Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

29
Abr10

Que perguiça!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fátima Bento

Bom, mais uma semana que se está a acabar, e eu dar notícias por aqui, nem por isso... tenho andado numa roda-viva, a greve dos transportes amarrou-me à profissão de chauffer de serviço, e depois foram reuniões e reuniões... resumindo, os meus cães das quintas fugiram todos! Um de cada vez, mas fugiram todos. Ranhosos!

 

Bem, e eu até queria vir aqui e botar assunto inteligente, mas digamos que estou com perguiça até para dissertar. Este calor repentino suga-me a energia até aos miolos. As gatas dormem refasteladas, e a mim não me apetece fazer nada, e o c***ão do pc aquece que é um disparate, e é uma chatice até cuidar das quintas!

 

 

Para falar, até tenho assunto: o livro que larguei a meio porque acho que estou a ter uma OD de Guillaume Musso, o livro que comecei, em inglês, o que vou começar ja a seguir - está a apetecer-me ler em português - os dois excelentes filmes que vi... e as compras no hipermercado, assinalando o mais caro de todos - a sério, saí de lá estarrecida! - e um que descobri agora com preços muito simpáticos.

 

Mais os trapos, pois, comprei umas pecitas numa lojinha do Almada Fórum, que além de serem muito giras, foram escandalosamente baratas.

 

Mas agora não me apetece falar em nada.

 

Vou descarregar a máquina da loiça, e meter a jeito as camisas de verão do marido, para passar logo à noite quando já não estiver calor.

 

Até ver, cheerio!

 

Fátima

27
Abr10

Para quem quer saber como está a Piccolina...

Fátima Bento

... digo já: está bem e recomenda-se, o terror da casa.

 

 

É a raínha cá do sítio. Rouba o lugar ás maiores, e é com-ple-ta-men-te estabanada. Ontem, estava eu a arrumar as compras do supermercado, e tinha vindo ao corredor buscar um pack de garrafas de água. Eis senão quando passa por mim, à velocidade da luz, uma saco plástico a correr. Zut! E continua a gostar de atirar tudo ao chão, mas uma coisa de cada vez, e fica a olhar para o objecto dois ou três segundos antes de atirar o seguinte. Anda tudo em polvorosa com sua excelência, e nós temos umas mãos de meter dó... todas marcadas dos dentinhos da criança. E desta não somos "pais", somos nítidamente "avós": deixamo-la fazer tudo!

 

Mas a unidade instalou-se, a Mia voltou a ser o mimalho que era (se calhar até mais) e a pedir festinhas e colinho, a Blimunda deixou de passar os dias no meu quarto sobre a minha cama, e agora dorme as tardes aqui no sofá - e já exige colo (sim, que quem vai fazer 17 anos e tem a sua fisionomia, não pede, exige). Claro que quando a Piccolina "tem a bateria toda carregada", não as deixa em paz, mas agora já lhe dão desconto... o lado B da coisa é que aparecem xi-xis e cócós em lugares estranhos... enfim, fazer o quê? Limpar, pois então!

 

Mas a criaturinha "enche uma casa" e não há grandes hipóteses de ficarmos tristes com ela por perto; mas se estamos tristes, ela "murcha"...

 

 

E é assim: brinca, brinca, brinca, e depois BUM, cai para o lado. Acima, ontem ao colo do Tomás. Abaixo, mesmo agora: brincou com a passadeira que tenho junto ao sofá, para evitar o desgaste do chão com os nossos sapatos, enrolou-a numa bola e... voilá!

 

 

Um promenor: continua com o olhinho vazio, vermelho vivo por dentro, mas não vai ser operada: não tem tido corrimento ocular, há já bastante tempo, e como ela "usa" as duas pálpebras como se tivesse olhinho - pisca, abre-as quando acorda, fecha-as quando adormece... - seria estranho habituar-se a ficar com a palpebra imóvel. E então, a lindona vai ficar assim.

 

Para quem já não se lembra do estado em que a adoptei, podem ir aqui (quando ainda era Audrey) e aqui ler/ver... e aqui podem ver fotos das três

 

Fátima

26
Abr10

Sim, eu também estou em pulgas para ver o Bublé!!!!

Fátima Bento

E para começar bem a semana, um videozinho que nos dá uma ideia do que passará no Pavilhão Atlântico em Novembro: o menino na Oprah...

 

 

A maluquice não é de agora... quem acompanha o blogue sabe que eu ouço Bublé há muito tempo. Aliás, segundo o meu filho "fogo, mãe 'tás sempre a ouvir a mesma coisa!" Bublé no Hi-fi... Bublé no MP3... Bublé, no carro... - também tenho tudo, tudo tudo o que ele gravou... e este último álbum, que primeiro estranhei e depois entranhei, que revela já uma faceta "deixa-me lá fazer aos tops da pop" - e que lhe valeu um grammy - é muito bom.

 

 

Doida, doida para ir fazer coro para o Atlântico. Ou para Londres... ele dá um concerto na Wembley Arena no dia dos meus anos, e a Inês quer ir comigo... a ver vamos como as coisas correm até lá =o)))) Aqui para o Atlântico, quase não há bilhetes. Estou a contar com um segundo concerto...

 

Vá, vejam lá o videozinho, que tem uma excelente qualidade, e boa semana!

 

Fátima

20
Abr10

Ele há cada um!!!!!!!!!!!!!!!!

Fátima Bento

 

Para quem não ouviu falar nesta notícia, morreram dois adolescentes numa "lagoa" formada por água de chuva acumulada num terreno particular no concelho de Sintra. Diversas crianças tinham, segundo os locais, o hábito de ir brincar para ali. No caso, terão escorregado, e apesar do alerta ter sido prontamente dado, foram recuperados já cadáveres.

 

Chamado a prestar declarações, o Presidente da Câmara de Sintra, Fernado Seara, assinalou o facto de existirem mais "lagoas" do mesmo tipo na zona, que serão agora dragadas. Mas apérola que saíu da boca do senhor, e que me fez arrebitar as orelhas e esbugalhar os olhos, foi a seguinte: aconselhamos, no entanto, as pessoas que não sabem nadar a não frequentarem estes lugares.

 

 

Hello?????!!!!!!

 

Desculpem lá, mas eu ouvi bem? E se ouvi, o senhor tem alguma coisa entre as orelhas, para além do brilho?

 

A princípal razão para alguém morrer afogado numa destas so called "lagoas", não é o saber ou não nadar! Façam lá um desenho ao senhor, e expliquem-lhe devagarinho, como se ele fosse uma criança de três anos: a areia ensopada não tem qualquer estabilidade, pelo que acaba por funcionar assim a modos que como areias movediças, yá??? o pessoal até pode nadar, mas acaba por ficar aflito, e como toda agente sabe, quanto mais se mexe, mais depressa vai ao fundo...

 

E depois, se nada do que eu disse acima fosse verdade, aos olhos do senhor presidente o que é importante não é o facto da lagoa lá estar vai para três anos, sem estar sinalizada, e sem que o proprietário do terreno o tivesse vedado... não! O que interessa é que quem não sabe nadar não pode ir para aqueles lados. Querem ver que o proprietário do terreno ainda vai processar a família dos meninos de 13 e 14 anos por danos morais e trespasse de propriedade? E querem apostar que um qualquer juíz até seria capaz de lhe dar ganho de causa?

 

Cada vez gosto mais de ver notícias. É um facto: estamos rodeados de políticos inteligentes e com as prioridades bem alinhadas...

 

Fátima

20
Abr10

Em modo de espera... para não variar muito...

Fátima Bento

 

 

É assim que estou, há mais tempo de que gostaria. A ver se as coisas mudam... raio de altura, com a miúda a ir para Cambridge, o miúdo a ter de suportar a "perda" da irmã, eu "de pernas partidas", tentar trabalhar agora seria mais uma perda para ele, que já está com os miolos a ficarem bem lixadinhos... e o resto, senhoras, ai e o resto...

 

Só me resta encher o saco de coragem e esperar por melhores dias. Já que de esperança já não o consigo encher...

 

Fátima

19
Abr10

ISTO:

Fátima Bento

 

Foi o meu fim de semana. Hoje de manhã quando acordei até me ardiam os olhos de tanto ter chorado (e eu sou daquelas que só choram se lhes arrancarem um dente a sangue frio... e ninguém me arrancou dente nenhum...)

 

Irra, que o que é demais, É DEMAIS!!!!!!!!!!!

 

Fátima

16
Abr10

Coco avant Chanel - porquê as lentes cor-de-rosa???

Fátima Bento

Vi ontem o falado "Coco avant Chanel".

 

 

Depois do que já tinha lido sobre o filme, e do que sabia sobre a biografia da grande mademoiselle, não era mesmo aquilo que estava à espera. Achei o filme demasiado romancedo, numa realidade com muito amaciador à mistura... verdade: vemos Gabrielle envolvida com o seu "protector", Etienne Balsan, coisa habitual na época, em que a mulher tinha duas hipóteses de futuro: ou nascia em berço de ouro e se tornava esposa, ou nascia numa classe social defavorecida e seria amante. Sem meios termos - nem falsos pudores. E uma mulher vingar nos negócios naquela época de virar de século era tão possível como ir à lua...

 

 

Verdade: vemos Chanel envolvida posteriormente com o inglês charmante, Arthur Boyle que impulsiona financeiramente a sua carreira. Deste, o grande amor da sua vida, ela será íntima durante anos, mesmo após o casamento do mesmo, até à sua morte num acidente de viação.

 

 

Ora Gabrielle Chanel não foi nunca mulher de ois homens só. Longe, muito longe disso. Na sua biografia contam-se inúmeros envolvimentos com homens e mulheres da época. Ao contrário do que nos é mostrado, a sua revolução de costumes, a começar pela roupa - calças femininas, passando pela roupa para usar na praia, etc- até à sua postura e forma de estar na vida nada  foi tímido nem pacífico. Chanel não era um carneirinho tímido, era uma mulher de ferro. No filme ficamos com a ideia que esse lado da sua personalidade emergiu com a morte de Boyle, e que a partir daí ela se tornou inabalável... não tenho dúvidas de que assim não terá sido...

 

Saliento:

 

Promenor a ter em conta: sendo que Gbrielle aka Coco Chanel não devia muito à beleza, e que Audrey Tatou é linda, conseguiram establecer um paralelo físico entre as duas, espantosamente inverosímil.

 

 

E a reprodução de cenas intemporais e de si registadas em fotos da época, como o assistir aos seus desfiles sentada no alto da escada,  são tão similares que chega a ser impressionante...

 

 

Ou seja, Coco avant Chanel será a biografia de uma Grande Senhora, políticamente correcta como ela nunca foi. Daí o meu leve amargo de boca quanto ao resultado final: acredito que não seria esta a adaptação que agradaria à Mademoiselle.

 

De resto, Audrey Tatou no seu melhor, num registo de cordeirinho perdido na perfeição, obedecendo às indicações do director. Toda a contenção dramática da parte final do filme, essa sim, a fazer jus ao espírito da Grande Dame, e ao talento de Tatou.

 

Fátima

 

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D