Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

08
Set11

A todos os que mostrarm a sua empatia: obrigadinha!

Fátima Bento

Ora pois que ontem o pai foi operado pela segunda vez em 54 dias, mais hora menos hora.

 

Querem saber se correu bem? Querem saber como está? Não me parece.

 

De qualquer maneira, quero agradecer os comentários de 'força!' que me deixaram aqui no blogue - 'per'aí, não tive nenhum... - as mensagens e comentários no facebook - per'aí, nem unzinho! - os emails que recebi a mandar boas vibrações - eh pah, só recebi emails com publicidade... - as sms que NÃO recebi enquanto estive no hosiptal, e as vezes que o telefone NÃO tocou. Tirando a minha irmã, o maridão e o Tomás (mais a Inês, mas para outros assuntos) nepes.

 

Por isso, estou sensibilizadíssima com o interesse e cuidado demonstrado por todos os meus amigos e amigas. É nestas alturas que a gente não só descobre que uma mão chega para contar os verdadeiros amigos, mas também que sobram dedos com fartura...

 

 

Bem-hajam!

07
Set11

Cirurgia, take 2

Fátima Bento

E neste momento, quando este post está a ser publicado pelo nosso amigo batráquio, aqui a menina estará algures num qualquer ponto da linha abaixo:

Mais no início, mesmo. E depois, claro, dependendo da hora a que se derem ao trabalho de abrir esta pagina e ler estas linhas, estarei mais à frente ou na linha de chegada. O regresso, esse, será lá mais pela madrugada dentro, se se repetir o horário da última cirurgia... sim, o e pai vai ser outra vez operado...

 

Se eu vou dizer mal do médico? longe de mim tal isso, ainda dava azar à coisa... as minhas impessões serão transmitidas à posteriori. Prometido.

 

Agora, irei no bólide à'celerar por'í abaixo, acompanhada do material do costume: o portátil, com a primeira temporada inteirinha da Gossip Girl, p'a matar o tempo e lavar a vista (estou, obviamente a falar da roupa e da cenografia, duh!), a máquina fotográfica, qu'isto nunca se sabe quando surge um instantâneo interessante, o MP3, as revistas (três toneladas e meia) e um ou dois livros. Para além disso, paracetamol (para prevenir qualquer enxaqueca), iogurtes daqueles com cereias, e bolachas daquelas muita boas, Fruit & Form de frutos vermelhos. E mais um ou dois iogurtes líquidos. Senão não ganho para o que vou comer (já bastam os cafés que vou consumir ao longo do dia...)

 

Planos? Já sei que vou fazer o check incom o meu pai, e depois correm comigo até às 15 horas. O que me dará três horas para dar umas voltinhas... ná, não quero ir ao templo de Diana, que já trato por tu, nem à Capela dos Ossos pela mesma razão... lembro-me, no entanto, vagamente, de um jardim bonitinho... mas no fundo, vou mesmo à descoberta, a ver se não me perco muito, senão o homme preocupa-se se a menina aparece muito depois das três.

 

Depois, fico com ele até ir para o bloco. Isto, claro, se não estiver lá aquando da minha re-entrada no hospital (o que era muito bom, que não me agrada a ideia de me meter à estrada depois da meia-noite, ainda para mais auto-estrada, que dá sooooono... as áreas de serviço são tooooooooooooooddaaaassss minhas!)

 

Portanto, este é o programa das festas desta quarta-feira. Depois dou novidades.

 

05
Set11

Então e essas arrumações, mudanças, e coiso?

Fátima Bento

- perguntam vocês todos, solidários e bem dispostos?

 

A-ahnnnn... bom, está tudo mais ou menos na mesma como quando escrevi o post anterior ao da sesta. Yá. Comprei hoje a cadeira para a secretária do puto (sabem, aquela que não há maneira de sair do meu quarto? Essa mesmo!), e está na bagageira do carro, que não vou trazer mais uma caixa-empata cá para cima. O miúdo em pulgas que quer a secretária, e a cadeira montada, e tutti-tutti, e eu com vontade de puxar os (meus) cabelos, gritar, desatar a fugir porta fora e voltar daqui a três quinze dias... 'tou tãããããããoooo sem pachorra que nem vos digo nem vos conto... mas, meus anjos, tenho de me pôr a isso, que amanhã a coisa tem de estar feita, já que quarta não estou cá - e quinta é como se não estivesse... estar até devo estar, mas mais para lá que para cá...

 

Bahhhhhh!

 

Bom, vou fazer os wraps p'ó jantar, e a seguir botar unhas à enchada, como dizia a senhora do (melhor) anúncio da Compal (de sempre!), e pôr-me esperta.

 

Mas antes, vou ver o que o AXN e o FOX estreiam hoje.

 

(hão-de reparar que os P's têm tendência a desaparecer dos meus posts. Não me perguntem porquê, que eu cá não sei...) 

04
Set11

Por aqui, dorme-se assim...

Fátima Bento

... em dias bons. Em dias menos bons, se for de tarde, a Piccolina corre com a Mia, se for de noite, é ao contrário: a cama é território de cada uma em horário pré-determinado por suas excelências, sem qualquer intervenção dos donos/pais/avós (riscar  que não interessa).

 

 

A cama é, obviamente, larga, e eu estou na ponta do lado esquerdo, elo que cabe assim quase uma pessoa e meia atrás de mim... e daí?, perguntam elas... e eu fico com a alma cheia de sol, quando acordo assim, ou parecido... que é que querem, a minha vida era bem mais árida sem elas...

04
Set11

Parabéns a você...!

Fátima Bento

Não gosto de lembrar a minha adolescência, e os 16 estão bem no meio. Não era feliz. Prontx.

 

De qualquer maneira, nem é bem por isso que estou aqui a (não) responder ao desafio; é mesmo, mesmo, para dar os parabéns a Sapo.

 

PARABÉNS! ! ! ! !

 

 

02
Set11

Update das re-decorações/organizações/arrumações/limpezas cá de casa

Fátima Bento

Os senhores do cabo vieram no dia e à hora marcada. Haviam pequenos montinhos de knick knacks espalhados um bocadinho por todo o lado - até parecia que eu ia fazer daquelas queimadas que se fazem nos terrenos... - e uma pilha de camisas do Vítor bem no meio da cama. A sala parecia um cenário do 'A Estrada', do Cormac McCarthy - passado num cenário de pós apocalipse... valeu-me a gata para distrair os técnicos (a Mia, que a Piccolina tem pavor de pessoas, e pufff, desaparece...). No entanto, para mim que fucei ali que nem uma condenada, a diferença é abissal - como os outros, os-que-não-fuçaram-mas-vivem-debaixo-do-mesmo-teto, comprovam. A secretária, por decisão do cônjuge (dado que é ele que vai alambar com ela) vai ser mudada amanhã. E aí, ai-ai-ai, que vou ficar com a caixa ATI e todos os cabos que dela saem (e não saíam...) 'a céu aberto'. Até comprar a p*t@ da cadeira aquilo é aterrorizador. Acho que vou comprar uma tela e atirar-lhe com uns salpicos de tinta, por forma a encostar e tapar aquele emaranhado, sei lá... mas de certeza que vou arranjar um daqueles enroladores de cabos em espiral, para conter o caos ao mínimo... arrghhhh!!

 

Neste momento, parece que o 'Irene' foi desviado para estas bandas. Com tanta atenção concentrada no quarto, as restantes divisões... não é que tenham melhorado... muito antes pelo contrário...

 

Por isso, o programa das festas segue da seguinte forma:

 

Amanhã:

- tirar caixas de cartão do fundo da cama, por forma à secretária poder passar;

- tirar a secretária que está no quarto do puto e levar para o lixo;

- levar a do meu quarto e colocar no seu novo lugar;

- recolocar as caixas n fundo da cama...

 

E a seguir, sala.

 

- selecionar mais papel para levar para o papelão - as revistas já são tantas que qualquer dia tenho de chamar uma grua...

- pegar nos últimos livros resistentes que se conseguiram esconder da minha pessoa, e levá-los para o escritório - vá lá, não são assim tantos, ainda cabem  (acho eu) sobre a secretária...

- guardar o edredão (era para ser a vácuo, mas acho que nesta altura, já não vale a pena...)

- pôr o aquecedor (sim, leram bem, ainda está aqui na sala...) na marquise, ou levar para a despensa...

- arranjar maneira (nada, mesmo nada simples...) de colocar as caixas com sapatos dentro do roupeiro [memo para mim: fotografar os sapatos para colocar as fotos nas caixas, asap];

- libertar a cadeia do corredor(prontx já me estou a dispersar. Eu ia na sala, para onde é que o corredor foi chamado????)

- colocar os dvd's todos dentro de uma caixa e levar para o escritório (devo achar que o escritório é de elástico...)

- Transpôr a tralha (famosos knick-knacks) da sala para dentro de uma caixa. Ou duas...

- e pronto: limpar e aspirar a coisa, trocar a cobertura do sofá, et voilá!

 

Já deu para perceber que quando eu abrir as caixas para arrumar os knick knacs todos vou ficar maluquinha, não deu? Certinho! 

 

 

A solução é abrir UMA caixinha POR DIA, ou dia sim, dia não... e com um saco preto, de lixo, ao lado...

 

Depois... bom, depois da sala, vou mesmo para o escritório. Dead line: sexta-feira, 30 de Setembro. Dia 2 de Outubro faço anos e quero escrever o post de aniversário já à secretária, com uma bela de uma foto de moi, in loco.

 

Eu vou-vos pondo a par... e com isto tudo, o blogue novo continua a marinar... é que o tempo não chega para tudo, lamento...

 

01
Set11

R'áis parta o Facebook, e quejandas!

Fátima Bento

Telemóvel. Quem me segue, sabe que não gosto, e que 75% das vezes não ando com. Nos outros 25%, há uma grande hipótese de:

a) não o ouvir tocar dentro da mala (se for clutch, 'inda se safam);

b) tocar quando estou a conduzir, e eu não uso auricular, qu'os fios dão-me nos nervos... (hei-de comprar um blue tooth... um dia destes...);

c) que me telefonem quando estou a atender outra chamada, e eu com chamadas em espera sou uma g'anda naba;

d) que acertem numa altura em que, vá-se lá saber, 'tou sem rede;

e) ficar sem bateria.

Ou seja: há 5% (num dia bom) de hipóteses de eu atender uma chamada.

 

Mas eh pah, prontx, o telefone é o telefone, e eu é que sou esquesitóide, e coise... agora o facebook é uma doença.

 

Olh'aí o diálogo:

 
É fictício, pois é, sou eu a falar comigo própria, mas este 'diálogo' espelha uma mão cheia de outros. Ó canudo! Volta e meia, tipo, duas ou três horas longe do pc, e 'fónix, deixa lá ir ligar o computador para abrir a merd@ do facebook, a ver se alguém precisa de mim para alguma coisa' - pode ser uma amiga para tomar café, pode ser a minha filha a pedir para ir ao msn... pode ser uma montanha de coisinhas que Antes do Fb a gente tratava sem p@neleirices, e agora... tecla. Eh pah, querem ser tecnológicos e premir teclas, mandem sms! É que das sms, eu até sou adepta: são curtas, diretas ao assunto, não é preciso encostar a carroça para atender, e não se perdem. E NÃO É PRECISO LIGAR O MASTODONTE PARA LER 'Segismunda gosta do teu estado', quando o meu estado nem é estado nenhum, é uma qualquer notícia que partilhei, que coisa!
 
Gosto de gadgets. Gostava de ter um IPad, para poupar um porradão de árvores (a quantidade-quase-impressionante de revistas que compro mensalmente), e, eventualmente, muito de quando em vez, tentar ler um livrito daqueles que não faço qestão de ter (são muito poucos, mas enfim...), mas A DOENÇA DESTE SÉCULO está a fazer-me passar dos carretos. Oh pah, quando eu era gaiata não tinha telefone fixo em casa - o meu pai tinha na loja, e chegava. À hora do jantar, era ouvir as mães debruçadas nos peitoris das janelas a chamarem as Teresas, Isabéis, Rosas, Fátimas a casa, para comer. Não havia cá a Lady Gaga aos berros seguida de um "sim, já vou, mãe!" nem uma 'pah, vem jntr JÁ k sn fcs cstg rst smn'. Queria tomar café, ia à porta da 'escolhida', tocava à campainha e se havia intercomunicador: 'queres vir ao café?', se não, era cá de baixo, dentro da escada: 'OLHA, QUERES VIR AO CAFÉ?' Querem melhor e mais saudável? Até 'abria os pulmões', como diziam as nossas avós!
 
Agora já não. A gente adapta-se, claro. Mas quando a nossa amiga que mora do lado esquerdo nos envia uma mensagem a nós, que moramos no direito, pelo facebook a perguntar se queremos ir almoçar com ela... ó melher, bate à porta, que pode acontecer que eu só ligue o pc quando for a hora do lanche - e foi o que fizeste, senão ainda estavas à espera, lol!
 
Modernices!
 
('tou a ficar velha...)
 
P.S: amiga grande, foi só um exemplo, adorei almoçar contigo! =o****

Pág. 4/4

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D