Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

28
Nov09

E mais uma vez, no que diz respeito à educação...

Fátima Bento

Mais alguém se sentiu afectado. Parco/a nas palavras, ML atirou umas bocas para o ar, e nem vale a pena responder.

 

É assim: QUEM NÃO CONCORDA QUE A EDUCAÇÃO VAI MAL E NÃO  SE RECOMENDA no nosso país, PRECISA DE VIRAR O FUNIL.

 

Mesmo não tendo filhos, não há jusificação para continuarem a defender os colegas da incompetência de alguns.

 

Esta semana tive o prazer de almoçar com três professoras que não podiam concordar mais comigo - e dão todas auulas aqui no concelho, pertinho. Isto está de bradar aos céus, e em vez de se concentrarem em problemas reais, os nossos profissionais preocupam-se com "falsas questões", melhor dito, com questões menores.

 

Até admito que no meio de tanta burocracia com que de repente se viram às voltas, não lhes seja fácil organizarem-se. Mas há questões importantes que devem ser avaliadas. A saber:

 

Droga. O Tomás viu esta semana DENTRO DA SALA DE AULA, "erva". Foi a primeira vez que a viu "ao vivo". Durante essa mesma aula, um colega inspirou a dita, e ficou com o nariz vermelho durante algum tempo (as coisas que eu descubro: "snifar" erva deixa o nariz vermelho até à testa durante imenso tempo...)

 

OU seja: QUE RAIO DE AULA ERA AQUELA (não sei a disciplina em que isto se passou, que há coisas que é melhor eu nem saber, mesmo), ONDE CIRCULOU - embora num círculo pequeno - ERVA, UM ALUNO SNIFA-A, E A/O PROFE NÃO VÊ?

 

Mas com os telemóveis ÁS VEZES a atitude é taxativa., e aí, que o perigo e risco são de facto grandes, os profes desenvolveram a capacidade de terem olhos na nuca. Ora já é chegada a altura de encarar o telemóvel como ele passou a ser vivído pelos crianços: um prolongamento deles próprios. Urge descobrir, criar uma forma de contornar o problema - se calhar, se eles fossem obigados a colocar os ditos sobre a mesa, talvez fosse mais fácil controlar a praga, sei lá. Retirá-los, restituindo-os no final do ano não é solução: so levará à compra de outro aparelho, para minimizar a ansiedade que a falta do mesmo provoca. O número novo? Com o MSN e as redes socias é num àpice que este é difundido, apesar de essa ser a forma mais arriscada de o fazer.

 

E por falar em redes sociais: no Hi5 de colegas do meu filho existem fotos das mesmas, tiradas por colegas, a usarem o telefone DENTRO da sala de aula...

 

Normal? Não, mas vai sendo habitual.

 

A Educação precisa de ser re-avaliada. Isso eu sei.

 

Quanto aos professores, todas as classes profissionais o são, porquê criar uma excepção? Faz sentido?

 

Fátima

27
Nov09

A justificação para os erros ortográficos e as gralhas nos posts...

Fátima Bento

Vocês não dão? Eu sei, o FLIP dá uma ajuda, mas cá em casa ão há FLIP para a Mia.

 

Querem ver?

 

Hoje... (estou a precisar de ir à depilação...)

 

 

Há uma semana

 

(e o engraçado é que o camisolão é o mesmo!!!!)

 

Agora experimentem lá teclar assim... é que eu teclo, longe de mim incomodar a criança! Claro que por aqui todos gozam, mas não vale a pena, eu sou mesm uma cat person!

 

 

(sabes que és uma cat person quando vês isto - e decides ir dormir para o sofá da sala para não os incomodar...)

 

B'jinhos,

 

Fátima

 

27
Nov09

E hoje não vou conduzir.

Fátima Bento

Não me apetece, prontus.

 

E tenho carne para congelar, quero ir arrumar o quarto e a sala precisa de ser limpa. Sabem o que acontece quando penso assim? Chego ao fim do dia com muito pouca coisa feita, e raramente é alguma das que menciono, descubro sempre qualquer outra coisa para fazer, blergh .

 

E voltamos à Educação na escola do puto... 

 

Ora agora para falar de uma coisa completamente diferente... foi convocada uma reunião de emergência na escola do meu pikeno. Porquê? Por causa do cancro que carrego - eu e outros pais e alunos - desde o ano passado. Lembram-se de ter falado aqui da professora de matemática do meu filho, e  ter voltado já neste ano lectivo a mencioná-la aqui? Pois é, à medida de exemplo, o meu filho esteve 7 dias de atestado, volta à escola, perdeu duas fichas e a professoara recusa-se a repeti-las, e vai ser penalizado na nota por isso. Ora hão-de convir, mesmo os professores que lerem isto (e que ficam abespinhados sempre que me lhes refiro), que é uma decisão anómala e nada justa, já para não dizer ilegal - além de estarmos na presença de um atestado, desde quando é que um aluno pode ser penalizado por ter estado doente? Ainda para mais este ano, que se tossem nas aulas são enviados para casa?

 

Para além disso o teste, em que a melhor nota foi 37%, virou os pais do avesso. É que este ano, a professora teve azar com a turma... no ano passado acabámos por não fazer nada, eu como representante dos EE, não dei o meu contacto a ninguém, e não foi marcada qualquer reunião de final de ano para evitar motim. Mas este ano, a turma é, segundo a DT, a melhor da escola, e os pais comportam-se como tal, não há demissões, apresentam-se TODOS quando há reuniões, e resolveram intrevir logo no 1º Período. E muito bem.

 

Por isso, agora a profe vai ter de prestar contas. E não sei que contas, que o discurso do ano passado era de que eles vinham todos mal prepardos, e isso este ano não cola - porque esta turma teve boas notas no 7º. E a alínea b do discurso era que tinha de os preparar para o exame do 9º - e é capaz de ser por aí que ela vai este ano. Só que desta vez a coisa não vai funcionar, porque numa turma de 30 alunos, neste momento, ela não levava um que fosse a exame, e já o ano passado esse argumento descozia por todos os lados.

 

Mal preparados estão eles a ficar agora. E nem vou falar em desmotivados, que aqui o meu infante está com uma vontade de aprender... que até dá dó.

 

Enfim... a reunião é na próxima semana, e depois eu conto como foi...

 

B'jinhos,

 

Fátima

 

 

26
Nov09

A nina 'tá em destaque!!!!

Fátima Bento

Bem, fui mesmo a última a saber que estava em destaque! Obrigado pela SMS, Angela, senão nem sei quando ia descobrir!

 

 

Ora cá vai à saúde dos senhores do sapo que me destacaram, e dos meus queridos companheiros de viagem aqui no blogue, que vão lendo os disparates que escrevo. E também obrigado a todos os transeuntes que por aqui passaram hoje, e que espero que se tornem habituées =o)))...

 

Mentiria se não dissesse que estou contente. Serve para eu ver que o "trabalho" que aqui vou levando a cabo é destinguido... 

 

Por isso, estou mesmo "fuíz" =o)))

 

 

B'jinhos e obrigado a todos mais uma vez!

 

Este blogue é, acima de tudo, vosso!

 

Fátima

 

 

25
Nov09

O primeiro dia com chuva

Fátima Bento

Hoje levantei-me e voei porta fora. Literalmente.

 

Não tomei café, não comi nada, enfiei-me no carro e fui ao Rio Sul comprar comida para as gatas, que não comiam desde ontem às 18h, e estavam desvairadas, andavam atrás de mim de um lado para o outro, ensarilhavam-se nos meus pés, e olhavam com aqueles olhos de "vá lá, nôna, temos tanta, tanta, TANTA fominha!".

 

Ok, desandei, e se o Vitor me tinha dito onde se ligavam os limpa pára-brisas ontem, quando estavamosna sala a ver o CSI, a verdade é que eu entretanto me esqueci. Ainda fiz uma ou duas tentativas, mas conduzir e tentar descobrir como fazer as escovas deslizarem, tá de gesso. Fui o caminho todo com uma visibilidade reduzidíssima, o que quer dizer que a velocidade era quase a mesma - devagarinho e quase parada. Claro que o carro foi abaixo - pois se eu estava com medo de carregar no acelerador! Bom, lá cheguei ao estacionamento, e vai de pesquisar tudo para descobrir onde era o comando das escovas. Vai que eu meti na cabeça que era de rodar! Às tantas oiço um grito: "não forces que ainda ficas com essa m**da na mão! "O grito era meu, e o conselho sábio. Puxo do telemóvel para ligar ao homem, cheia de vergonha. Pouso o telefone no banco e decido fazer uma última inclusão pelos meandros daquelas bandarilhas espetadas nas laterais do volante. Ah-ah! Piparote para a frente e voilá!

 

Pronto, na hora de voltar a casa já não ia ser tão complicado.

 

Lá fui à loja dos animais comprar a ração, e à farmácia aviar as receitas. Antes de sair, ainda fui devolver umas sapatilhas que tinha comprado para o pikeno ontem - e das quais ele não gostou.

 

E depois fiz a viagem de regresso, mas com as escovas a mexerem. E quando cheguei, não tinha lugar para estacionar. Encostei o carro em segunda fila, no pátio onde costumo estacionar, enquanto uma senhora com uns aninhos a mais que eu  tentava tirar um carro minúsculo dum lugar recolhido - mas pela minha rica saúde, não era difícil de tirar! - e eu com cara de parva a olhar para as 500 mil manobras da senhora, sem saber muito bem o que fazer, lá acabei por recuar um bocadito, não sabendo muito bem para quê, mas para a mulher sentir que tinha mais espaço, sei lá. Lá acabou por tirar "a carroça", toda transpirada, e dei graças a deus por ter o vidro do carro fechado, que ela passou por mim a dizer uns quaisquer impropérios, mas eu não ouvi. E fiquei ali, parada, enquanto um Clio estacionava no lugar de onde ela tinha saído - mesmo que tivesse chegado primeiro, nem arriscava estacionar ali, o dela era de metade do comprimento do meu (canudo, tenho um carro tão comprido...). Deixei-me estar até me sentir com pachorra para ir à procura de um lugar. Fiz inversão de marcha - que teria sido mais fácil, não estivesse um comercial estacionado com a traseira a meio do estacionamento, mas não foi nada que eu não conseguisse fazer. Lá fui eu à rotunda de baixo, e depois à rotunda de cima, devagar, a ver os lugares do lado esquerdo. havia um em frente à porta do prédio, mas com o meu carro, ou o deixo torto, ou deixo a trazeira no meio da estrada, ou encosto à parede e não passa ninguém. 12 manobras depois, o carro estava ao lado da porta do prédio, passava uma pessoa entre o carro e a parede, e a trazeira não estava no meio da estrada. Ufa! Saí, mas tive de voltar atrás para desigar as luzes, em que não acertava, porque estava com o comando das escovas na tola.

 

Mas lá acertei e vim para casa. Irra!

 

As gatas estão a ronronar até agora, de barriga cheia.

 

Valeu a viagem, mas todos os dias são estreias; ontem foi o ir comprar mantimentos sózinha, hoje sair com chuva - e em jejum e sem café...

 

Amanhã, à partida é para levar o Tomás à natação - outra estreia.

 

Mais uma vez peço desculpa por estes posts, mas são importantes para mim. Agora vou ali dormir uma sesta, que este tempo está a deixar-me tão, tão mole e cansada, que vai lá vai!

 

Mais logo volto, para escrever  qualquer coisa mais interessante.

 

B'jinhos,

 

Fátima

24
Nov09

Semaninha doida... e ainda é terça-feira...

Fátima Bento

Não tenho tido tempo para nada, nem para vir ao blogue, nem para ir ao MSN (desculpa querida enigma)...

 

Uma amiga da treta é o que eu sou.

 

Mas hoje fui ao hipermercado - yeyyy!!!! Foi a primeira ez que trouxe as compras para casa de popó!! - e fui ao cinema.

 

E só tenhoa dizer uma coisa:

 

Meryl Streep.

 

 

 

 

 

...e Amy Adams...

 

 

Se ainda não viram, vão MESMO ver. Sublime. Daqueles que a gente trás no coração para casa.

 

Nota: filme de e para gajas. E nisso, a realizadora Nora Ephron ("Sleepless in Seatlle" e "You've Got Mail") é insuperável.

 

Bom, bom, BOM, assim mesmo, com maíusculas.

 

- pelo menos para mim =O))))

 

B'jinhos

20
Nov09

Bom fim-de-semana!

Fátima Bento

Ok, já estou recuperada - claro, né? O post de ontem foi escrito mal entrei em casa, ainda estava toda avariada.

 

E antes de mais quero agradecer a todos a força que me têm dado. Nesta altura, é muitíssimo importante!

 

E desculpem lá a tareia das descrições da condução, mas eu justifico: é que daqui a uns tempos venho aqui recordar... como eu já disse algures, é para memória futura.

 

E de resto, também não tenho nada interessante para contar; não tenho ido ao cinema, não tenho lido - estou encalhada com "O Homem que confundiu a mulher com um chapéu", ao mesmo tempo que "O Fantasma de Hitler", do Norman Mailler 

 

 

passa a noite a rir-se para mim ao lado da cama, e com o Hemingway aos pulos para eu o ver,

 

 

 

e eu ali, presa pelo Oliver Sacks... acho que vou mudar de livro, e recomeço este noutra altura, agora não me está mesmo a apetecer este tipo de leitura.

 

Segunda feira, se conseguir, vou ao cinema ver "Julie and Julia", estou em pulguinhas, adoro a Meryll Streep e também gosto da Amy Adams (a outro nível, claro).

 

 

Espero ir, mas se não for na segunda, vou algures outro dia da próxima semana. A diferença é que desta vez vou de carro, LOL!

 

E "prontus"... mais um fim-de-semana (vou para a autoestrada amanhã!) em que, fora o jantar na sogra, vamos ficar por casa - tenho de trocar a roupa de verão pela de Inverno, e vou passar o fim-de-semana a começar isso.

 

(os meus dias são mesmo pequeninos, r'áis parta a mulher!)

 

B'jinhos,

 

Fátima

19
Nov09

Fónix! Já está! BURRA!!!!!

Fátima Bento

Merda!

 

Pronto, o carro já tem a minha assinatura (assim, a verde e tudo).

 

Estou pior que uma barata: é que podia ter acontecido por azar, descuido... ná, foi por burrice mesmo. Fui dar ouvidos a quem não devia. Pode ser que daqui a uns tempos olhe para isto" e sorria, mas não me parece. Foi uma "mocada", que se não for pintado, vai criar ferrugem.

 

Tou arrasada.

 

Eu explico.

 

A Inês ia para casa do namorado, e como eu ia até à piscina do Tomás, que é pertinho, ofereci-lhe boleia. "Podes passar nos barcos?" "Posso". Pronto, lá fomos nós buscar o moço, e demos a volta, a caminho da Cruz de Pau. Para me facilitar a vida (!!!!!!!!!!!!!!!) decidi deixá-los na rua cima da casa dele. Estou à procura de lugar para encostar, e o moço diz-me: encoste aí, que é onde eu encosto quando venho deixar o X (sei lá eu o nome!). Pois, eu encostei, galguei o passeio e raspei num "pirulete verde" (é o que eu chamo aquelas merdas, presas por correntes, para impedir o estacionamento). Tau. É que o gajo tem um jipe e o meu caro é baixinho. E mesmo que não fosse, estupida, ali nunca se pára!!!!!!!!!!

 

Rebentei com a pintura do guarda choques do lugar do morto. F**da-*e! E correu tão bem a merda da condução! Eles espreitaram, e eu segui caminho. Segunda asneira: assim que tive oportunidade, parei e fui avaliar os estragos. Ahhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!! O Vitor vai-me matar, qu'a gente não tem dinheiro para mandar cantar um cego, quanto mais para pintar o c*b*ão do pára-choques do carro!

 

Entrei para dentro do carro, sentei-me, estacionei-o, e deixei-me ficar, a pensar na estupidez. Mas lá voltei a ligar o animal, e continuei o precurso que tinha decidido fazer hoje, mas completamente a tremer. A meio do caminho senti-me mesmo mal e pensei 'vou encostar, que não estou em condições de continuar a conduzir. Ou então vou deixar de pensar nisto e vou levar o carro até casa, que agora já não posso fazer nada'. Respirei fundo (tanto quanto consegui, que ainda agora não estou a conseguir respirar fundo), e agarrei o touro pelos cornos. Ainda dei uma volta para ver se conseguia lugar para encostar e ir comprar pão, mas era tudo muito apertado, e já tinha feito disparates que chegassem.

 

Lá refiz o caminho, três rotundas e casa.

 

Merda!

 

Estou para morrer! Eu sei que faz parte, mas enquanto o gajo não chegar e me der o raspanete da praxe, não sossego. Esperar é que é o pior. Agora, isto é aqui entre nós, que a ver se eu consigo ser valente e não me desmanchar - 'atão não, o gajo entra e eu desat a chorar, só pode. 'Tou aqui quietinha desde o incidente, só disse um palavrão, e mais nada. Até me custa respirar!

 

Vá lá estão todos a pensar que estou a fazer um dramalhão, e provávelmente estou. Mas custa muito, foi mesmo burrice pura! E eu hoje conduzi tão bem!

 

'Tou piurça!

 

Aprendi duas coisas:

 

1ª não dar ouvidos a ninguém, tenho cabeça, chego lá sózinha.

2ª não vou nunca avaliar estragos antes de chegar a casa. Olha dar-me a travadinha ao volante!

 

Porra.

 

Fátima (hoje não há b'jinhos para ninguem).

19
Nov09

Escandaloso, para dizer o mínimo!

Fátima Bento

Recebi isto hoje por mail. cabei de o ler e juro que estou arrepiada! Palavras para quê? Segue a transcrição do mail.

 

«Escandaloso: HUGO MARÇAL... JUÍZ... !!!
Digam-me que isto é mentira!!!!!

Este processo das crianças violadas vai mesmo ficar em "águas
de bacalhau".
É incrível a passividade do povo português face a este escândalo da pedofilia. Tem que se fazer justiça !

"Hugo Marçal está em vias de ser admitido a frequentar o curso
de auditor de justiça do Centro de Estudos Judiciários. O nome do arguido no processo de pedofilia da Casa Pia vem publicado no Diário da República de ontem, entre centenas de candidatos a frequentar a escola que forma os juízes portugueses.


Mas ao contrário dos outros, Hugo Marçal não vai prestar
provas....
Pelo facto de ser doutor em Direito - grau académico que terá
obtido em Espanha - está por lei «isento da fase escrita e oral» e tem ainda «preferência sobre os restantes candidatos». Resultado: o advogado de Elvas está na prática à beira de ser seleccionado para o curso que formará a próxima geração de magistrados! O nome de Hugo Manuel S. Marçal surge na
página 4961 do Diário da República, 2.ª série, com o número
802,na lista de candidatos a ingressar no CEJ. Se concluir o curso com aproveitamento e iniciar uma carreira nos tribunais - primeiro como auditor de justiça, depois...
 
 
Como juiz de direito!

Marçal terá também o privilégio de não ser julgado num
tribunal de primeira
instância.»
 
Lembram-se dele?
 
 
Eu não tenho palavras... e olhem que isso não é nada frequente em mim!
 
Fátima
 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D