Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

12
Fev12

Whiney Houston - como vi a sua vida e encaro a sua morte

Fátima Bento

Hoje de manhã, mal liguei o pc, deparei-me com a notícia da morte de Whitney Houston espalhada nas redes sociais. Confesso que não tenho grande paciência para alinhar em rebanho, e por muito que goste do/a artista, pouco ou nada digo a quente. E não contribuo para o entupimento das redes com os inevitáveis RIP's da praxe.

No entanto, e mais até de que no caso do Rei da Pop, este foi um caso que me tocou, e em mais de que uma maneira.

Whitney (como, de resto os ABBA), ajudou-me a suportar momentos difíceis da minha adolescência, e celebrar os melhores. Chorei ri, dancei, pintei a manta em 'companhia' de uma das melhores vozes femininas de que tenho memória.

Recordo perfeitamente a primeira vez que a vi, apresentada pela tia, Dionne Warwick, na edição do festival de San Remo em 1986. E, 'hole and behole', encontrei esse vídeo com a interpretação de Whitney no YouTube...

(A qualidade é  mázinha, mas é histórico, pelo menos para mim)

Depos de ter chegado LÁ ACIMA, a diva casou com Bobby Brown. As queixas apesentadas na polícia, as prisões sumárias do marido, as pazes, as reincidências de violência, as drogas, as detox, as reincidências nas drogas...

Fiquei com a certeza  de que ser infeliz, assim INFELIZ com letra maiúscula pode levar ao desespero, e esse desespero pode ser apaziguado por drogas, legais ou ilegais, atrás das quais a infelicidade se esconde e a que se vão buscar forças para continuar... até um dia em que as coisas não correm bem.

Nós teremos eventualmente perdido uma voz que já não se fazia ouvir há algum tempo, e que estava aparentemente agora a preparar um 'come back'.

Ela terá, se calhar, encontrado o final da dor.

Que descanse em paz.

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D