Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma "dona de casa" 2.0

... à beira de um colapso

05
Dez13

UM melhor do meu dia...

Fátima Bento

Hoje.

Fui acordada às 7, mais coisa menos coisa, ó mãe a que horas abre o pão? que 7:00h, 7:30h... e lá foi ele, todo lampeiro, rua abaixo com aquele frio... então não comia pão ao pequeno almoço, eu? Era já a seguir.

Volta a abrir-se e fechar a porta da rua: mãe tens aqui um pastel de nata para comeres com o teu café. Tiro já?

WTF (e que wtf tão bommmm)?

Tira, tira.

Qual queres? 

Ristretto...

Não, não era graxa.

Não era para pedir nada.

Era só, porque sim.

04
Dez13

Ora muito-bom-dia-a-caminho-de-boa-tarde

Fátima Bento

Estou aqui a preparar-me mentalmente para 'atacar' o Continente. Ontem planeei fazer as coisas de uma forma (que me faria estar agora a chegar com os sacos a casa) e, CLARO, hoje as coisas corrreram da OUTRA maneira - seja lá ela qual foi...

Enfim, a gente dança consoante a musica!

Keep up your chin and grim (melhor ainda) smile!

Até já!

03
Dez13

Não gosto de dizer 'eu amanhã'...

Fátima Bento

...mas amanhã, OU ASSIM, sai um post 'o melhor da semana (passada)'. Tenho tantas coisas boas de tantos dias para contar que não vou fazer um post por dia, vou fazer um 'apanhado'. Depois, à partida, volto a um por dia, ok?

Desculpem lá mas há situações extemporâneas a que temos de fazer face, e estes últimos dias têm sido pródigos...

Resumindo:

Ainda não estou a trabalhar na secretária

E

o quarto ainda não está em ordem.

Posso dar esta justificação:

... mas a verdade é que tenho tido muitos pequenos incêndios para apagar e ainda não me pude dedicar ao maior.

Mas esta semana a coisa vai lá.

E por lá, refiro-me a, pelo menos ao início.

03
Dez13

Se eu disser que

Fátima Bento

... vou começar a correr, vocês acreditam?

Nunca gostei de correr, mas é pá, não há quem não se tenha rendido ao running, o termo hip da coisa.

Pois se não acreditam, não vos censuro.

É que eu também não acredito.

Lá gostar, gostava... mas se conseguir convencer este rabinho preguiçoso a fazer umas caminhadas, já ficamos contentes - eu e o rabinho.

Por isso... vamos ver.

Mas  quem sabe se, se me ponho a andar, um dia não acelero...?

28
Nov13

Me aguardem...

Fátima Bento

Tenho assim um post soberbo na manga, que vou deixar para o final do dia, já que agora não tenho tempo, mas acreditem que o assunto pelo menos, é fantástico: para uma... agnóstica (?) como eu, um post inteirinho dedicado à exortação apostólica, ‘Evangelii Gaudium’ (a alegria do Evangelho), publicada ontem pelo Papa Francisco.

A ver se me dão 'espaço' suficiente para o escrever em sossego...
(ai dão, dão...)

27
Nov13

{como se pode ver bem e outloud, hoje estou do contra...}

Fátima Bento

Não percebo. juro que não percebo. Mas que porra de obsessão é esta que deu em toda a gente com comida? É pá, ok, as fotos que todos mostram são lindas, lindas de morrer (e tiradas de lugares onde há fotógrafos à seria, aqueles que usam projetores, e adivinham os pormenores em que nós pobres mortais nem com uma lupa reparamos), e é como se, feito por mim aquele bolo, ou aquele pão, ou whatever ficasse mesmo assim...

- 'Tá-se mesmo a ver, não 'tá-se? -

Mas é impressionante. Muito esta gente põe fotos de pequenos almoços, almoços, jantares, lanches, snacks e coiso nos blogues. Ó sinhores 

Bem sei: é estético, dá um post rápido e isso é fixe para os clicks, feeds e coiso.

EU.

SEI.

O que não faz com que eu me solidarize com tanta foto de comida. Linda de comer, mas ainda assim: comida. Eu vou lá, aos blogues a que me refiro (e que neste momento são quase todos) e dou comigo enrolada em pães de banana, iogurtes com müesli, bolos de chocolate, e tudo e tudo, mas é pá, se eu quiser MESMO ver fotos de comida, vou à Mafalda, ok? Sei lá, acho que toda a gente devia pensar como eu - ditatorial, a gaja hoje, hãn? -  

'mái.

Nada.

É um bocadinho como os blogues com 'o que vesti hoje', ou 'a escolha acertada', ou o diabo a quatro: para ver essas coisas vou a 'fashion blogs'. Para ver decoração, vou a blogues de design e decoração. Não podíamos todos ser um bocadinho mais restritos - diz a gaja cujo blogue é uma salganhada pegada. 

É pá, coiso.

Diz a gaja que desde ontem fica de 'bouche bè' de cada vez que entra no quarto e olha para o roupeiro, quando adormece, e antes de adormecer olha o roupeiro, e quando acorda fica a namorar as portas de 4 metros de altura (mais palmo, menos palmo) do roupeiro, e que só ainda não postou uma foto do dito porque não há ângulo para fotografar aquela coisa grande, e não vou à procura de uma coisa parecida num blogue todo XPTO e legendo com 'o meu roupeiro não é este mas é tão parecido que podia ser', num quarto onde está tudo tão perfeito que, é pá, poder ser podia, tal como se a minha mãe fizesse 'quack' era uma pata...

Ná.

Estou apaixonada pelo meu gigantesco roupeiro, tão gigantesco que não cabe na foto, e vou estar extactic com o escritório para a semana, que desde que me lembro que sonho com um e para a semana é que é. E sim, as peças TODAS são nórdicas, mas NÃO, não vou aos fabulosos blogues de decoração nórdicos que sigo sacar fotos inspiradoras - não tem nada a ver.

Escritório igual ao meu não há, nem vai haver.

Há-de haver sempre uma coisinha aqui e outra ali para melhorar, e coiso, mas, a começar pela peça de arte central, à volta da qual se desenrola a restante decoração, não vai haver escritório cumómeu.

E sim, para a semana ponho fotos.

Minhas.

Tiradas por mim.

Más. 

Ranhosas.

Mas vai ser mesmo o meu escritório.

Quanto a comida... vou preferir sempre os blogues temáticos.

Nisso como em tudo.

27
Nov13

Eu sei

Fátima Bento

Eu sei que a grande maioria das pessoas que aqui passam volta na volta fazem um check up no facebook.

Bem sei. 

E quando o fazem, tungas, metem uns quantos "amigos" no lugar deles, isto é, bloqueiam-nos, eliminam-nos...

Pois.

Eu não faço isso nunca. Como dizia o poeta, "...venham mais cinco!", há sempre lugar para mais um. Se vier por bem, porreiro, se não, je m'en fous, não há nada que eu ponha no facebook que não usasse pendurado no pescoço. Por isso, no secrets, no problems.

Mas às vezes há situações que se metem nas cordas fininhas, e uns dias mais esticadas, dos nervos, e basta, uma atitudezinha mais parva e passa a crime de leza majestade.

Pensei. Juro que não pensei muito tempo, mas pensei.

E bloqueei.

Pela primeira vez bloqueei alguém no facebook.

Há uma primeira vez para tudo... há não há? HÁ NÃO HÁ?

Caraças, pá. Má educação, não.

Deixe-se de cafés e beba cházinho...

Prontx. É isso.

21
Nov13

E então é assim...

Fátima Bento

Há pessoas fantásticas. Há pessoas que passam as passas do Algarve, passam por divórcios, mortes, o diabo a sete, aguentam forte e feio, e passado 'pouco'  tempo (que aqui é relativo, a gente não vê a pessoa, e quando volta a ver parece que foi ontem, e vamos a ver bem a coisa... passaram 3 ou 6 meses...), estão aí todas otimistas, casa nova, via refeita.

Uma pessoa passa - moi - por três ou quatro (valentes) atropelos e parece que vou morrer. É o desespero, o terror, o fim do mundo.

Ok, quem sabe a história toda ainda anda e queixo caído, e até há quem ache que é exagero, até vir uma segunda parte testemunhar uma ínfima parte que presenciou (ou o/a próprio/a ter o azar de presenciar qualquer coisa que acabe com qualquer tipo de ilusão) para - boom - lá vai o queixo. Eu sei que sou exigente comigo própria e ponho a minha fasquia na estratosfera, mas há pessoas que conseguem arrumar e limpar a vida que é um gosto. A sério.

Ok.

Não faço comparações.

Somos o somatória da puta de vida que nos calhou em rifa, e mais, fruto das boas e más escolhas que fizemos . E se as  más nos ajudaram a crescer, que se lixem as cicatrizes, que a coisa passa. Mas volta e meia a gente esquece-se de que não deve olhar para trás, e a coisa faz mossa.

Já para não falar que quando entramos naquilo que alguns chamam 'inferno astral', isto é, quando a gente está à espera que o rol de desgraças acabe, que a carambola trave, que a bola de neve se esmague algures contra uma árvore, ou assim, e é quando a coisa ganha novo fôlego, e a gente tem de ir buscar forças aos quintos dos infernos para continuar a correr à frente dela.
Chiça.
Quem ler isto pensa, lá está ela a queixar-se, lá está ela com merdas outra vez. Não. Não estou.
Por acaso na segunda-feira passada fechei os olhos com força e levei com ela em cheio. Começou o pânico com o aviso da sua chegada no domingo à noite, e depois foi o impacto na segunda. A própria segunda, e posteriormente terça, foram dias de uma prostração total, e uma impossibilidade total de reagir - de mexer mais de que o mínimo indispensável. Até respirar doía. Quarta dei o primeiro passo, tremulo, para me levantar. Hoje estou de pé e digo: é MESMO preciso bater no fundo para começar a subir.
{E ô se o fundo desta vez foi bem perto do centro da terra!}
Mas como o que não nos mata nos deixa mais fortes, dêem-me mais uns diazinhos que eu {NÃO, NÃO FICO PRONTA PARA OUTRA!} estou prestes a começar a dar cartas como já não dou há muito tempo.
E se quiserem agoirar vão agoirar o ca... a pepsi, prontx...

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D