Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Seg | 11.04.11

De que falo quando digo que vou falar do que está nas bancas…

Fátima Bento

DISTO:

 

(as minhas revistas de Abril) 

 

E tens tempo para ler isso tudo???

 

A verdade é que não tenho. Tenho tempo para as ver de uma ponta à outra, ler os apontamentos principais dos artigos, e anotar mentalmente a quais quero voltar para ler na totalidade. Ás vezes faço-o, às vezes não… quanto às páginas de moda, tenho meses em que as salto, honestamente. Algumas destas revistas têm produções de moda lindíssimas, em que cada foto é uma obra de arte per si, mas em que a) a roupa é ‘investível’ – pelo menos na conjugação apresentada, ou b) a roupa nem se vê. Por isso, um bom suplemento que apresente as colecções da estação chega-me – esta estação foi o da Telva de Março, estava fantástico.

 

 

 

Posso começar por falar da Happy?

 

Esta é uma revista muito diferente das outras. Desde o conceito discount – tem uma lista de parceiros que oferecem descontos vários, a cada mês, mediante a apresentação do voucher presente na revista (depois outras revistas se lhe seguiram, que como a Activa e a Máxima, passaram a disponibilizar um cartão de descontos, usando o mesmo sistema… mas com um número bastante inferior de parceiros), passando pelo lay out, até aos temas abordados. Sejamos francos: a revista tresanda erotismo, e não deixa o seu crédito por mãos alheias. De qualquer forma, também aborda temas variados, entre eles comportamento, dicas de beleza, esoterismo, e claro está, moda. E da forma como nos é apresentada nas primeiras páginas, na rubrica USO, é esclarecedora e abordável. Não exactamente com as peças que apresenta, mas, pela forma como estas são mostradas, é possível procurar outras que se enquadrem no mesmo estilo, dentro de um preço que nos sirva. Essas páginas eu não falho, e vejo com atenção.

 

Contras? Para quem quer ir no comboio acompanhado de uma revista, esta é grande em número de páginas, e consequentemente pesada… tirando isso, os prós: é uma revista divertida, agradável à vista, com temas interessantes e cumpre o que promete. Quanto o voucher, quando tal me é possível, utilizo-o para uma massagem da lista que vem nas últimas páginas e cujo desconto é invariavelmente de 50%... mas isso sou eu, já que há parceiros para todos os gostos: este mês, por exemplo, dá desconto de 20% em inúmeras lojas de roupa… e também encontra descontos em restaurantes…

 

Preço: €2,50. Muito bem gastos.

1 comentário

Comentar post