Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

30
Dez10

Quem tem medo do FMI?

Fátima Bento

Acabei de responder a um comentário no "Step in to my closet", e juro solenemente que só me apetece mesmo é falar de cosméticos, e de roupa, e dos saldos, e do que se deve e não comprar em saldos, e o que ainda se vai usar por isso vale a pena comprar já... juro, tudo assim levezinho. Estou pelas orelhas com 2011, é que já ninguém se lembra da profecia Maia, e parece que o fim do ano é mesmo já depois de amanhã, e acaba em tortura. Lenta e agonizante.

 

O pior, é que eu, que me tenho mantido muito zen, mau grado, no meu orçamento, o deve e o haver estarem separados por uns valentes euros, e todos os meses termos de fazer o número do arame e do trapézio sem rede por forma a conseguirmos fazer os extremos se encontrarem -

 

 (quem me lê faz uma ideia de mim um bocadinho diferente... eu NÃO sou a tia que vai às compras dia-sim dia-também, que vai ao cinema quando está entediada - esta, juro que gostava - e passa a vida no cabeleireiro, yada, yada. Ficar em casa a tratar dos miudos a tempo inteiro não foi coisa de dondoca; foi decidido, sim, com todos os "strings attached" - aperto de cinto, e malabarismos incluídos...)

 

- juro que começo a ficar com um bocadinho de taquicárdia quando penso mesmo no que aí vem. E ter lido o artigo de opinião de Pacheco Pereira na "Sábado" (rubrica a Lagartixa e o Jacaré, página 12) de ontem, não ajudou nada. Pois que sim, que não está ali nada de novo. Mas saltemos já um capítulo e chamem lá o FMI, ó fáchavor. Porque eu cá não acredito que eles nos penalizem mais de que a "1ª fase" de implementação do orçamento, que vai assim falhar redondamente, e nos vai deixar a subir paredes, quanto mais no plano B! Porque a política que está a ser usada neste momento - e daqui não retiro PS, PSD, CDS, CDU, BE nem (nem pensar!!!!) o Presidente da Républica - é o "a eito", no que diz respeito ao contribuinte. Nós somos a galinha dos ovos de ouro do Estado, mesmo todos falidos, mal por mal damos para vender para peças. E esta política (leiam-se estes políticos todos, direita/centro/esquerda, chefe da nação) não vai hesitar até nos ver todos desmanteladinhos, e se deles depender, só "convidam" a ajuda do FMI, quando já nem houver carne no osso... 

 

 

Não entendo, não consigo mesmo entender que diacho de servir o país e amar a pátria é este, quando avançamos com os portugueses em pelotão, crescendo da linha da frente para a rectaguarda com base nos rendimentos dos contribuíntes. Já não existe o respeito pelos mais fragilizados, os idosos, doentes, desempregados.

 

Perdeu-se a moral e a vergonha.

 

Este já não é o meu país. Com pena e vergonha o digo, esta é uma pátria à deriva, onde o comandante há muito abandonou o navio (alguma vez lá esteve?). 

 

E mais não consigo, lamentávelmente escrever...

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D