Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

25
Ago11

Hummmm, cheirinho bommmm (por enquanto*...)

Fátima Bento

Tenho uma peça-de-roupa-fétiche que há-de cair de velha - e acho que toda a gente tem uma, não é? A minha é uma camisa de noite que comprei na feira há não sei quantos anos, nem sei se já em escudos ou em euros, mas duvido que tenha custado mais de que €1, ou equivalente. Juro, há-de gastar-se, ter buracos e eu ainda hei-de andar toda pimona com ela vestida... volta e meia, lá vou eu toma café com a mãe das minhas sobrinhas, com ela vestida (não se assustem, moramos no mesmo patamar do prédio, lololol...

É uma borbotoada pegada, mas é:

a) fresquinha

b) fofinha (suave e molinha)

c) confortável

d) é que já um um bocadinho de 'eu'...

E há um nadinha fui apanhá-la ao estendal, onde passou o dia. Para além da sensação boooooa de a vestir, ainda tive o bónus do cheirinho a sol.

 

Já lá dizia o outro que as (algumas) coisas boas da vida (até/ainda) são de graça...

 

* Não tarda, que estas coisas são um instantinho, vem o inverno e a secadora recomeça a ser usada, e mesmo com as toalhitas Hyperdoux, o cheiro com que a roupa sai não é dos melhores...

25
Ago11

Experimentar para acreditar, é capaz de ser o lema...

Fátima Bento

Bom, eu não sou NADA dada às medicinas tradicionais. Isto até pode parecer incongruente para quem dá um enorme valor à meditação e gosta tanto de hatha yoga (e de uma modernice chamada body balance). Mas a verdade é que entre um tratamento homeopático e uma ida à farmácia buscar um 100% químico, nem penso duas vezes. Coisas...  

 

No entanto, há dias deparei-me com um produto novo que me despertou a atenção... sabem aquelas pulseirinhas anti-enjôo? Agora há uns adesivos anti-insónia que actuam por acupressão. E se há coisa que sei que é verdade, por exemplo, é a reflexologia... por isso, quanto à estimulação de pontos-chave poder fazer (algum) efeito, aqui a gaja, tanto compra a teoria como comprou os adesivos.

 

Agora deixem-me  inserir-vos no contexto em que os experimentei, ontem, pela primeira vez: acordei às seis e meia, e levantei-me espertíssima e cheia de energia. Um pouco antes das dez deitei-me e li um bocado e adormeci, acordando logo depois das onze. Às três fui para a praia com duas crianças (as minhas sobrinhas) e a mãe, onde estivemos duas horas com uma ventania dos diabos, daquelas que, apesar de não nos fazer comer areia, nos deixa ainda mais cansados de que a praia com crianças pequenas só por si, já faz...

 

Ou seja, quando cheguei a casa, quase, quase que estava pronta a ir para a cama...

 

E resolvi experimentar os adesivos, eram assim nove e meia quando os coloquei, um em cada pulso, com o meu marido com olhos de basset hound 'isso quer dizer que te vais deitar já?' e eu 'ná, nem pensar!' 'mas eles dizem que para colocar 30 minutos antes de deitar...' e a gaja, a inventar '... pelo menos...'

Eu até admito que o poder da sugestão é obra (olh'aí os estudos com placebos para comprovar a teoria...), mas a verdade é que às dez e meia dei comigo com uma moca 'das antigas'... estava tãããão relaxada que me deu para dizer piadas-sem-piada e de me rir à brava das mesmas... (escuso de me humilhar mais que já perceberam a ideia, não já? Obrigada). E lá fui eu para a camita, onde li mais um bocadinho, e depois apaguei as luzes e... não adormeci logo (não desliguei o alarme-do-vitor-que-ainda-há-de-vir-deitar-se, parva...), mas fiquei sem pensamentos escuros - e acho que é comum a todos que os pensamentos sombrios escolhem esta hora para 'atacar'. Acho que adormeci antes do gajo se deitar... e hoje acordei eram oito. Dormi como um bebé*. Fui à casa de banho, tirei os adesivos, e fui-me deitar mais um bocadinho. Adormeci!!!! Uau!

O tratamento é para fazer durante dez dias, e depois ir alternando noites com adesivo, com noites sem. Ou seja, eu vou levar a coisa até ao fim. Depois conto como foi... neste momento, estou positivamente admirada - ainda para mais, quando dizem que leva de sete a dez dias a começar a fazer efeito(!!!)

 

* eu tomo um ansíolitico e um anti depressivo, ambos de baixa dosagem, visto estar a fazer o desmame, à noite. Ontem também os tomei, óbviamente, mas a diferença é que o tempo de espera até adormecer, desapareceu, e como disse atrás, não surgiram pensamentos obscuros, presença habitual nesse espaço de tempo. Hoje o ansiolítico, como previsto, vai ser reduzido para metade. 

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D