Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

05
Nov07

Obras em casa: Parte 365/4

Fátima Bento

[o número acima remonta-se às cenas e situações stressantes (para dizer o mínimo), que se passam de há um mês e meio (mais ou menos), para cá...]

'Tou a dar em doida.

É que nem consigo entrar em pormenores: resumindo e baralhando, se arrependimento matasse... se alguma vez eu entregava a obra àquele grupo de aventesmas que estão lá em cima!

Desde colocarem azulejos partidos(??) em locais de alta visibilidade(???) - tenho um mesmo no meio de uma parede da cozinha onde vai encostar a mesa, i.e. a parede vai ficar nua, e o ca**ão do azulejo está tão perfeitamente centrado que até parece que foi de propósito! Depois há outro, igualmente partido, mesmo-mesmo no "remate" onde vai bater o estore da cozinha... E depois, como não souberam fazer as contas à area de azulejos, além de me sobrarem 6 m2 de azulejos da casa de banho, ainda me faltaram dois m2 para a cozinha. Ora, a primeira vez que pediram um metro, tivemos sorte, o lote ainda era o mesmo. À segunda, sendo o lote outro, a tonalidade diferia. E o que é que o "azulejeiro" e o "empreiteiro" (se ponho dois pares de aspas à «"dona de casa"», a este devia pôr quatro...) fizeram quando abriram a caixa? Ligaram a dizer que os ditos eram diferentes, dizem vocês? Ná!!!! A resposta certa é: colocaram-nos à mesma, e "prontos"! E depois, quando chegámos à "obra" e fomos à cozinha, deparámo-nos com um patchwork lamentável, que nos deixou assim a modos que, valha-m'o santinho!!!! 

Agora andamos feitos parvos a subir paredes agarrados ao telefone a ver se conseguimos que nos arranjem 1 metrito quadrado daquele lote.

Eu digo-vos o que fazia:

Comprava material  novo, substituía os c***ões dos azulejos todos, e descontava na última tranche do «"«"empreiteiro"»"».

E prontos.

Tou f***** com esta m**da, como se pode depreender pela quantidade de palavrões que vou debitando...

E depois, são os tectos falsos: remates mal feitos, com a aplicação de isolante e de tinta branca, por cima porque "podia ser que ficasse bom", remoção das tiras das juntas, e estuque mal aplicado para cobrir as mesmas, e volta lá a pintar, que a tinta fui eu que paguei, e se acabar compro mais.

O camandro!!!!

 

E como o estuque está mal aplicado, a estória não acaba aqui. Tenho um "buraco" mesmo a meio do tecto do corredor, que com os apliques de luz encastrados, vai ficar lindamente realçado. E uma das juntas da sanca têm a junção feita "à pedrada", e parece uma bola de gesso... mesmo por cima da porta do quarto da Inês...

(com a raiva que eu estou, a carga negativa é tanta que hoje aqueles gajos não dormem...)

Satisfeita, só estou com o trabalho do electrecista. Que mesmo assim me partiu metade das paredes para passar cabo, supostamente porque lhe taparam e apagaram as marcas que tinha deixado. Mas hoje já está tudo tapado (com cimento...) e vai ser estucado (será?? Eu já não acredito mesmo nos gajos...), sendo que a parte electrica está quase acabada.

O que levanta mais um problema: agora tenho interruptores  e tomadas da linha topo de gama da Legrand espalhadas pela casa que ainda não está pintada. Vai daí que o mocinho disse ao empreiteiro para terem cuidade e porem fita de pintor nos espelhos, para evitarem estragar. Resposta: "Já viste o trabalho que isso dá?"

 

Palavras para quê? Fui e comprei fita de pintor e EU estou a preparar-me para ir cobrir tudo. É isso e manga de plástico para embrulhar a cabine de hidromassagem quando esta for aplicada, e vou também embrulhar a cozinha...

 

E já estou a "afiar as mãos", que se a casa não está pronta e ma entregam no final de Novembro, de maneira a eu fazer o Natal em paz e sossego lá, vai tudo corrido à estalada...

(isso faz-me lembrar quando esta casa foi pintada, antes de eu casar, quando dei com o bar cheio de garrafas vazias, e o pintor me veio pedir uma quantia superior à acordada, o Vitor teve que me tirar de cima dele, 'passei-me dos carretos' e fui-lhe às trombas. Acho que alguém devia contar isso a estes gajos... mas na altura eu era pouco mais que uma teenager incon'ciente, e agora sou uma Senhora. Bolas!)

Bahh, 'tou que nem posso. Mas já chega. Tenho que ir fazer o saco para o ginásio, tenho aula de Body Balance daqui a bocado. O que eu não faço pelos 10 minutos de meditação finais!

 

Fátima

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D