Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

10
Mai12

Feira do livro e eu tão desprovida de cash flow...

Fátima Bento

Recebi um mail da Fnac a divulgar a 'feira do livro fnac'

Problema-que-não-devia-ser-problema:

  
Cada um a €10,74 ao inves de €17,90. 
E sendo eu fã do senhor até ao tutano, ainda me faltam uns quantos para a 'prateleira Lobo Antunes' - e estes três ficavam lá tão uíndos...
Pois, mas estamos em crise, menina. Escolha lá um e cale-se, sim?
E espere mais uma semaninha, ou assim, que ainda vai a tempo...
(**chuinf...**)

09
Mai12

Mudanças de planos...

Fátima Bento

Planos para hoje:

  • escrever um bocado;
  • tratar da cozinha;
  • desentralhar o meu quarto;
  • pôr roupa a lavar, estender, apanhar, dobrar;
  • escrever mais um bocado.

Então vamos rever a lista:  

  • escrever um bocado; DONE!
  • arrumar a cozinha; AINDA NÃO...
  • desentralhar o meu quarto; SUPOSTO COMEÇAR ÁS 15h.
  • pôr roupa a lavar, estender, apanhar, dobrar; A LAVAR, JÁ ESTÁ... 
  • escrever mais um bocado; LOGO SE VÊ...

Real deal: o Tomás chegou da escola, hoje é quarta, tem a tarde livre.

- Mãe, está um dia tãobonitotãobonitotãobonito, hoje vamos sair.

Certo. Vamos. Vamos panhar sol na moleirinha {#emotions_dlg.sol}. Lá se vai a tarde, paciência 

OH VIDA DURA!!!!{#emotions_dlg.style}

09
Mai12

Um post sobre coisas que não têm nada a ver umas com as outras

Fátima Bento
- Gosto dos Blogues sem gestão de comentários. A gente faz um, clicamos em publicar, et voilá, podemos ver as calinadas todas que mandámos, pormo-nos de joelhos e num comentário extra, pedir ao autor para apagar o anterior e deixar só o seguinte, que será uma cópia do primeiro, mas lindinho e corrigido...
Honestamente, é aborrecido ter os comentários moderados, mas já tive experiências do arco-da-velha, e como compreendo quem o faz. E sei que é uma chatice para quem é novo e passa por aqui, ter de passar pelo processo de aprovação do mesmo... estou a ponderar alterar a coisa. 
- A PONDERAR.
- Bom, já corrigiram aquela coisa da temperatura no google. Amanhã sobe para 28º, e sexta desce para 26º. Assim sendo parece que na sexta sempre vou a Setúbal com o puto, que quando ontem lhe disse que no can do, conduzir Seixal-Setúbal-Seixal com os primeiros 33º do ano+a minha tiróide, no way jose, deitou-me um olhar que me ia comendo... já aqui o Sapo mantém os 28º a partir de amanhã até domingo, quando desce para 27º...
- Obrigado ao Pedro, do 'Blog dos blogs' do Sapo por me ter centrado o cabeçalho.
(eu estava a ir por tentativa e erro, mas estava a ficar cada vez mais baralhada, e 'emburreci'.Obrigada também a 'inspiraumdiário', que também me tentou ajudar... mas eu já estava burrinha...)

08
Mai12

Ídolos - Britains Got Talent 2012

Fátima Bento

Eu vejo o Ídolos.

EU sigo o Ídolos - mas desta vez não andava muito convencida... até enunciarem o júri. 

Que ao que tudo indica, era para estar sentado da seguinte forma:

mas devem ter achado que a próximidade entre o Pedro eo Manel não era segura, e baralharam e tornaram a dar, desta feita com segurança.
No entanto não foi para falar do Ídolos que estou neste momento, aqui: é para falar de um primo distante, mas não muito: o Britain's Got Talent, que está para o Portugal Tem Talento como o Ferrari p'a Renault 4...
Bem, eu pelo-me pelo concurso... e este ano já aqui pus dois clipes, nomeadamento do Charlotte & Jonathan
Ontem foi a semi final em que estiveram presentes. Eis a sua prestação:

The new Pavarotti and friend {#emotions_dlg.pimp}

JÁ GANHARAM.

Digo eu...

 

08
Mai12

Fónix!!!!!!! Queriam Verão não queriam (por mim falo...)

Fátima Bento

Cheguei agora a casa. E venho morridinha da silva: desde que saí às duas, até agora, o calor trepou.

Ontem, a temperatura máxima foi 18º (isto é o que dizem, eu ontem passei o dia de roupão, o que quer dizer que não saí de casa).

Neste momento, diz o google, aqui estão 21º - custa-me a crer, mas está bem.

Amanhã subimos mais dois graus... 

Quinta, subimos mais 5º em relação a amanhã - mais sete que hoje.

sexta mais 5º em relação a quinta: 

- mais 12º que hoje -

!! DOZE !!

em três dias.

A minha solidariedade vai toda para quem trabalha em ambientes sem ar condicionado... eu cá JÁ SEI que não me mexo na quinta, quanto mais na sexta...

Se o tempo se mantiver, lá para segunda estarei na praia, de certezinha (yeyyyyyyy!!!!!!!)

 

08
Mai12

NailsMeeting Sunset Party: faltam só dois dias!

Fátima Bento

Pois é, faltam só dois dias para a

Girls Sunset Party na NailsMeeting! 

E há lá coisa melhor de que conhecer um espaço novo e agradável, descobrir as cores mais fashion para esta estação acompanhadas por uma equipa simpática e disponível, enquanto tomamos um cocktail e desfrutamos do som apresentado por um DJ? A atriz Andreia Diniz, embaixadora da loja, não vai faltar!

Para além de tudo isto, com a vossa presença habilitam-se automaticamente a um vale de €50 em serviços no espaço! E quem é que não quer miminhos, quem é????
Por isso não se esqueçam: levem as amigas, a mãe ou a filha, e quinta-feira dia 10, às 18:30 horas, apareçam na loja na Av. 5 de Outubro, Loja 12 E/F, em Lisboa.
E para aguçar mais o apetite, podem ir ao site da loja, aqui, e ficar a 'conhecer' melhor o espaço...
Por isso, toca a aproveitar o bom tempo (é que dão qualquer coisa como 28º e solinho...), e vamos encontrar-nos todas lá na quinta-feira!
P.S. Vai ser distribuída uma ficha para o sorteio, em que vai ser solicitada menção ao blogue onde tomaram conhecimento do evento. Podem usar 'Diário de uma dona de casa' que é capaz de ser mais fácil {#emotions_dlg.blink} ...
 - E se quiserem, podem deixar-me nos comentários um 'eu vou', se for o caso.
A não perder!!

07
Mai12

Os 21 anos da Inez: uma história de AMOR

Fátima Bento

É que disto, só mesmo nos filmes...

 

Pois e é que a Inez tem um namorado com N maiúsculo. Senão atentem na estória que se segue...

- Por Ryan Michael Kiriacou

 

«A Inez disse-me há uns dias atrás: "Estou quase a fazer anos, tu PODIAS comprar-me um bolo, ou, ainda melhor, podias FAZER um, se gostasses mesmo de mim...?" E eu pensei para comigo: ah-ah, desafio aceite

Então pensei, os dois gostamos de xadrez  e xadrez por si tem um significado especial para nós, vai daí pensei: VOU FAZER UM BOLO-XADREZ... aqui está o que encontrei para me inspirar: 

Saí e comprei uns destes:
E a seguir fui a net comprar umas formas para fazer as peças de xadrez em chocolate
Derreti as barras de chocolate
Usei as formas e fechei-as no frigorifico para  solidificar

Agora: eu nunca fiz um bolo antes... e não era desta que ia começar a serio... por isso resolvi saltar uns passos e usar brownies em vez de pão de ló... sou assim muita maluco, tão a ver?... ADIANTE

Bommmmm, nesta altura eu não estava muito satisfeito com a altura e fôfura com que tinha saído do forno... as coisas não estavam a sair como planeado... mas nada temi... como sou completamente passadinho resolvi não mais fazer um bolo normal... NÃO SENHORES... eu ia fazer... UMA MONSTRUOSIDADE!!!

Então entrei neste grau de insanidade, e qual Frankestein cheio de criatividade-pasteleira-louca, comecei por tirar o meu primeiro brownie do tabuleiro, para poder...

FAZER MUITOS MAIS... e, AH POIS... aquilo é um frasco de Nutella - mas como podem ver é o maior que vendem!!

Assim, fui pondo um por um, em camadas com quantidades ridiculas de Nutella entre cada uma (as gajas adoram Nutella)

E já agora, há quatro brownies nesta foto {#emotions_dlg.tongue}já coladinhos com Nutella...

MAS QUATRO BROWNIES....... NÃO SÃO O SUFICIENTE!!!!!

POR ISSO FIZ UM QUINTO... 

E CONTINUEI A COLAR COM NUTELLA

E DEPOIS USEI AÇUCAR DE PASTELEIRO... per'aí... não foi assim... o que fiz a seguir foi:

PÔR MAIS NUTELLA!!!!!

E MAIS NUTELLA!!!!!!!

E NESTA ALTURA O BOLO MONTRUOSO ESTAVA FEITO... mas... não acabado... a seguir eu...

Apliquei-lhe a cobertura e fiz mais umas quantas maluquices... agora, LEMBRAM-SE

DISTO?
O que se segue NÃO É isto...
É isto... e eu sei que ela vai adorar!!

Porque foi todo feito por mim, e foi o meu primeiro bolo e...

É parecido o suficiente»

 

Se isto não é amor, é o quê?

Parabéns, filha, pelo 21º!

A ver se ultrapassas d'uma vez os b'day blues!

 

06
Mai12

Et vive la france!

Fátima Bento

François Hollande é o novo presidente de França.

Ou será, quando tomar posse daqui a dez dias.

E isso é bom, perguntam vocês?

 - é pá eu cá não faço bem ideia, mas a ideia do espaço schengen se manter como está deixar-me-á (se o  presidente não se armar em Coelho dos Passos e der o dito por não dito de cada vez que diz alguma coisa) muito contente.

É que é assim: aqui a menina já foi à disneyland, pois foi. E pôde sempre ir a Paris se tal me aprouvesse. E ao resto do país se me desse na telha.

SE Sarkozy levasse em frente a ideia de restringir o espaço, Não!) estou a ver-me a lá voltar, de visto em riste em que constaria, por exemplo:

"Vale uma viagem em Navette com o percurso Roissy Charles de Gaulle-(nome do hotel)-Roissy Charles de Gaulle.

Este visto tem a duração de seis dias a contar do momento em que entrar no espaço aéreo francês, e até sair do mesmo.

A circulação ficará pois restrita ao precurso mencionado e à estadia no Disneyland Resort, sendo no mesmo, livre".

Lindo! E o que isto faria pelo turismo (o problema era deles, duh!)? E não só, a gente saía de espanha, e da europa, saltava por cima da frança, e voltava a entrar na europa. Ainda eu me queixei da pedantísse da fronteira inglesa! Irra!

P.S:antes que alguém me chame burra, tenho duas coisas a dzer:

Eu sei que a europa e o espaço scengen são scoisas diferentes... mesmo com a ideia do sr Sarkozy posta em prática, a França continuaria NA europa;

Este visto é puramente fruto da minha imaginação.

Mas que a ideia do sr Bruni é uma  grande merd@, ah, isso é mesmo.

 

 

 

 

 

 

05
Mai12

O dia da (que se esforçou e esforça todos os dias para ser) a melhor mãe do mundo

Fátima Bento

"É normal, nestas idades".

Disse esta frase vezes sem conta ao meu marido, a respeito do comportamento dos adolescentes cá de casa. Agora a frase 'boomerangou' e é ele que ma diz.

Toda a gente (certo?) que segue/lê este blogue sabe que eu decidi ficar em casa a acompanhar o crescimento e a educar (quando era altura)/ balizar(quando passou a se altura) a educação dos mesmos. Atirei qualquer remota hipótese de eventual carreira borda fora, e fiquei aqui a estimular as crianças, a apoiar, dar beijinho no dói-dói, a repetir vezes sem conta o fantástico, inteligentes e brilhantes ambos sempre foram, sempre que era mais ou menos óbvio que era necessária uma dose extra de autoestima.

Nunca me arrependi da minha decisão.

Mas não vou mentir: há momentos - sempre houveram. Momentos what if?

Conhecem o filme 'Instantes decisivos/Sliding doors', em que existe uma versão

    a) em que a Gwyneth Paltrow apanha o metro no último momento, e

    b) em que não consegue espremer-se pelas portas a tempo?

E depois o futuro - melhor os futuros - da mesma são-nos apresentados como numa realidade paralela. 

Sempre gostei desse filme. Acho que existe qualquer coisa de romântico num suponhamos

Mas na vida real as suposições, a maior parte das vezes, são um amargo de boca mais poderoso de que um refluxo gástrico. Passou-me pela cabeça ter um blogue chamado "Fátima no País das Oportunidades Perdidas (que nunca existiram deveras)" . Dava paninho para mangas... uiuiui.

Ali eu poderia descrever o que os senhores professores me disseram no 9º ano, quando chegou a altura de escolher a área a seguir, um a um, e em particular, a 'vender o seu pêxe' pois que a minha área é a que melhor se adapta a ti, e blá blá blá. E os senhores doutores que conheci ao longo da minha vida, nomeadamente até aos meus 21 anos, de todos os tipos de medicina, da tradicional à alternativa, que juravam a pés juntos que eu ia ser uma sumidade no que escolhesse ser, e 'escolha medicina, minha querida, escolha medicina'... 

Ah, ah, acreditem, não me estou a gabar.

Porque ninguém contou com uma pequena virgula na equação, desempenhada pela mãe da pequena promessa. E que comprometeria fatalmente o resultado.

Engraçado, em post de dia-da-mãe, onde vim parar: à senhora que me deu à luz. Sim, porque a minha mãe de verdade, do coração foi sempre a minha avó.

Mas adiante.

Estava só a explicar porque foi que 'as oportunidades perdidas' nunca foram, da vero, oportunidades, senão quimeras agitadas ao longe.

Acabei por atrasar os estudos devido à p*t@ da depressão, e por mérito, ou o diabo a sete, logo depois de ter acabado o curso de modelo, entrei no CITEM, onde tirei o curso de Design de Moda - a que na altura chamavam estilismo, o que não é bem a mesma coisa, mas prontx.

E, por forma a ter-me por perto, e manipulável, a mãe teve a ideia de me montar uma loja, e de me patrocinar as primeiras coleções (ao mesmo tempo que levava a cabo as mesmíssimas manobras de bastidores que me mantinham na redea curta da medicação para o que na altura se chamava 'problemas nervosos').

Ao longo dos anos fui abusada, maltratada emocional, psicológicamente, e a minha auto-estima esfrangalhada em pedacinhos de tal tamanho que nem o maior expert em puzzles a conseguiria recontruir, muito menos recriar.

A minha sanidade mental foi arrasada pela insanidade da senhora que me deu à luz, sob o convénio do meu primeiro psiquiatra - que o foi dos 12 aos 21 anos. Ele SABIA, mas não podia(?), legalmente fazer nada - só deixar-me cair no buraco escuro e tentar puxar-me para fora. Debalde.

Aos 22 anos engravidei, estando já fora de casa há mais de um ano, e acabou aí a minha primeira encarnação desta vida.

E fui mãe.

Havia alguém que havia sempre de gostar de mim mesmo que eu não merecesse.

E havia alguém que aceitaria o meu amor no matter what.

Comecei aí a segunda fase. O ator seguinte, e co-protagonista desta segunda encarnação, deu-se pelo nome de Vítor, e o segundo rebento, pela graça de Tomás.

E a minha vida confinou-se aquelas duas pequenas vidas, e à necessidade imperativa de facilitar-lhes o acesso às oportunidades que vi de longe, a ensiná-los a voar e a não deixar que ninguém lhes cortasse as asas.

Acho que fiz um bom trabalho.

E agora que olho para trás, e repenso 'Fátima no país das oportunidades perdidas', reconstruo a frase como 'Fátima no país da diferença, da garantia da liberdade' que nunca me conferiram. Da independência assegurada tanto quanto possível.

E de um futuro aí à minha frente, mais de metade da minha vida - a avaliar pela longevidade dos meus ascendentes - que posso agarrar. Ou que posso deitar fora.

Passaram-se muitos anos. 

A gente não esquece, mas a gente ultrapassa.

E, Fátima Bento, reconstrói.

Auto estima destruída? A menina deita os farrapitos fora, pega numa tela em branco do tamanho do mundo, e constrói uma auto estima novinha, pincelada a pincelada, cor a cor, imagem a imagem, letra a letra.

E vive, dona Fátima, VIVE!

DE UMA VEZ PORR@!!!!!

A todas as amigas que por aqui passarem hoje, desejo um excelente dia da mãe.

E a mim.

Fátima, feliz dia da mãe... porque tu mereces. Mesmo, mesmo a sério.

[aproveita, gaja... chegou o momento de conseguires entrar na carruagem do metro e ires para casa a tempo de... vá, vai!]

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D