Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

27
Jan14

Segunda-feira e mái nada...

Fátima Bento

Apetece-me falar de moda. De trapos. De cremes e tratamentos de estética, daqueles que atrasam significativamente o recurso à cirurgia estética.

Apetece-me falar de televisão. De Factor X. De series, series e mais series, do Blacklist, já quase aí rebentar a segunda temporada, no Scandal, que nunca mais chegava o dia 27, do Game of Thrones, que Abril, quando passamos os 40, está aí ao virar da esquina, Do Sherlock, que queremos a quarta temporada. De cinema, que já somei mais dois óscarizantes aos quatro que tinha visto e falo nisso depois. Quero falar em revistas e já agora nas cor-de-rosa que não leio, mas hoje até as lia de fio a pavio. Quero falar de livros, assim muito ao de leve, podemos ficar-nos pelo Guillaume Musso, pela Mary Higgins Clarck, e - que hoje estou por tudo - se alguém me quiser falar de Margarida Rebelo Pinto, de Nicholas Sparks, ou de Danielle Steele, prometo que escuto sentadinha, em silencio e sem levantar ondas nem mandar bocas arrevesadas (só não prometo não bocejar).

Quero  tudo, tudo o que se lembrem e que me faça esquecer de tudo o que há para não lembrar e que neste momento me parece mesmo tudo.

- Claro que não é, mas parece.

Falem-me de musica, de cinema, de moda, de boatos e coscuvilhices, de maquilhagem, de cinema, televisão, livros...

Só não me falem de vida em 3D e real.

Isso, hoje, não.

23
Jan14

Quinta feira de sol bom!

Fátima Bento

E eis senão quando o sol  nos resolveu fazer companhia! Dentro do carro está uma maravilha, mas na rua, tu vai lá vai! Então quando sopra o vento... mas não há nada como os dias bonitos! Sim, eu sei que, e tal, a chuva faz falta, e coiso, e lalala, mas o sol, este sol é a coisa que mais vontade me dá de ficar aqui, neste país e não ir a correr experimentar vida noutras paragens.

Adiante.

Existem um milhão de assuntos para expor no blogue, um milhão de temas que podia falar, mas juro que estou cabeça no ar. Já devia ter saído para o ginásio, mas tenho estética daqui a uma hora, pelo que... não dá. Fica para amanhã: ainda por cima, a seguir tenho de levar o pikeno à dentista para apertar o coiso. E meter o outro coiso no céu da boca (não vou dizer aiaiaiaiai, que dá azar, faltou nas outras duas vezes...)

Por isso, vou ali lembrá-lo ao quarto que HOJE É MESMO A SERIO, e que tem mesmo de ir senão temos a burrinha nas couves, e vou tomar um café ao solinho, antes de ir à Wells.

Fiquem bem que eu vou fazer por isso.

B'jinhos :)

22
Jan14

Presente de 9 anos de blogue, já no dia 02/02

Fátima Bento

Tenho um segredo:

- daqui a 11 dias estamos a fazer nove anos.

NOVE ANOS!

Gostava muito, muito de fazer assim um BIIIG cabaz de coisas boas e tal, e sortear no random, como toda a gente faz, mas ainda não sei de nada. Sei que vai haver um miminho para todos - e todas - que me seguem, que passam por aqui - e que vai ser anunciado nesse dia, mas que só vai ser bom para quem mora aqui para os meus lados. 

Por isso, vou ver o que posso 'mexer' para fazer acontecer alguma coisa. Mais não seja, sai do meu bolso.

Vai daí, peço a todas e todos que me façam um mimo: passem palavra aos amigos, ao primo, ao tio, ao avô ao cão, ao gato, ao periquito, e passem por aqui. Gostava de ter um numero redondo no dia 2, ok? Neste momento passaram por aqui 354.352 pessoas  e eu gostava mesmo, MESMO de chegar às 350.000. MESMO.

Por isso, e se lá chegarmos, prometo que ofereço uma coisa boa.

Digam-me: qual é a coisa boa que gostavam de receber? A serio. Tirando delírios, que a minha carteira não anda a rebentar, mas o quê?

Deixem ideias aí nos comentários para eu começar a pesquisar preços...

(Quanto assim ao big cabaz de parabéns ao blogue, prometo que me esfolo para conseguir fazê-lo para o ano, no décimo aniversário, sim?)

- além disso as regras passam por fazer, também like na página do facebook. Como? Ali à direita, por baixo da minha foto, estão os ícones:

é só clicar no primeiro

 

o que vai abrir a pagina. Então é só clicar em 'gosto'

OBRIGADOS!!!!!!!
20
Jan14

Hoje

Fátima Bento

Hoje não houve foto no Instagram. Não houve 'bom dia' na pagina do Facebook. Não houve visita ao Pintrest.

Hoje com um pé dentro e fora para o ginásio, o avançado recuou e faltámos. Os pés e a dona.

Hoje não houve cinema, como no fim de semana. Hoje houve escuro. Hoje houve muito escuro

Esperemos que amanhã o sol brilhe, porque sem luz as flores murcham.

As simple as that.

20
Jan14

O que eu gostava...

Fátima Bento

Gostava de ter filhos pequenos 

(ainda, não outra vez).

Gostava da sensação do coração nas mãos, nas orelhas, nas pontas dos dedos de sentir o coração em todo o lado, de poder sentir: a felicidade, a alegria a rodos, como o  sol num dia de verão. Se calhar repito-me se disser que não me assusta a perspetiva de voltar a passar noites nas urgências, de sentir o medo, o pavor de algo estar verdadeiramente mal.

Gostava de voltar

(ainda)

a mudar as fraldas malcheirosas, de cheirar a bolsado

(em vez de quando passo, andar a deixar um rasto de 'Be delicious', de 'Eternety' ou de 'Chanel' nº 5, este último oferecido pelo meu bebé que cresceu primeiro, já depois de bem crescida),

de apanhar restos de papa tantas vezes regurgitada, de os ver a comer com as mãos, às vezes com os pés... já nem digo que queria aquele olhar todo amor uma mão sobre a mama enquanto a outra sugava, 'vou sem sempre teu', 'vou amar-te para sempre'

(e a gente a acreditar, a acreditar...),

porque quem é que não gostava de um sentir assim de novo? Gostava de, outra vez, as longas conversas sobre temas diversos

(em que acreditavam que havia algo que eu lhes pudesse realmente ensinar, que guardava algum saber que eles - ainda - não),

que nos comiam as horas como se estas não existissem. Das prendinhas do dia da mãe quando finalmente começaram a ser eles - e não a educadora ou a professora - a fazê-las. Dos textos que me fizeram. 

Tenho saudades da simplicidade daqueles tempos.

(E quem tiver filhos pequenos dir-me-há qual simplicidade? E falará da trabalheira, da correria, do stress, da falta de tempo para aproveitar, de tudo tudo tudo o que já sei.

E eu respondo com os intervalos, por mais pequenos que sejam. Com os pequenos momentos em que eles são só teus. Com os pequenas estrelinhas que lhes captas no olhar. Com aqueles segundos em que sentes que são felizes. Com olhares para eles quando dormem e percebes o que é a paz).

Enquanto a pequenice dos meus, tive sempre a noção de que 'passa num instante', e o cuidado de guardar alguns 'momentos kodak' na memória, que me socorressem em fases de turbulência ou, tão só e apenas, pura saudade.

Mas agora, às vezes, procuro-os e não os encontro.

E a evidência de que as dores de crescimento,

(ao contrário do que os senhores doutores pedo-tudo dizem),

não são só deles, e de que, invariávelmente o tempo se desloca numa via de sentido único, entra-me pelos olhos dentro e cega-me de dor.

Por isso, gostava de ter filhos pequenos 

(ainda, não outra vez).

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D