Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

11
Out13

É isto e a vistoria diária obrigatória às capas dos jornais e demais imprensa nacional

Fátima Bento

Juro que já me chateei com o assunto. 

(se não te chateasses ainda, não estavas a escrever sobre o assunto...)

Não, é que já me chateei MESMO, tipo ficar irritada e a verbalizar palavras irrepetíveis neste sítio, a menos que motivadas por força maior.

Agora, honestamente, passa-me ao lado, ou quase - e aqui o quase prende-se-mo o facto de, para aceder aos interiores do blogue ter de passar pela pagina que diz no canto superior direito 'os meus blogues'; aí não me passa ao lado, mas à frente.

E é aí que eu fico a saber as últimas da blogosfera nacional: a ultima opinião do arrumadinho, a última sugestão/opinião do close-up, a última opinião política do lóbi do chá, a última je ne sais quoi da máquina da preguiça... bom, podia continuar por aqui fora, mas foram estas que me ocorreram - deixei de fora a Pipoca mais doce e a Pipoca mais dois, e isso não é justo, qu'isto não se divide uma família.

Se me chateio? Não.

Não porque o meu blogue de há uns tempos a esta parte não merece um destaque [tirando assim um post fabuloso que fiz, por escrito de despedida ao meu pai, mas-o-que-é-que-os-nossos-leitores/cibernautas-têm-a-ver-com-isso, dirão, com toda a propriedade, os senhores do sapo - é que eu também me estou a cagar borrifar para o facto do bebé da outra adormecer com white noise, que acho potencialmente perverso (mas outro dia escrevo sobre isso), e a coisa esteve destacada...enfim]

O meu obvio pouco caso, que me leva a escrever este post prende-se com o facto de que, a menos que escreva um best seller, cague ponha um ovo de ouro, ou o meu filho de três anos (que não tenho) se forme em fisica nuclear suma cum laude

ISTO É, NUNCA

nunca, mas nunca, nunca, nunca

vou ter o meu blogue destacado nesta plataforma.

... et je m'en fous.

Então, Fátima Bento, porque é que te manténs, há 8 anos e meio, fiel à mesma?

Ora aí é que está a prova de que tudo o que disse atrás é mesmo verdade:

É que no que diz respeito aos destaques, retribuo a importância que me merece a sua criativa e rebuscada seleção :

ESTOU-ME NAS TINTAS.

10
Out13

Há sempre uma primeira vez...

Fátima Bento

Hoje fui à Wells, usufruir da oferta de uma limpeza de pele por ultrassons. 

(Trigo-limpo-farinha-amparo, o meu rosto parece, neste momento, o rabinho de um bebé).

Mas antes, e

ISTO

é que me leva a escrever este post, foi-me solicitado o preenchimento de uma ficha cliente onde, entre outras coisas, fui inquirida do meu estado de saúde, e pela primeira vez em 34 anos, na lista das doenças a assinalar no caso de delas sofrer, o quadradinho ao lado de 'depressão' ficou em branco.

Respirei fundo e tirei dois ou três segundos para absorver o facto. Depois, dei-me uma valente e carinhosa palmadinha nas costas e pensei

You came a long, LONG way, babe!

Parabéns, Fátima Bento

(e obrigado, pai!)

10
Out13

Nobel da Literatura 2013, Alice Munro

Fátima Bento

E pronto.

Lá fui eu a-correr-a-correr ao site do kobo, continuar a encher o desgraçado de amostras, e não consegui resistir a (mais) uma compra:

A juntar ao Lobo Antunes, ao 'As mulheres casadas não falam de amor', ao último do valter hugo mãe, aos dias da princesa (tudo papel) e aos outros todos de que aqui falei há dias, em formato eletrónico, só ME tenho a dizer uma coisa:
"Não largues a mer... da net, não, que tens leitura até p'ó ano..."
06
Out13

E ontem foi o périplo (quase) completo...

Fátima Bento

Eu e o meu ametade começámos o dia no Dolce Vita. Por razões óbvias: o gajo precisava de mudar umas quantas coisas no wardrobe, e NÃO HÁ melhor sítio para comprar uma carga valente de trapos com um talão de compra de valor simpático que a Primark.

A minha ideia até era ir à do Fórum Sintra, mas quem já sabe das minhas peripécias a ir às Primarkes-deste-mundo, sabe que TINHA-PORQUE-TINHA de acabar na outra. Assim foi.

Chegámos às 10:30 (uma preciosa meia hora depois do ideal, portanto), mas ele até conseguiu(!!!) experimentar calças! A partir daí, casacos em frente aos poucos espelhos espalhados na loja, e enfia tralha no saco, até que lhe disse, muito séria:

"Se achas que isto é confuso, espera pela secção de senhora".

Abanquei-o a experimentar botas e chanatos tais, e bazei em busca do sobretudo desejado, o meu Santo Graal. Se calhar daqui a um mês ou dois tenho mais sorte. Mesmo assim, trouxe um oversized em tweed muito giro, e um par de botins com sola de cunha. Como não podia deixar de ser, ajuntei-lhes três anéis para compor o ramalhete.

Prova de fogo: o regresso. Graças aos céus, ele tem um sentido de orientação melhor que o meu, e comigo de pendura a coisa foi à primeira. 

WOW!

Paragem seguinte, Almada Fórum, trocar uns chanatos de que ele não gostou; levantar a minha prenda de anos da Sephora (e acabei de descobrir que tenho direito a uma da Womens Secret, tenho de ver isso amanhã). Almoço no Wok to Walk.

Paragem rápida em casa para deixar o almoço do pikeno, e vir buscar a MINHA chave do Rocinante.

E Continente com ela.


Ela foi.

Ela trouxe tudo o que precisava para fazer (sim que foi ela que fez) aquela-coisa-a-modos-que-parecida-com-um-almoço-de-aniversário de hoje. E chegou morta. Caíu redonda na cama e dormiu 3 horas como um bebé.

Hoje correu tudo AGAP (as good as possible) e prontx.

Fotos do ano tiradas (yup, tiro fotos uma vez por ano...) et voilá.

Cheguei a casa... e dormi três horas como um bebé. Acordei com dor de garganta, estou constipada (o que explica as seis horas de sono divididas por duas tardes....)

Fica a foto para a posteridade:

 

04
Out13

Vá lá, agora a sério

Fátima Bento

Coisas que me tiram mesmo do serio:

. Gente que abandona animais. Não tem nome, quanto mais explicação...

. Fundamentalismos. Os donos-da-verdade dão-me náuseas.

. "...mas..." - É QUE NÃO HÁ CÁ MAS; se eu disse que não, ó fáchavor de ir pregar para outra freguesia!

. Vítimas profissionais, daquelas que quase se atiram para o chão para ter toda a gente à volta a lamentar a queda.

. Eu. Às vezes, juro que não há pachorra para me aturar. Eu sei que as atenuantes, são muitas, mas men up, gaja (ou women up, whatever!)

Vá lá, melhorei de à bocado para agora, certo?

04
Out13

Só cinco?

Fátima Bento

Ando com a telha. Aliás, eu NÃO ando com a telha: é, é preciso muito poucochinho para ficar com a dita.

Por isso é-me difícil escolher cinco itens.

Assim inspirando-me SÓ EM HOJE...:

- Interpretações às avessas - a gente escreve ISTO e o outro/a percebe tudo, tudo, TUDO menos o que lá está/quisemos dizer;

- Promessas daquelas em que a gente acredita e depois se sente estúpida (facepalm valente), estúpida, ESTÚPIDA por ter acreditado... outra vez...

- Ficar chateada com situações, coisas e mal entedidos que NÃO VALEM MESMO A PENA!

- Acordar cheínha de pica e decisões, e três horas depois só me apetecer enfiar debaixo do edredão com a cabeça debaixo da almofada.

- Saber o que DEVO fazer, COMO devo fazer... e não fazer.

E isto é só de hoje... a ver se um dia destes sou mais lata..

03
Out13

Ah, qu'eu sou tão rica, tão rica, tão rica!... (gente que não tem nada p'a fazer, é o que é...)

Fátima Bento

Aqui a menina tem uns ataques de pinderiquice com alguma regularidade - isto porque, no fundo, sou gaja, e mesmo que tenha o creme de noite e o sérum de efeito lift da Roc (, bem sei, tem outro nome, whatever, vocês apanharam a ideia) por estrear, e até o raio da agua micelar não consigo usar com regularidade - sim, eu sei, é a preguiça levada ao extremo... - a verdade é que, mau grado a lei-do-menor-esforço, sou uma gaja que gosta de ter as manápulas amanhadas, os pézinhos 'ó pra eles tão lindos' (agora é impossível, que os c@brões são rebeldes e ainda estão na fase 'tu-ou-dás-nos-sandálias-ou-damos-te-feridas-e/ou bolhas'), a depilação au point e os brancos camuflados. Numa maneira fixe, de preferência.

Ora, e não resisto a... é pá, não é imitação, mas, é pá... comprei uns pumps de sola vermelha. Assim cheínhos de qualidade, em pele de primeira apanha, e tudo e tudo, mas a umas centenas de euros de distancia no preço.

 

Ora o pai faleceu.

 

Aqui na terrinha, soube-se.

Aqui na terrinha acredita-se que o pai era o mais perto do milionário de que é possível.

Hoje, a mocinha saíu à rua com os pumps de sola vermelha.

Gente, houve quem viesse à porta mirar-me os pés!!!!!

Ai-a-pardalona-ainda-o-pai-mal-morreu-já-foi-gastar-fortunas-em-sapatos!


Ok.

 

Facto:

- isto é uma gente que não tem mais nada para fazer.

Porque, a menos que o meu pai fosse

a) O Belmiro;

b) o Amorim;

c) o Nabeiro;

ou quejandas,

EU NÃO DARIA de €700 para cima por um par de chanatos.

Capice?

Compris?

Understood?

Verstehen sie?

Por isso, ó más línguas, querem cortar nas minhas costas, chamem-me pelintra-que-usa-contrafacção (o que é mentira, tenho ali o talão de compra de uma loja muito séria a comprovar tal isso), que entre dar meia dúzia de euros por uma cópia ou uma fortuna por um original (mesmo tendo-me ficado pelo meio), eu aceito a pelintrice, ok?

Então ficamos assim combinados.

Agora se num sítio onde não me conhecerem, me olharem pós pézinhos e me acharem com ar de Cinderela (não me perguntem, senão eu digo a verdade), podem conjeturar e achar que sim. Eu até cresço um palmo.

Mas aqui não. Ainda para mais partindo de conjeturas tão poucochinhas...

OK?

(Mas lá que são 'ma lindeza, são.

E lá que dão um estaile de arromba dão).
De resto, vão-se... entreter a brincar com a(s) pilinha(s) do(s) respetivos marido(s) e deixem-me os cascos em paz, sim?
Agardecida!
03
Out13

Para que serve um blogue?

Fátima Bento

Já me perguntei isto um montão de vezes, e tive outras quantas para acabar, privatizar (e conservar em formol) estes oito anos, já dei voltas e revoltas à cabeça e não chego a conclusões definitivas.

O 'Dona de Casa...', quando nasceu era um diário online, transparente como eu. Continuou assim nos primeiros anos,e depois começou a aparecer a necessidade de ter cuidado com a privacidade de quem comigo priva (passo a redundância).

E agora, é um bocadinho pisar ovos, ai que X pode pensar que estou a referir-me a y que se passou, e Z pode ofender-se, que falar nisto, mesmo  que me afete diretamente e me ande a matar devagarinho é de guardar, chchchchch, não digas.

Estou farta e sufocada deste bailarico.

Podia criar um novo, anónimo? Podia, mas não quero. Eu sou assim, se 'não posso/devo' ser eu, não me vou esconder atrás de nada.

Estou farta.

Os problemas crescem, chovem-me em cima, e eu aqui, sorriso no rosto, está tudo bem.

Não digo que a juntar ao processo de luto, o meu filho está a eviscerar-me, nem que a minha rica filha não se deu ao trabalho de se lembrar que eu fazia anos ontem.

Porque os posso ofender ou magoar.

Foda-se.

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D