha em São Paulo. Eu levo minha esposa a todos os lugares, mas ela sempre acha o caminho de volta. Perguntei a ela onde ela gostaria de ir ao nosso aniversário de casamento. "Em algum lugar que eu não tenha ido há muito tempo!" ela disse. Então eu sugeri a cozinha.Nós sempre andamos de mãos dadas. Se eu soltar, ela vai às compras.

Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica. Então ela disse: "Nós temos muitos aparelhos, mas não temos lugar pra sentar". Daí, comprei pra ela uma cadeira elétrica.

Lembrem-se, o casamento é a causa número um para o divórcio.

Estatisticamente, 100 % dos divórcios começam com o casamento. Eu me casei com a "Sra. Certa". Só não sabia que o primeiro nome dela era "Sempre".

Já faz 18 meses que não falo com minha esposa. É que não gosto de interrompê-la. Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha. Ela perguntou: O que tem na TV? E eu disse: Poeira.

No começo Deus criou o mundo e descansou. Então, Ele criou o homem e descansou. Depois, criou a mulher.

Desde então, nem Deus, nem o homem, nem Mundo tiveram mais descanso.

"Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo. Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes: o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim.

Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer. Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura. Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.

Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dentes e lhe entreguei.

- Quando você terminar de cortar a grama, eu disse, você pode também varrer a calçada.

Depois disso não me lembro de mais nada. Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida. O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e a outra é o marido...»

Luís Fernando Veríssimo

08
Jun09

Mais um fim de semana

Fátima Bento

Pois então o fim de semana... bahhh... no sábado, houve reunião de condomínio, e tinhamos marcado ir jantar na avó; estive a tarde toda no PC e ás 18 e tal lá fomos. Primeira paragem: dentista, para tirar os pontos (que não deviam ser tirados naquele dia, que assim que me levantei a boca soube-me logo a sangue, mas como ela está de férias esta semana, teve de ser).

 

Chegados à sogra, jantar: Chocos grelhados. Fiquei a ver os outros comer, pois claro, que ainda não consigo mastigar tal coisa. "E uma sopinha?" insistia a pobre senhora e eu "não vale a pena que eu não posso comer nada quente" (e sopa fria afigurou-se-me assustador). Lá tomei um café, que bateu c'uma força que nem vos digo (a seco!), e me deixou c'uma pedalada que deus-me-valha. Quando cheguei a casa, comi cerejas madurinhas, e pronto. E depois, porque ainda estava um bocado abalada com os sentimentos que o raio da notícia no "i" me trouxe ao peito, estive a noite toda agarrada ao computador a jogar um joguinho muito insípido no shockwave, chamado Fashion Solitaire. Às tantas desligo o PC e levanto-me para ir fazer o xixi da praxe antes do ó-ó. "Quem é que deixou a luz da sala ligada?" Ninguém. Já era dia...

 

Depois acordei ao meio-dia (o que quer dizer que dormi +/-5 horas), e fiquei assim como tenho estado de cabeça muito levezinha, se estou um bocado (tipo 2 ou 3 minutos...) em pé, começo a suar frio e a ficar cheia de tonturas... fogo desde quarta-feira que não me mexo em condições...

 

E depois jantámos o que a Inês fez, almondegas com puré de batata, e pronto.

 

Tudo isto temperado com um humor de cortar à faca, que ninguém faz puto, mas a culpa é sempre minha. E o marido quando fica c'a mosca, vai tudo à frente... arrghhh!!!!

 

E assim se passou mais um fim-de-semana. Uau, dirão vocês.

 

Uau, repito eu.

 

Devo ser das poucas pessoas que não gosta de fins de semana... são todos iguais, tirando os suoress frios e as tonturas, e o dia que vamos à avó: ou jantar ao sábado ou almoçar ao domingo...

 

 

 

 

 

08
Jun09

Apelo ao voto na Inês

Fátima Bento

Eu - confesso que fui eu e ela nem sabe... enviei uma foto da Inês para o blogue "Mini-Saia", para participar no concurso "look da semana".

 

Quem não se importar de passar por lá e votar na Inês, agradecia. É só clicar aqui e depois escolher o nome da Inês.

 

Obrigado!

 

 

 

08
Jun09

EHEHEHEHEH...

Fátima Bento

Ah pois é!

 

 

Digam lá que não foi giro vê-lo  ali apertadinho, com um discurso rabiscado num papel, assim meio à pressa logo a seguir ao "não pode ser!!!!"

 

 

(deixe lá, senhor engenheiro, que eu sempre o ajudei a poupar uns cêntimos em tinta. Eu e mais uns muitos, que o número de brancos duplicou das últimas eleições para o Parlamento Europeu. Ainda poupou umas esferográficas...)

 

Mas desengane-se quem acha que o vencedor foi o PSD.

 

Quem ganhou foram os senhores abaixo:

 

 

Porque se afirmaram como a nova alternativa. Porque ficaram ali, em terceiro. E porque nas legislativas, ganha o PS ou ganha o PSD, mas eles dificilmente "mexem" do sítio. Foi definitivamente um vitória histórica.

 

Voltando ao senhor engenheiro, lembrei-me de um personagem Disney:

 

 

Lembram-se dele? Era o arqui-inimigo do Tio Patinhas, aquele que no final, comia sempre o chapéu...

 

(ihihihihihihihihihih)

 

 

 

 

07
Jun09

Já cumpri com o meu dever cívico.

Fátima Bento

Pois e é que lá  fui votar. Este distrito é um espectáculo! Confiram lá logo, ou amanhã, os índices de abstenção de Setúbal: devem ser os mais baixos do país. Nós moramos pertinho da secção de voto - tão pertinho, que se fossemos a pé chegávamos lá mais depressa, que há acesso pedonal - mas fomos de carro porque o dito estava estacionado onde não é costume, e tinha de ser tirado de lá para ir para o "lugar dele", e lá fomos.

 

P'a minha rica saúde! Lugares à volta da Escola Secundária não faltam, mas nós tivemos de andar às voltas à espera de uma nesga de espaço... neste caso a mesma apareceu sob a forma de alguém que removeu a sua viatura do espaço que a nossa passou a ocupar.

 

Nunca me tinha tal acontecido numa eleição!

 

Filas para votar, não havia - a única vez que houveram filas foi aquando das últimas legislativas (e deu no que deu...) - mas o raio da urna estava tão cheia que o meu boletim não entrava (outra estreia)! Quando gracejei, enquanto dava palmadas no boletim, p'ó c*br** entrar, "- bom isto é sinal que os níveis de abstenção por aqui andam baixos..." O revirar de olhos do presidente da mesa enquanto pegava na urna e a abanava para acamar os votos deixou-me na dúvida... não sei muito bem como a coisa funciona, mas presumo que, desde que abrem até fechar, às 19:00h, quando uma urna enche é substituída por outra, etc. Cá para mim ainda era a da manhã... ih que mázinha...

 

Mas que não haviam lugares para estacionar, não haviam. Que o boletim não entrava, não entrava.

 

E pronto, e que o voto é secreto, e tal, mas só vou dizer que, no último minuto de reflexão, tive muita pena do Sr. Engenheiro. Mesmo muita pena. E então, para ajudar um bocadinho, confirmei a decisão de poupar tinta. Com esta crise, cada gota de tinta poupada é uma vitória!

 

 

E tu estás à espera de quê?

 

Toca a levantar esse rabinho preguiçoso do sofá ou da secretária, e "fáchavor" de ir poupar tinta ao Engenheiro!

 

 

 AI!!!!!

 

 

 

06
Jun09

Carta Aberta

Fátima Bento

Caro doutor:

 

Não posso deixar de lhe dar os parabéns pelos resultados alcançados. Tão pouco deixaria de o fazer ao Alberto e ao Agostinho que conseguiram erguer um projecto igual ao que apresentaram no papel. Não é fácil, mas eles conseguiram-no. E parabéns aos três pelo destaque no "i" deste sábado. Bem o merecem.

 

No entanto, fiquei com o amargo de boca de ter deitado dois anos fora. Porque durante aqueles dois anos em que andei com os cursos de "Formação para Acção Parental" ao colo, foi só isso que fiz, aliás, como sabe. E se, despassarada como sabe que sou, consegui alguma coisa no projecto, não foi levianamente. E o que me dói, o que verdadeiramente me dói, é que a educação parental é uma imensa paixão (a que não será alheio quem acompanha este blogue), que tive deixar - ou terei sido deixada - mesmo com CAP e tudo, ali, prontinho para participar na coisa (e faço uma pergunta que não interessa nada, mas todos os formadores em questão têm o certificado de aptidão pedagógica? É que você disse-me uma vez que tal era indispensável, lembra-se?). Mas agitar as aguas tornou-me persona non-grata para todos... 

 

Mas esse não era, como foi apontado, um "projecto pessoal". E nas suas próprias palavras eu ter-me-hei entusiasmado "para além das minhas capacidades", seja lá isso o que for...

 

Ficamos, então, assim: você com o seu trabalho mais que provado e multiplamente provado, incansável, pessoa que continuo a afirmar que admiro como poucas, e eu aqui, invisível e desaparecida que só conta quem cá está, quem não está, estivesse.

 

E no final de contas quem atirou a toalha e saíu de cena fui eu.

 

Dói mas passa. Não há nada que não passe. E nem devia doer... afinal, fui eu que escolhi assim e dos "fracos" não reza a história. Quem ficou para trás ficou, e the show must go on.

 

Parabéns mais uma vez

 

Fátima Bento

 

(e esta 'amnésia' será uma das razões porque nunca mais me meto noutra. Aliás, se existe alguma coisa que mudava no meu passado, seria eclipsar a primeira escola de pais em que participei como aluna, e de onde saíu o mamarracho por editar... tinha-me poupado muita dor...)

 

P.S: Hoje acho que ninguém percebeu nada do que escrevi. Esta é uma resposta pessoal a uma das pessoas mencionadas no nº do i de hoje, na pagina 38. Realmente, o tempo, o espaço e as vontades ultrapassaram-me. E não devia doer, não merecia mais que doesse - que já me doeu esta estória vezes e tempo demais mas dói. Mas há-de passar.

05
Jun09

E dia 7...

Fátima Bento

... eleições para o Parlamento Europeu.

 

 

 

Estão todos tão excitados como eu? Buga lá fazer a onda...uhuhuhuhuh!!!!!!

 

Pois, como não vamos chegar aos 100% de abstenção, se calhar até lá vou "botar voto". Em branco, claro está.

 

Porque além de manifestar o meu descontentamento, se "ganhar" o voto branco, as eleições são anuladas, têm de se repetir, e COM NOVAS LISTAS. Era giro, não era? ó se era!

 

Pronto, não vai acontecer. Mas eu vou fazer a minha parte porque nunca se é suficientemente crescido para deixar de sonhar.

 

Vote em branco! Qu'esta corja 'tá a precisar de tautaus!!

 

 

Não é que façam efeito, mas a gente sempre faz o gosto à alma!

 

 e bfs (votem em branco)

 

 (em b-r-a-n-c-o. BRANCO!)

05
Jun09

Morreu David Carradine

Fátima Bento

Lembram-se dele... Eu lembro, quando era pequena, na série "O sinal do Dragão". Para quem ainda tem memória da mesma, uma recordação... para quem não conhece, uma apresentação com alguuuuuuns anos... :

 

 

 

Para esta geração, ele será Bill da saga "Kill Bill" de Quentin Tarantino

  

 

Morreu em condições pouco ortodoxas... Pode ler a notícia aqui.

 

Aviso: em relação à notícia, viewer discretion is advised /conteúdo eventualmente chocante...

 

Não digam que não avisei.

 

- isto NÃO É uma piada.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D