Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

04
Mai05

DEJECTOS HUMANOS(??)

Fátima Bento
                         infancia perdida ricardo m pinto ferreira.jpg

Eles andam por aí... lemos sobre eles nos jornais diários, ouvimos falar neles na rádio, vemos reportagens sobre eles nas televisões... mas nunca estamos preparados para quando a coisa se apróxima da nossa porta.


Animais nojentos.


Mais. muito mais do que animais. Muito mais de que nojentos.


Passo a contar, como me foi contado pela fonte mais fidedigna, logo a seguir à primeira pessoa...


Quarta feira da semana passada.


Menina de 15 anos, que ficou com leves sequelas na coluna devido ao "salto" no crescimento, diz à avó: "vou ao Jaime ( osteopata com clinica remodelada, re-aberta à pouquissimo tempo ) para ele me dar um jeito na coluna, não 'tou bem." Ok. A avó aquiesceu, era prática corrente, toda a familia se tratava com ele à imenso tempo, sendo ele práticamente da familia ( ainda dias antes tinha ido pedir uma determinada soma de empréstimo, que a remodelação da clínica tinha-o deixado numa situação financeira dificil, dinheiro prontamente emprestado pelo avô da menina...).


Na volta do tratamento, a (vou chamar-lhe) Margarida, diz à avó "vou tomar um duche". Recusa-se a almoçar. No dia seguinte, e constatando que a criança não se encontrava "normal", no final da aula a professora fecha a porta da sala de aula, ficando apenas 4 alunos dentro - duas amigas e um amigo, e a própria que começa a tremer e a chorar convulsivamente. E então conta.


( Não consigo aqui relatar o que ela contou, o que se passou, detalhadamente como me foi contado pela avó ontem ao fim da tarde, que ainda me sinto mal só de lembrar.)


Vou só dizer que a criatura, que a conheceu na semana em que ela nasceu, que andou com ela ao colo, que era tratado como membro da familia, a quem deve QUASE TUDO DAQUILO QUE É (pelos vistos não é...)... tentou violar a Margarida. E que o acto só não foi consumado por (muita) sorte.


[isto custa (e de que que maneira) escrever, mas para que conste, a "penetração" que houve foi manual (caroço, cada vez que falo, penso ou, como é agora o caso, escrevo sobre isto, fico mal disposta, nauseada e estonteada...)]


Nem é o clássico pensar "podia ter sido a minha filha". Nem é isso. É que eu conheço a Margarida práticamente desde que nasceu, e conheço a besta há mais anos de que me lembro... a situação é tão revoltante, tão incongruente, tão...tão...


AAARRRGGGHH!!!!!!!!!!!!


[Dos 3 colegas que se encontravam na sala de aula com ela, as raparigas "recuaram", e aconselharam-na a "esquecer", e deixar passar( tão, TÃO típico na nossa cultura em que as mulheres se sentem responsáveis até quando são vítimas!!...). O garoto, da mesma idade foi peremptório em afirmar e presssioná-la no sentido de "vamos à policia, quanto mais se encobre, mais pedófilos há" - os agentes consideraram a sua atitude heróica. Foram, deram queixa, agora o caso está a seguir os tramítes legais que supõe-se serem rápidos, porque a pedófilia vai para o topo da pilha dos processos em tribunal... como se isso apagasse alguma coisa... mas desde que impeça a sua repetição...)]


Às vezes tenho nojo de ser humana...


Fátima

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D