Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

23
Abr12

Dia do livro

Fátima Bento

Comecei ontem a ler este livro:

(mesmo a propósito do dia da mãe, lol)
Com o amén da Anna Wintour, vale o risco. Ainda só li meia dúzia de frases mas aposto que me vai divertir muito.
Antes deste li o já aqui referidíssimo
que, lamento dizê-lo, ficou aquém das minhas expetativas. Vá-se lá saber porquê, esperava uma coisa mais 'Comer, orar amar', e não é. Dos adjetivos com que Elizabeth Gilbert o classifica, discordo do primeiro: não o achei divertido. Mas sim, inteligente e verdadeiro, é-o de facto.
Agora o livro que eu li este ano e que mais me marcou pela positiva foi um que comprei na Fnac e de guardei imediatamente o talão de compra, já que apostei comigo própria não ir gostar, e ao fim de meia dúzia de paginas, se tanto, voltaria à precedência.
[e aqui voltamos ao maldito preconceito que nos (des)anima a alma e acredito que muitas vezes nos faz perder coisas boas.
E a questão aqui é que eu de-tes-to a mãe da menina, aquele detestar que a gente nem sabe explicar muito bem por quê, mas é o "p'cebe" e o 'tá a ver' que lhe correm nas veias, que me deixa o pêlo hirsuto como uma gata assanhada].
A mãe é a Rita Ferro (tenho por aí 'O nó na garganta', mas não passei da segunda página), e a filha, claro, é a Marta Gautier. e este é  livro de que falo
Já falei neste blogue que, sim senhores, leio livros de desenvolvimento pessoal e auto-ajuda, a par com Oliver Sacks, Freud, Dolto, Ben Shaar, Helena Marujo, e não só não tenho vergonha disso, como tenho orgulho. Já apanhei pelo caminho umas quantas bostas com B maiúsculo, mas também tive o previlégio de descobrir perolas valiosas.
Este livro é isso mesmo.
"Ontem em conversa com a minha psicóloga, tive a ideia de começar a escrever este diário, e esse era o outro motivo da minha ansiedade. Tenho esperança de que o diário ponha fim a esta fase de «dormência» que atravesso há mais de três anos".
Este é o início da viagem que fazemos ao longo das páginas. Este é um livro de mulheres, para mulheres, e, porque não, para homens que queiram perceber-nos um nadinha melhor.
"Às vezes, num frémito de consciência iluminada, consigo responder-me: «Pensas que andas a fazer-te justiça? Pensas que andas a ser tu mesma? Queres convencer-te disso? Queres convencer-te de que és feliz só porque é suposto seres? Só porque é lógico? Tu queres acreditar que és feliz porque tens medo de mudar, porque mudar podia perturbar-te, podia pôr-te a pensar, desorientar-te, podia assustar os outros ou desapontar alguém. Tu que te julgas tão livre, tu que te achas tão dona de ti mesma, tu que pensas que tens tudo o que desejas, que és tão corajosa, tão diferente, sim, tu mesma estás a acobardar-te perante a vida. Há qualquer coisa de fundamental que estás a deixar escapar, e essa qualquer coisa és tu própria.»"
Quem não se sentiu pelo menos um bocadinho refletida aqui, não precisa, de todo, de ler este livro.
Faltou-me dizer que a narrativa começa na página 17. Estas duas transcrições pertencem há pagina 18.
Imprescindível.
Digo eu.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Fátima Bento 24.04.2012

    Só na Fnac, 30 dias. Diz que te ofereceram e já tinhas, ou que ofereceste e não gostaram, whatever. Se for devlvido em codições à prova de bala, dão-te um vale do valor que gastaste e tens 3 meses para o usar (ou serão dois?)
    b'jinhos!
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Follow on Bloglovin

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Pesquisar

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2008
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2007
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2006
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2005
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D