Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

Diário de uma dona de casa 2.0

... à beira de um colapso

05
Dez13

O melhor da minha ultima semana (e uns trocos...) #0

Fátima Bento

Ui, o que eu podia dizer de coisas boas desta ultima semana!

Coisas tão boas que aconteceram!

Uma inspiração:

conheci uma pessoa muito especial, tão, mas tão apaixonado por aquilo que faz, tão cheio de energia positiva que se torna pegajoso: é impossível estar em baixo ao pé dele. Completamente. Daquelas pessoas que nos fazem acreditar que, se quisermos e trabalharmos para isso, tudo o que quisermos é possível. E que o segredo é mesmo o contentamento, a alegria, o entusiasmo, a paixão. 

Uma evolução:

aqui a logística começa a ordenar-se. Mais no papel que de facto - as coisas desenrolam-se sempre mais lentamente de que prevemos. E apesar dos atrasos, a coisa toma forma.

Um projeto:

mais que um. Tenho (mais uma vez é uma coisa tão boa!) a sorte de contar com a paciência de quem 'emparelha' comigo... senão, era mesmo difícil. Prometo que vai valer a espera :) Passadas as festas e o movimento característicos, vou entrar em 2014 a bombar - não por ser um novo ano, mas por voltar tudo à normalidade - e vai ser uma normalidade nova :)

Um presente:

chegaram os meus muito aguardados novos livros do (e sobre o) António Lobo Antunes. Em pulgas para ler Uma Longa Viagem com António Lobo Antunes, que não é dele mas é com e sobre ele. Mas primeiro acabo o 'Conhecimento do Inferno'.

Uma coisa boa:

há coisas muito boas que nem se contabilizam, simplesmente se sentem. E esta semana houve pelo menos uma coisa tão boa, de doer e trazer lágrimas aos olhos. E mesmo com dor é tão bom conseguir chorar...

Um mimo:

remeto para aqui, um melhor do meu dia, o meu inicio de ontem. Não sei se foi o melhor do dia, mas foi o melhor de muitos. Coração quentinho, e no final do dia um gramo de ti, bué. Para que não me restem dúvidas.

Posto isto, uma semana com coisas tão boas. A conversa com a filha à bocado, via facebook - que aqui a mãe para ligar o skype só por procuração e mesmo assim, é só às vezes... - e um sticker gigante com um smiley de encher a alma.

Foram assim estes meus últimos dias.

 

Tão bons.

27
Nov13

O melhor do meu dia #10

Fátima Bento

Pois que sim: penso demais. E quando chega este momento, até se ouvem os dentes a chocalhar aiaiaiaiai o que é que vou escrever.

Womanup, Fátima Bento, womanup!

Ok, hoje o melhor do meu dia foi o mimo na well's... não, o melhor do meu dia foi a Piccolina, que como eu não me deitei de tarde se fincou no meu lugar da cama até agora, e a Mia foi remetida aqui para a sala.

Não, o melhor do meu dia é acordar e olhar o meu roupeir(ã)o, e pensar a quantidade de tempo que estive para comprar uma coisa daquelas e agora está lá, no lugar, yey!

Não, o melhor do meu dia foi ter limpo o meu facebook, e sobrevivido (esta era piada).

Agora a serio:

O melhor do meu dia foi ter andado bem disposta.

Mesmo se o miudo não foi ás aulas eu mantive-me bem disposta.

Mesmo se esteve quase a saltar a tampinha na rede, aguentei-me bem disposta.

E vou deitar-me bem disposta.

SEM QUIMICOS (nem naturais)


P.S: e sim, o trabalho da Inês da Wells foi fantástico. Foi, foi, foi. E é bom poder ac€der a miminhos destes... 

24
Nov13

O melhor do meu dia #8

Fátima Bento

O quarto está pronto para receber o roupeiro, que os senhoras da Ikea vêm montar na terça-feira de manhã (e bem preciso é, que a única coisa que está ok é a parede onde o mesmovai ser montado; o resto é o inferno à solta...). De modo qu amanhã vou poder passar o dia com uma amiga que não vejo há imenso tempo, uma vez que arrumar a confusão só depois do jogo - isto é, do roupeiro montado e no lugar. Aí a fasquia aumenta, e o jogo muda: é NÃO SÓ criar um lugar para cada coisa e pôr cada coisa nele, mas também retirar a tralha do quarto que seguiu para o "escritório", que ainda tem aspas, já que está por pôr em ordem, e com tudo no lugar.

Uma semana.

Daqui a uma semana as aspas saem do escritório, e a ordem estará instalada lá.

Dia 2 de dezembro será o primeiro dia do resto da minha vida.

Até lá, step by step, vou começar a caminhada que me há-de levar onde preciso ir.

Hoje libertar aquela parede (e criar uma pilha intransponível no meu lado da cama) foi o primeiro passo desta caminhada.

Hoje estou otimista e... feliz. 

23
Nov13

O melhor do meu dia #8

Fátima Bento

Dormi, na noite passada, que nem um anjo. Desde domingo passado que acordava por volta das duas e ficava acordada até às 7:00 - 9:30, e depois lá dormia mais uma ou duas horas, o que fazia o dia render ZIP, népia.

Ora como tomava diazepam e zolpidem e dormir que é bom, nem vê-lo, borrifei-me para os medicamentos químicos, e fui comprar Angelicalm.

Pronto.

Esta noite dormi, de seguida... até as 09:10h. Fantástico!

É uma qualidade e rendimento de dia que não têm nada a ver :)

21
Nov13

O melhor do meu dia...#7

Fátima Bento
O meu filhou ligou e pediu para vir falar comigo. Está disposto a fazer mudanças, diz ele.

E eu quero acreditar.

Para ser O MELHOR do meu dia eu devia dizer que acredito mas fico pelo quero.

 

O resto virá a seu tempo.

Não consegui responder às suas dúvidas porque não consigo articular pensamentos e pô-los em palavras...

 

Mas os maus momentos não duram sempre. As pessoas fortes tendem a durar mais um bocadinho..

15
Nov13

O melhor do meu dia #3

Fátima Bento

Hora de fazer contas ao dia. A contabilidade do dia é positiva e o rácio hoje foi um bocadinho melhor as coisas boas que as menos boas. Menos boas assim que me lembre, só uma mais pequena e outra menos pequena. E a menos pequena seria 'o melhor do dia' se eu não soubesse como sei, que é um dos poucos erros que insisto em repetir... como quem corre por gosto, coiso e tal, não conta para o baralho.

O melhor do meu dia...

Encontrei uma fabulosa entrevista do Alan Rickman ao New York Times, em palco, no You Tube, de 60 minutos, inteligentíssima, que vou repetir o visionamento com certeza. 

Mas desculpem lá, isso não me retira a quote que uma espetadora faz do Rickman "the plesure of taking his heart with a spoon", e que me dá idieas que me põem a salivar de vontade de fazer tal isso -  mas não era o do ator, tadinho...

É pá, apetecia-me. E apetece-me pôr esta imagem

Na verdade, punha uma mão cheia delas, mas isso não alterava nada. Por isso.
... parvalhona...!
Ganha juizo!

Mais sobre mim

foto do autor

Follow on Bloglovin

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D