Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

06
Out07

Escrito dia 4 DE OUTUBRO DE 2007

Fátima Bento

É meio dia e meia e eu estou no café da Rita na calhadrice, tranquila e descansada, a Inês sai para a escola à uma e um quarto, e o Tomás vai com os colegas directo da escola para o Rio Sul Shopping (o autocarro é o mesmo) almoçar, porque duas coleguinhas fizeram anos.

 

Toca o telefone. De casa. Não atendo e faço eu a ligação. Atende-me uma Inês aos gritos, que o irmão chegou e o que só faz é dar-lhe ordens, para lhe desenrascar o almoço, e ela a estudar, que tem de apresentar a 1ª aula. “Ouve lá…” tento. Continua qual G3, e eu uso a estratégia do costume, que, vão por mim, em público é uma vergonha: abro a goela e berro um EEEEEEHHHHHH!!!!!!”

 

Fico com vontade de me enfiar debaixo de uma das duas mesinhas do cafezinho (graças a deus que é tão pequenino, só tem mais uma mesa, maior, corrida, que uma cena destas num café maior era uma desgraça…), mas resulta sempre. Silêncio do outro lado, só tenho de ser rápida, que a benesse não dura muito: “Não há material para fazer tostas mistas? ELE faz as tostas e tu continuas a estudar.”

 

Desliguei e deixei o telefone sobre a mesa. "Está aqui está a tocar, com os dois engalfinhados", digo à Rita. 3… 2… 1… Trrrrriiiiiiiiimmmmmm- trrrrriiiiiiiiimmmmmm (o toque é old phone, é mesmo assim) olhamos uma para a outra, “já está”, comenta. Atendo. Desta vez é o Tomás, com uma grande estória/explicação. Interrompo-o e mando-o ligar do Uzo que ficou a carregar, na minha mesa-de-cabeceira. Lá liga e explica que o tornozelo lhe doía bué, não conseguia andar

(já na véspera tinha vindo com a mesma história, que tinha dado um mau jeito na aula de Educação Física, mas não colou. Arranjei-lhe boleia para a ida e para a volta, mas ele declinou e lá foi de autocarro).

Mas dois dias seguidos já é demais. “Olha, vou liga ao teu avô e vamos ao SAP”.

 

E fomos. E puseram-lhe uma ligadura elástica, e obrigaram-no a andar de canadiana durante 3 semanas.

 

Voltámos para casa, de transportes, devagar, e não descansou enquanto não fui à farmácia comprar a muleta. Andava no corredor que parecia que tinha um brinquedo novo.

 

Entretanto no final do dia voltei a falar com o médico que lhe pôs a ligadura e lhe receitou a canadiana, e contei-lhe o ocorrido na escola, a dificuldade em sair de casa, o ter ido dia 2 como a melhor prenda de anos que podia dar à mãe, e mesmo assim, à hora do almoço, ter sentido necessidade de tomar um Ben-U-Ron, de no dia 3 ter vindo “coxo e cheio de dores”, e depois ter preferido ir de autocarro, e hoje, ter chegado assim, incapacitado de todo.

 

“Pode, de facto, ser medo. Ele que use a canadiana e daqui a três semanas quero vê-lo”.

 

Afinal não estou tão maluca como já começava a duvidar…

 

Enfim…

 

Fátima

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D