Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

07
Nov11

O que eu aprendi desde dia 22 de setembro até dia 4 de novembro (e vou continuando a tirar conclusões e a aprender todos os dias...)

Fátima Bento

Em primeiro lugar,uma ressalva: apesar de ter sido difícil c'umó caraças, eu sei que voltando atrás fazia o mesmo. Não há nada por que a gente passe que não nos faça crescer

(ainda que seja para os lados, lolol)

por isso, terá tido importância, sem qualquer dúvida, na minha vida.

Agora, fazendo o ponto da situação, o que aprendi?

  • o dia tem muito tempo. E a gente consegue fazer tudo o que precisa (fora exceções, que acabam por confirmar a regra), desde que ordene as prioridades e se organize em volta as mesmas,
  • A gente atira tanto tempo pela janela que até arrepia. E atenção que eu acho que o tempo em que não fazemos nada por opção, não é tempo deitado fora... 
  • vendemo-nos barato - não estou a falar em dinheiro, mas da consciência que não temos nas nossas competências;
  • atiramos sonhos fora, ou trancamo-los em gavetas até ganharem bolor, ou musgo, ou qualquer outra coisa que advenha da não manipulação dos mesmos, quando os devíamos pôr num vaso, ao pé de uma janela ensolarada, e regá-los com toda o carinho e cuidado por forma a não os afogarmos, nem os deixarmos secar de desesperança;
  • auto-boicotamo-nos por princípio, salvaguardadas as devidas exceções, que são uma pequeníssima minoria.

Ou seja, tudo isto podia estar assim escrito na primeira pessoa, mas tenho consciência e que NÃO SOU a única a padecer de falta-de-confiança-crónica-ou-será-antes-preguiça-ou-ainda-medo-muito-medo-de-até-ser-capaz... 

Por isso, agora que atingi o 'nirvana' no que diz respeito a esta consciência oficialmente desperta, quando conseguir fazer o meu sonho dar flor, darei ainda por mais bem empregues aquelas 301 horas vazias...

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D