Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

08
Set12

E agora, António?

Fátima Bento

É conhecida a minha admiração semi-idolatra por António Lobo Antunes

Penso eu que será igualmente conhecida a sua indignação pela forma como o país tem sido gerido nas últimas décadas, e a sua teimosia em não apontar dedos, não mencionar nomes, apenas falar nas pessoas, nos casos em que tropeça - ou que tropeçam nele? - porque afinal o importante na política são as pessoas.

Não deviam ser, SÃO!

Por isso, fui à procura da única crónica de que tenho memória em que ele chama os bois pelos nomes. E a falta de aspas nos bois é-me intencional.

(clique na foto para ser dirigido para o site, e para a crónica)
E apraz-me perguntar-lhe, não à espera de resposta, mas oferencendo-lhe a minha solidariedade, em troca da sua:
E AGORA, ANÓNIO?
E agora que acabaam com o resto do país, que já tiram sangue às pedras, que já voltamos a mandar os meninos a pé para a escola, que
já sai a toda a hora, ou não sai de todo, pela esperança que se foi perdendo e vai agora a enterrar
E AGORA, ANÓNIO?
E agora que se prevê que um milhão de portugueses abandone o país em menos de meia dúzia de anos - como se houvessem portugueses a esperar tanto tempo! 
E AGORA, ANTÓNIO?
E agora, meu amigo. o que é que vamos fazer?
07
Set12

Austeridade, dr. Passos Coelho? AUSTERIDADE???????

Fátima Bento

(foto daqui)

Eu não percebo nada de economia.

Por acaso, quando o sr. Primeiro Ministro falou, eu estava enfiada na cozinha a fazer o jantar - juro que até tentei acompanhar o parlapié do inicio, mas como os preâmbulos me irritam, desisti e fui fazer massa. Só que enganei: em vez de fazer massa de pizza, devia ter feito da outra... acabei a viajar cozinha-sala (sou das que não têm tv na cozinha, e nunca me lembro de levar o pc) de mãos na cabeça (teoricamente, senão tinha sujado o cabelo todo).

O(s) GAJO(s) ESTÁ(ão) COMPLETAMENTE LOUCO(s)!

Reafirmo que pouco ou nada percebo de economia, mas sei fazer contas, ou não fosse eu filha de merceeiro, e com tanto corte e perda de poder de compra, tenho praticado mais que o suficiente.

Ou seja

de destacar que o aumento nos descontos para a 'so called' Seguança Social

sobe 7% 

o que faz. per si, que a dita 'reposição' do 13º mês na Função Publica - deixando, claro, de fora, o 14º - se revele a maior das falácias. Como? Passemos a um exemplo prático:

Um FP que ganhe €1200 (valor liquido) vai passar a recebe mensalmente +€100, correspondentes a 1/12, i-e, o 13º mês.

Um FP que ganhe €1200 vai descontar mais 7% do ordenado - €84. O que transforma, na prática, a reposição do 13º mês, em €16/mês.

O que quer dizer que o 'nosso' 13º mês se vai transformar em

16X12= €192

(o que até não interessa nada em termos totais, uma vez que vai ser entregue às mijinhas)

Se quiserem a coisa apresentada de form mais clássica, é assim:

Entra no orçamento um 13º mês - €1200. Sai do orçamento €1008 anuais para a 'Segurança Social'. Quanto é que sobra? Isso, €192.

Mais de que suficiente para, por exemplo

  • levar os filhos ao dentista regularmente
  • ao oftalmologista anualmente
  • arcar com o valor de mudança de lentes
  • comprar o material escolar
  • e afins.

Mas como tudo isso não mais é de que luxo dispensável, está-se bem. 

 

Ah, mas não respirem muito: temos o aumento do IVA ao virar da esquina, e novas alterações  no escalão dos produtos taxados. Os €16 já cheiram a anedota, não?

 

*eu sei que contas feitas sobre os valores em bruto dos ordenados a coisa altera-se muuuuuittoooo ligeiramente.

Se  para cima se para baixo não faço ideia, que, como já disse, não precebo pevides de  Economia

07
Set12

Eu papo-os todos!

Fátima Bento

Dizia eu.

Programas de culinária é comigo, estas férias foram noites de Top Chef's americanos e de Masterchef USA's, intercalados com uns Jamie's (abençoado moço!) e uns Avilez'es - que o que é nacional às vezes também é bom (ponde os olhos no earghhh Master yaycks Chef blergh português - ó gregório! - e vereis a infeliz regra...), que foi um regalo. A coisa chegou a tal ponto, que o meu rico marido (não há elogios que cheguem para o gajo, a sério), que FAZ TUDO o que for preciso, mas "não peçam para cozinhar"(sic) PROPÔS à minha pessoa fazerMOS um spaguetti puttanesca! E fomos os dois para a cozinha, e a coisa correu bem, o meu sous chef portou-se à altura de uma estrela michelin (pronto, 'tá bem, metam a estrela vocês sabem onde, mas portou-se mesmo bem!)!

E então, aqui a menina a devorar PROGRAMAS de culinária (nada de confusões), andava convencida que os via todos (ou pelo menos, muitos).

A tótó!

Até que um dia destes, e por culpa do raio do canal que transmite o Masterchef USA, que nunca me lembro se é o AXN White se é a Fox Life (mas acho que é o segundo) que baralhou o número da temporada dos episódios, a Íris deixou de gravar o dito, e eu fui fazer uma pesquisa 'na véspera'.

Ora quem tiver Íris pode fazer assim:

  1. Guia
  2. Entertenimento
  3. Culinária
  4. Ontem (qualquer ontem serve).

E vai ver que NÃO VÊ PUTO de culinária!

Agora, os chefs:

Eu gosto, porque gosto, do

Gordon Ramsay

Ó pá, gosto mesmo, desde o Kitchen Nightmares, passando pelo Hell's KitchenCooking with the F Word, e agora do M.USA, onde o gajo está tão educadinho que parece um galo sem crista. Tadinho.

E depois há o

Jamie Oliver

Esse gajo teve a audácia, o desplante!, de converter uma cética a caminho do ateísmo a voltar a gostar de cozinhar! Certo que já tinha visto mais programas do menino, mas este 30 minutes with Jamie é mesmo, mesmo, mesmo a resposta às minhas preces!

E depois há o Senhor Carisma, Chef
Tom Colicchio
para os amigos.
Eleito ícone gay, o que muito o divertiu, dado que é assumidamente hetero, bem casado e pai de dois (ou duas?), gere o Top Chef com mão de ferro e divide a apresentação com a não menos carismática Padma
que prova que não é preciso ser chef para apreciar e avaliar comida.
PORTANTO
estes são os que eu vejo, gosto de ver, e aplaudo. 
Quanto às caracteristícas de cada um,
adoro
  • a irreverência do Ramsay, 
  • a paixão do Jamie, e 
  • o carisma do Colicchio.
Prontx.
07
Set12

Minha gente:

Fátima Bento
  • não morri;
  • 'não 'tou doente;
  • (nem deprimida de caixão à cova)

ESTOU EM REORGANIZAÇÃO

que é um coisa que, pelo menos para mim, leva tempo.

Redefinir prioridades, decidir quanto tempo dedicar a quê, e de que maneira, blá, blá, blá.

Aqui o bloguezito faz parte dos planos, mas por ora vai continuar assim desgovernado, sem rei nem roque, datas fixas ou temas certos.

Vou escrevendo, mas sem plano.

Depois, quando chegar a hora

DE DEFINIR COMO A COISA

VAI PASSAR A PIAR

POR AQUI

E NA PAGINA DO FACEBOOK

haverão mudanças, para melhor.

Daqui até lá é à balda, para o menino e para a menina, compre um e leve dois - the works...

04
Set12

Este é o momento

Fátima Bento

... em que habitualmente começo a berrar a palavra

RENTRÉE!

Pois que este ano, não me apetece.

Comprei a agendita, pois que comprei, que a minha agenda é sempre 'escolar' porque para mim

o ano novo começa em Setembro.

Mas este ano estou armada em parvalhona.

E três abanões e dois pares de estalos, achas que resultava, FB? Na volta...

Tenho que saltar da minha zona de conforto (??) para o olho do furacão (???) - eu hoje é só perolas =oP

Gaja:

  • tens coisas para fazer
  • 'máquinas' para pôr em movimento
  • planos a fazer
  • projetos a concretizar...

Pára,

Pára,

PÁRA!

de olhar para  teu umbigo a gemer mimimi, que isso já enjoa um bocadinho, para mais a quem faltam 26 dias para fazer 45 anos, sim?

Sim?

SIM?

Ou vê lá se queres um lambadão?

Aiaiaiaiaiaiaiai...!!!!!

 Ah, assim 'tá melhor!

01
Set12

Kaput

Fátima Bento

Oficialmente, amanhã é o último dia de férias.

  • Destralhámos a casa (devem ter sido despachados mais de 10 sacos de 120 litros de monos);
  • Fomos à praia;
  • Fomos ao cinema;
  • Arrumámos, reorganizámos e 'coiso': a casa não parece a mesma.

Agora a próxima semana vai ser para atar as pontas que ainda estão soltas, e para planear projetos de curto prazo.

E para organizar tudo e tudo e tudo.

 

Foram umas férias, ao contrário do esparado, tranquilas. Com alguns solavancos, mas tranquilas. E, como se pode ver nas fotos, em boa companhia...

P'ó ano há mais...

Pág. 2/2

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D