Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

19
Mar13

Eu até tenho andado com vontade de escrever...

Fátima Bento

[Mas eu juro que sai porcaria. Ando a ver se dou a volta a um post daqueles que tresandam, para ver se cheira um nadinha menos mal, mas está difícil. É qu'ele há coisas que me cansam a molécula, mesmo a serio. E nem a minha provecta idade e mais o curso de marketing que tirei há um monte de anos (sim , tenho um porradão deles! Deixa ver... quatro mesmo a serio, e mais uns pequenininhos, inferiores a um ano de duração - qu'isto de ser mãe a tempo inteiro não deixa ninguém c'a mioleira incapacitada...) e me faz 'entender' melhor certas coisas, me impede de às vezes ficar assim a modos que piurça... e estou fartinha da silva de me deixar 'infetar' com merdices que além de não terem importância nenhuma, só me diminuem a chama.

Qualquer dia deixo de ler blogues, e passo a pagina de entrada no editor de blogues do sapo de olhos fechados. Não há cu, senhores, não há cu...]

Enfim. 

Ontem esteve um dia tão bonito!!

Saí sem grandes planos, mas acabei por me pôr às voltas, e ir comprar os presentes para o pai cá de casa. Pelos entrementes apaixonei-me por duas mesas-de-cabeceira da Casa, que vêm morar cá para casa (mas primeiro vou devolver os Sketchers que comprei para o puto - coleção nova, pesam para aí 100 gramas, com aquela sola toda XPTO que respira e se contorce de 587 mil maneiras, e o diabo a quatro, e que o gajo despachou com um sorriso que dizia 'f@d*-se que não acertas uma!' - e com o valor da devolução trago as mesas de cabeceira. Só me ficam a faltar os candeeiros-mola-led que vêm da ikea).

Mas para além de ir às compras para o pai da casa, fui dar cabo da dieta-que-ainda-não-comecei.

Ó:

E depois, tinha consulta com o meu psicoterapeuta, mas adiei. Neste momento preciso de tomar uma serie de decisões sozinha: assim de tirar tempo para me fazer companhia, dar conselhos, meter a mão na massa, mudar coisas... e depois, daqui a um mês, discutir isso com ele. Neste momento quero, por vontade própria, aprender a nadar à bruta, atirar-me para dentro da piscina e esbracejar até conseguir chegar à ponta.
Depois, conversamos, e eu explico-lhe o porquê de adiar esta sessão. Já sei que levo uma palmadinha nas costas: o gajo
ESTÁ LÁ PARA MIM.
SEMPRE.
E isso, acreditem, não tem preço. De todo.

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D