Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

03
Jan14

Palavras para quê? Grande entrada!

Fátima Bento

Há uma personagem divertidissima no Facebook de quem li um post há minutos, que vale a pena ser copiada, com os devidos créditos a quem escreve em nome do Jorge Daniel.

 

"Tive a melhor passagem de ano de sempre! 
O senhor Laurent do jardim zoológico deu-me dois bilhetes para ir passar o ano ao Moulin Rouge, e como a minha outra opção era passar em casa com o meu pai a ver foguetes pela janela, fui para o Moulin Rouge com o Wagner brasileiro.
Não começou muito bem porque eles não nos queriam deixar entrar e estavam a desconfiar muito dos nossos bilhetes. Também estavam a olhar muito para o Wagner e a dizer que nunca tinham visto ninguém vestido todo de gangas a entrar naquela casa. Liguei para o senhor Laurent e ele é que os convenceu a deixarem-nos entrar. Um dos empregados até pediu desculpa e elogiou muito um boné que eu levava dos Chicago Bulls.

Ficámos numa mesa com mais 6 pessoas e pareciam todos ricos e famosos. Olhavam muito para nós e até houve um casal que pediu para mudar de mesa, porque acho que não viam bem o palco. A sala era muito histórica e tinha montes de panos e toalhas penduradas pelo tecto e paredes. Na casa de banho até havia um senhor só para nos dar uma toalha, um mentos, ou ajeitar os ombros no fato, mas a mim só me deu um nó especial nos atacadores das Sparco.

A comida era muito boa, mas não dava para encher nada. Tivemos que pedir ao empregado para repetir aí umas quatro vezes até ele deixar a travessa na nossa mesa e ainda comi os restos de uma senhora que parecia aquela velha que fazia de mãe do Ernesto. Ela tinha uma raposa ao pescoço e eu e o Wagner só nos riamos porque parecia que a raposa estava a olhar para nós e a fazer um pirete. Essa senhora também saiu da nossa mesa enjoada mas no final da noite já andava com a raposa dentro do soutiã e a pagar shots ao Wagner. Depois disso nunca mais o vi. Mas ele depois de manhã deu 8 toques para o meu telemóvel, que acho que é o código entre nós para dizer que está tudo bem.

Bebemos muito vinho, licores e bebidas alcoólicas fortes que algumas eu até acho que eram ilegais. A festa estava cada vez melhor, então quando começaram a entrar as bailarinas é que foi o estoiro! Parecia que estava num sonho, cada uma melhor que a outra e quase todas nuas. Tive que me fechar na casa de banho duas vezes. O Wagner até parou de comer e foi-se sentar em frente ao palco, ainda antes das sobremesas. Só dizia: Caraca!!! E benzia-se.

Quando foi a meia noite é que foi a loucura total! Eu tinha levado uma garrafa de champanhe escondida na perna direita, o que até atraiu uns olhares curiosos de muitas mulheres que pensavam que era outra coisa. À meia noite bombei-a toda na nossa mesa de jantar. Pensava que ia haver mais gente a fazer isto, mas acho que fui o único e ficou tudo a olhar para mim. Houve até umas pessoas que ficaram escandalizadas e foram-se secar para a casa de banho ou mesmo embora.

Depois foi a noite toda a roçar a mão nas gatinhas e a trocar olhares. Uma delas até me apresentou um segurança que acho que era amigo dela. Senti que muitas dançarinas se queriam aproximar de mim, mas como estavam a trabalhar preferiram um momento mais privado comigo só depois do final da festa. Comigo também é sempre "trabalho é trabalho, conhaque é conhaque".

Fiz amizades e amores para a vida, destruí corações, levei várias dançarinas ao prazer limite, e deixei um BI falso com o meu número de telefone para me chamarem na próxima festa".

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D