Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

12
Out11

Bom demais!

Fátima Bento

Há uns dias atrás, na Fnac, à procura de um Cd para dar de presente a um amigo, tropeço nesta maravilha:

O melhor de três mundos!

Tem Cetano – Saravá!

Tem Roberto Carlos – Saravá!

A interpretar o Grande Tom Jobim!

É quase, quase bom demais para ser verdade! Hmmmm, que delicia!

12
Out11

Meditação: pequena introdução, perguntas frequentes, exercício simples

Fátima Bento

Fartinhos que estamos de ouvir falar em meditação, yoga, e essas práticas orientais, certo? Errado. Neste momento, em que o stress e a ansiedade parecem ter vindo para ficar, a meditação É uma excelente forma de encontrar alguma tranquilidade, quiça ter uma maior qualidade de vida...

Deparei-me, à pouco tempo, com uma sugestão de exercícios de meditação a que apelidaram 'meditação para os cinco sentidos', e que é fantástica, e por isso não posso deixar de partilhar convosco!

 Então, antes de mais nada, vou tentar responder às perguntas mais frequentes... 

Não consigo meditar, mal fecho os olhos a mente inunda-se de pensamentos, e mal consigo manter os olhos fechados!

Isso é comum, e espectável. A solução? Disse-me, há uns anos um monge zen, que a ideia é deixar os pensamentos à vontade, não tentar segurá-los, nem calá-los. Deixá-los estar. Idealmente acabam por se tornar uma musica de fundo. E se não tornarem também não faz mal: a meditação é um 'work in progress ', que melhora com a continuação. Um truque: concentre-se na sua respiração, e deixe os pensamentos em paz. Se estiver deitado, ponha uma mão sobre o peito e outra sobre a barriga. Inspire profundamente, enquanto tórax e barriga se enchem de ar, e expire enquanto os sente esvaziar.

 

[As crianças respiram com a barriga,  e isso é muito mais saudável. Depois crescemos, toca de encolher a barriga e respirar com o diafragma. A respiração feita desta forma profunda, acaba por massajar os órgãos do interior, o que é bastante benéfico]. 

Não sei como hei-de fazer, qual a maneira correta de meditar... sentada em posição yogue, ou deitada? É preciso musica zen, incenso, essas coisas?

Não existem fórmulas: isso é um pressuposto passado pelos filmes, e demais informação visual. Deve meditar na posição que lhe for mais confortável. Pode ou não usar musica quando medita, podendo esta ser ou não ser 'zen', desde que o descontraia. Quanto ao incenso, é como a musica: pode ou não usá-lo...

Então como faço para começar?

Em primeiro lugar, tire 20 a30 minutos sem interrupções. Pode fazê-lo de manhã, antes que todos se levantem, ou à noite, depois dos miúdos se deitarem. Ou num qualquer momento que consiga tirar só para si. Tenha roupa confortável vestida – quero com isto dizer, que não aperte. Escolha a posição que lhe é mais confortável: sentada ou deitada? Se sentada, em posição de lótus ou nem por isso? Não interessa muito – desde que mantenha a coluna alinhada/direita e se sinta confortável. A presença de musica pode ajudar a dissipar ruídos exteriores e interiores – pode concentrar-se na musica, enquanto observa o bailado dos seus pensamentos. Importante: Não tente calar os seus pensamentos, mas não lhes dê importância.

E pronto, se quiser experimentar, passo a sugerir os cinco exercícios de meditação de que falei atrás. Vou fazê-lo, um a cada sexta-feira, durante cinco semanas no blogue On a budget – tente encontrar20 a 30 minutos no seu fim-de-semana para experimentar. E conte o que achou, pergunte, ponha duvidas.Esta sexta-feira, estará lá o primeiro, prontinho a usar.

Daqui até lá, fica a sugestão para se iniciar ao deitar, como forma de induzir o sono... se sentir que ajuda, ligue oMp3 com uma musica tranquila, num volume que lhe seja agradável.

Deite-se de barriga para cima. Braços ao longo do corpo. Concentre-se na sua respiração. Sinta que o corpo fica como que adormecido, começando nos pés, pernas, mãos, braços, bacia, coluna – sinta a coluna a des-con-tra-ir – nuca... ombros e cabeça. Sinta os seus órgãos internos – intestinos, estômago, descontraídos. Deixe-se ficar assim, respiração calma, tranquila e pausada. Agora imagine uma luz, da cor que preferir, a envolver a sua cabeça, e a estender-se pelos ombros, peito... envolvendo-a como que num casulo de luz. E essa luz fá-lo ficar mais tranquilo, e os problemas e preocupações ficam fora desse halo, e qualquer dor é curada por ela. Deixe a seu mente escolher uma memória particularmente agradável e reviva-a. Ou escolha um local aprazível e imagine-se lá, os cheiros, as cores... Depois comece a 'voltar', devagarinho. Pode contar até dez para dar a sua experiência por terminada.

Adormeceu a meio? Não se preocupe, funcionou, não funcionou?

Contem, dêem feed back! E na sexta, 'meditação com os cinco sentidos: a vista', no On a Buget – sendo que pressupõe a presença de uma flor... e mais não digo =o)

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D