Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

03
Dez07

A tricotar... e com dor-de-tola

Fátima Bento

Estou a fazer um cachecol - em tricot, claro.

Ontem depois do almoço na sogra, como não tinha nada que fazer, fui a uma loja chinesa, e deparei-me com umas agulhas de tricot. Eu andava louca para descobrir se ainda me lembrava como se fazia (a última vez que tricotei tinha 20 anos!!!) e gastando 1 euro nas agulhas, mais 75 cêntimos num novelo de lã, descobria. Se já não me lembrasse ou não tivesse jeito, o prejuízo não era grande!

Pois, acabei o novelo de lã à noite. e como não tinha mais desmanchei o que tinha feito (estava muito largo), e refiz, mais estreito. Hoje resolvi ir às lojas chinesas daqui, e não descobri a mesma cor; acabei por comprar um burgundy, em quantidade suficiente para fazer um cachecol de uma vez, e lá vou eu desmanchar outra vez o outro, e começar este - é que aqui não há agulhas... já tenho encomendas para mais 3 : para a Inês em vermelho, para o Tomás em preto, e para o Vitor... às riscas (vai ser o último, ainda não me tou a ver a fazer riscas, lol)

Liiiindo! Até parece que não tenho nada para fazer!!!!

Agora  contando a história da porta da garagem:

Foi esta alminha mais o respectivo mais-que-tudo à garagem do pai, falar com o mesmo, e quando vamos a sair, o marido-cavalheiro segura o portão (é uma garagem para três carros, com um portão antigo que pesa este mundo e o outro), para eu passar, e eu dobro-me, pelo sim pelo não, que o seguro morreu de velho... só me lembro do peso e da dor. Podia ter caído de joelhos! Sai-me assim um "fónix!" sem nix, e com outras consoantes e vogais, que se deve ter ouvido num raio de três quilómetros! E dez minutos depois comecei a lembrar-me... a verdade é que eu não tinha batido no portão, o portão é que tinha batido em mim! E como o marido lindo estava a segurá-lo, era tentativa de homicidio, no mínimo !

Ele só se ria.

Mas às tantas, estávamos a ver que tinhamos de ir ao hospital, que nem passava a dor (imensa e horrivel, juro!) nem as tonturas, que duraram dois dias. Mas depois passou, para descanso dos dois (ah, e a "agressão", foi só um erro de calculo: ele estava de costas, e pensou que eu já tivesse passado - mas isso, só se fosse o Speedy Gonzalez!)

 

E "prontos"!

Vou-m'imbora, não tricotar, mas encaixotar mais um bocadinho, que daqui a pouco vou para o Centro Comercial, acabar as compras de Natal. Falta a prenda do sogro, a da sogra, a da mana e a do cunhado - já faltou mais...

A última coisa que eu quero é estar a pensar no que falta comprar quando estiver a fazer a mudança - IIIIICK!!!!!

Por isso, inté!

Fátima

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D