Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

09
Jan12

Ai 'que rabia'!

Fátima Bento

E vai daí que na sexta-feira tive uma epifânia-sem-dar-por-isso, e quando dei por mim estava a sair-me pela boca fora uma das maiores e mais lógicas verdades com que me saí nos últimos tempos.

Não me lembro de onde começou a conversa, sei que às páginas tantas me ouvi dizer:

"... e levei 18 anos - mais de 18 anos! - a tentar e não consegui, nunca consegui, achas que vou passar os próximos 18 a fazer o mesmo e a sentir-me culpada e frustrada por não conseguir? Nope. À conta de pensar no que não sou capaz de fazer e devo, e de me programar para tentar e arranjar desculpas para não fazer, já que sei o resultado, acabo por não fazer aquilo para que tenho algum jeito, ou que poderia descobrir que tenho. Já chega. Tenho de aceitar que não fui talhada para determinadas coisas e seguir em frente. Chiça!"

Estava, como é capaz de ser óbvio, a referir-me a tarefas domésticas, mais própriamente à cozinha. Sou uma desgraça no que se refere à cozinha, quando se trata de arrumar, descarregar e carregar a máquina da loiça, estender e apanhar roupa, etc., até me sinto mal. Fisicamente mal. E vai daí, escondo-me atrás do portátil, e a coisa vira bolinha de neve... estão a ver o filme.

Eu consigo, melhor ou pior, fazer o resto. A cozinha é o meu calcanhar de Aquiles. Move on, Fátima, move on.

Oh que discurso tão bonito! O grito do Ipiranga que já devia ter dado há muito tempo! Yesss...

No dia seguinte arrumei a cozinha que estava para lá de caótica, sózinha. Isto de não me sentir obrigada a tal, teve esse efeito.

E hoje... bom, agora vou ao Continente, que acabou a ração das gerbas, e a ração das gatas está a ir pelo mesmo caminho, pelo que tenho de lá ir. Quando voltar, vou-me dedicar àquilo que é suposto alimentar: vou escrever.

Mas, antes... tenho a cozinha para arrumar(!?!?!)
Ouviram bem: Tenho uma máquina para descarregar, outra para carregar, uma de roupa para estender e outra para secar (uma parte no aquecedor- a mais urgente para hoje para o ginásio), e o resto vai a secar durante a noite nas horas de vazio.

Yup.

Era porreiro que me ouvisse, às vezes, não era? NÃO ERA? Alguém tem dúvidas que é a cozinha ou a escrita? E que na volta não é nem a cozinha nem a escrita?

Às vezes acho que devia levar com um pano encharcado nas ventas...

"Fazer, todos os dias, as mesmas coisas e esperar resultados diferentes é a maior prova de insanidade' Albert Einstein"

(vai buscar, gaja, vai buscar...)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D